Você está visualizando atualmente PF intima Bolsonaro para depor sobre caso de empresários que falavam em golpe

PF intima Bolsonaro para depor sobre caso de empresários que falavam em golpe

PF intima Bolsonaro para depor sobre caso de empresários que falavam em golpe

A Polícia Federal intimou Jair Bolsonaro para prestar esclarecimentos sobre o caso dos empresários que tratavam sobre um possível golpe de estado num grupo de Whatsapp.  A oitiva deve acontecer no dia 31 de agosto.

Mensagens encontradas pela PF de Bolsonaro para Meyer Nigri, fundados da Tecnisa e um dos participantes do grupo “Empresários & Política”, mostram que o ex-presidente da República ordenou ao empresário que disparasse fake news sobre as urnas eletrônicas e as eleições.

Nesta segunda-feira (21), o ministro Alexandre de Moraes arquivou a investigação contra seis dos oito empresários que participavam deste grupo.

No grupo, André Tissot, da Sierra Móveis, Afrânio Barreira Filho, dono do Coco Bambu, José Isaac Peres, da Multiplan, Ivan Wrobel, da W3 Engenharia, José Koury, do Barra World Shopping e Marco Aurélio Raymundo, da Mormaii falaram sobre um golpe de Estado em caso o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhasse as eleições.

O ministro, porém, concedeu à Polícia Federal mais 60 dias para serem feitas diligências em relação a outros dois integrantes do grupo: Luciano Hang e Meyer Joseph Nigri.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário