Você está visualizando atualmente “Não vai entrar em Portugal”, diz candidato a premiê sobre Lula

“Não vai entrar em Portugal”, diz candidato a premiê sobre Lula

“Não vai entrar em Portugal”, diz candidato a premiê sobre Lula

Líder do partido Chega, de Portugal, o deputado André Ventura, afirmou que o presidente brasileiro Lula (PT) não entrará no país, caso seja escolhido primeiro-ministro no domingo, 10, quando os eleitores do país vão às urnas formar um novo Parlamento.

“Se o Chega vencer as eleições legislativas no próximo domingo, a 25 de abril de 2024 [50 anos da Revolução dos Cravos] o senhor presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, não vai entrar em Portugal. Nós não vamos deixar que entre em Portugal”, disse o político de direita em comício nesta quarta-feira (6).

“Neste país ainda mandamos nós e neste país ainda escolhemos nós quem vem e quem não vem. Corruptos já temos cá muitos, não precisamos que venham mais de fora”, acrescentou o líder do partido de direita.

“Ficará no aeroporto

“Eu garanto-vos que, se eu for primeiro-ministro, o senhor Lula da Silva ficará no aeroporto. Se insistir, vai para uma cadeia, mas ele já o que isso também. Não será uma grande novidade para ele”, concluiu Ventura, referindo-se aos 580 dias que o petista ficou preso na sede da Superintendência da Polícia Federal do Paraná.

Ventura também prometeu limitar a entrada do primeiro-ministro da Espanha, o socialista Pedro Sánchez.

“[Sánchez] só entrará quando necessário, porque também não queremos que entre muitas vezes”, afirmou.

Bolsonaro também é cabo eleitoral em Portugal

Em janeiro, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) declarou apoio publicamente à candidatura de André Ventura.

“A todos de Portugal, em especial aos brasileiros, nós temos um encontro com as urnas. É muito importante para todos nós que André Ventura, do Chega, consiga essa cadeira de primeiro-ministro. É a direita, o conservadorismo, as pessoas de bem, que estamos fazendo cada vez mais presente neste momento. A grande maioria da população é nossa. Estão do lado do bem. Boa sorte a todos. André Ventura, Chega, para primeiro-ministro”, afirmou Bolsonaro.

Ventura, o maior opositor de Lula em Portugal

Em 2023, durante uma visita oficial de Lula a Portugal, André Ventura e o Chega organizaram um protesto em frente ao Parlamento português contra a presença do petista na sessão comemorativa da Revolução dos Cravos.

O líder do Chega foi quem mais se opôs à realização do discurso de Lula no Parlamento português. “O Chega não tem dúvidas: lugar de ladrão é na prisão”, publicou Ventura nas redes sociais.

O Chega é o partido que mais tem se dedicado à agenda anticorrupção em Portugal. Além de atacar Lula, Ventura critica fortemente o ex-primeiro-ministro José Sócrates, que era do Partido Socialista.

Sócrates já se envolveu em vários escândalos de corrupção, incluindo o recebimento de malas com dinheiro vivo.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário