Você está visualizando atualmente Ministro da Educação comete erro de português no twitter, e internautas fazem piada

Ministro da Educação comete erro de português no twitter, e internautas fazem piada

Ministro da Educação comete erro de português no twitter, e internautas fazem piada

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi alvo de piadas nas redes sociais nesta última quarta-feira (8), depois de escrever “imprecionante” em vez de “impressionante” em resposta a uma publicação do deputado Eduardo Bolsonaro (sem partido) no Twitter.

“Caro Eduardo Bolsonaro, agradeço seu apoio. Mais imprecionante: não havia a área de pesquisa em Segurança Pública. Agora, pesquisadores em mestrados, doutorados e pós-doutorados poderão receber bolsas para pesquisar temas, como o mencionado por ti, que gerem redução da criminalidade”, publicou Weintraub.

A publicação de Eduardo era um comentário a um tuíte anterior do ministro. Citando Weintraub e Sergio Moro, o deputado diz que o Brasil nunca teve uma pesquisa feita por órgão oficial sobre o uso defensivo de armas de fogo.

“Só existiu uso ofensivo para exatamente demonizá-las. Seria interessante apoiar um projeto assim, caso haja oportunidade”, sugeriu Eduardo.

O ministro apagou o tuíte com o erro logo em seguida, mas não conseguiu evitar a repercussão negativa. Em menos de uma hora da publicação, os termos “Imprecionante” e “Ministro da Educação” foram parar nos Trending Topics do Brasil no Twitter.

Deixe um comentário