Você está visualizando atualmente “O pau vai comer e o vice é que vai se dar bem”

“O pau vai comer e o vice é que vai se dar bem”

Num sistema como o nosso, o impeachment é a melhor maneira para resolver a ingovernabilidade.

Assim como Dilma Rousseff, o próximo presidente também pode cair.

Diz Eliane Cantanhêde:

“Os eleitores já encamparam a ideia de que impeachments não são bichos de sete cabeças e podem muito bem acontecer. São parte do jogo. Aliás, pesquisa estimulada Record-Real Time detectou que 33% se declaram ‘muito preocupados’ e 17% ‘razoavelmente preocupados’ com a possibilidade de o futuro presidente seguir a trajetória de Collor e Dilma e sofrer impeachment. E lá viria mais um vice.

A advertência do juiz Sergio Moro no Fórum Estadão de quarta cai como uma luva nesse contexto: o resultado da eleição não pode pôr em risco a Lava Jato. Senão, o pau vai comer e o vice é que vai se dar bem.”

Deixe um comentário