MP denuncia Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa

MP denuncia Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa

MP denuncia Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa

Anúncios

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A denúncia ocorre em função do Caso Queiroz, como ficou conhecido o processo pelas ‘rachadinhas’. Flávio Bolsonaro e o seu ex-assessor Fabrício Queiroz são suspeitos de comandarem um suposto esquema de repasses ilegais de salários de funcionários do gabinete de Flávio, quando ainda era deputado estadual da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Outras 15 pessoas também foram denunciados pela prática dos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita corridos entre os anos de 2007 e 2018, conforme reportagem do UOL.

Se a Justiça acatar a denúncia do MP-RJ, o filho de Bolsonaro e seus ex-assessores virarão réus. A denúncia foi apresentada no dia 19 de outubro por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais e Direitos Humanos junto ao Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ). Contudo, como o desembargador relator estava de férias, a denúncia foi redistribuída e só chegou a ele nesta terça. O caso é considerado “super sigilo”.

Deixe um comentário