Michel Temer é vetado de jantar com Moro, Doria e Mandetta

Michel Temer é vetado de jantar com Moro, Doria e Mandetta

Michel Temer é vetado de jantar com Moro, Doria e Mandetta

Anúncios

O ex-presidente Michel Temer chegou a ser sondado para participar do jantar na noite de quarta-feira, (29), em São Paulo, com o ex juiz Sergio Moro, o governador João Doria e o ex ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Mas acabou vetado pelo trio.

O grupo que se reuniu na casa de Caco Alzugaray, presidente da Editora 3, que publica a IstoÉ, considera que Temer deu “um passo para trás” ao se aproximar de Jair Bolsonaro no episódio em que se costurou um acordo de pacificação com o Supremo Tribunal Federal. Por isso, acho que a sua presença no encontro não seria politicamente conveniente.

No jantar, os comensais comprometeram a reunir forças para viabilizar uma candidatura capaz de furar a polarização Lula-Bolsonaro. Pela primeira vez, Doria teria se mostrado disposto a abrir mão da candidatura do Planalto em 2022, caso surja um nome mais competitivo até o início do próximo ano para ser confirmado candidato, no entanto, o governador de São Paulo ainda precisa derrotar Eduardo Leite nas prévias do PSDB.

No Brasil para uma rodada de conversa sobre seu futuro político, Moro avalia convite do Podemos para concorrer à presidência. Mas espera o desenlace de alguns cenários políticos, como as próprias prévias tucanas, para anunciar a sua decisão, o que deve ocorrer no fim de novembro, quando vence o seu contrato com o escritório Alvarez & Marsal.

Deixe um comentário