Você está visualizando atualmente Os primeiros nomes da gestão do PGR Paulo Gonet

Os primeiros nomes da gestão do PGR Paulo Gonet

Os primeiros nomes da gestão do PGR Paulo Gonet

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, confirmou nesta segunda-feira (18), os primeiros nomes que farão parte de sua gestão. Logo após tomar posse, Gonet anunciou a equipe em uma reunião com os procuradores chefes das unidades do Ministério Público Federal (MPF). As indicações serão oficializadas no Diário Oficial da União amanhã.

Uma das principais mudanças é a nomeação do subprocurador Hindenburgo Chateaubriand como vice-procurador-geral da República, o segundo cargo mais importante na Procuradoria-Geral da República (PGR). Chateaubriand já atuou como corregedor da instituição durante a gestão de Rodrigo Janot.

É importante ressaltar que o chefe do Ministério Público tem autonomia para formar sua equipe e escolher os auxiliares que ocuparão cargos administrativos. Essas decisões são fundamentais para garantir a eficiência e o bom funcionamento da PGR.

Durante sua posse, o novo procurador-geral da República reforçou seu compromisso com uma atuação técnica, como já havia mencionado em sua sabatina no Senado. Gonet destacou que não buscará os holofotes nem irá se envolver em disputas políticas, priorizando sempre a imparcialidade e a justiça em suas decisões.

Um dos desafios que a nova gestão terá pela frente é a coordenação das investigações relacionadas aos atos golpistas ocorridos no dia 8 de janeiro. Após a entrega do cargo pelo subprocurador Carlos Frederico, essa função ainda está em aberto e será definida nos próximos dias.

Confira os nomes escolhidos pelo novo PGR:

  • Hindenburgo Chateaubriand – vice-procurador-geral da República
  • Alexandre Espinosa – vice-procurador-geral Eleitoral, cargo que Gonet ocupava antes da indicação para comandar a PGR
  • Carlos Mazzoco – chefe de gabinete
  • Sílvio Amorim – secretário de Relações Institucionais
  • Anamara Osório – secretária de Cooperação Internacional
  • Raquel Branquinho – diretora-geral da Escola Superior do Ministério Público da União
  • Eliana Torelly – permanece no comando da Secretaria-Geral da União

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário