PF mira familiares de presidente de honra de escola de samba

PF mira familiares de presidente de honra de escola de samba

PF mira familiares de presidente de honra de escola de samba

A Polícia Federal, o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Rio de Janeiro (Gaeco/MPRJ), e a Receita Federal deflagram hoje a Operação Fumus, contra o monopólio na venda de cigarros no Rio de Janeiro.

Anúncios

Principais alvos da ação desta quinta, Adilson Oliveira Coutinho Filho, conhecido como Adilsinho, e Cláudio Nunes Coutinho são primos de Hélio Ribeiro de Oliveira, o Helinho, presidente de honra da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio.

Os agentes foram às ruas para cumprir 40 mandados de prisão e 75 de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio.

As investigações apontam que o grupo, que se intitulou Banca da Grande Rio, compra maços de C-One, da Companhia Sulamericana de Tabacos, e obriga pequenos e médios comerciantes em praticamente todo o estado a vender apenas essa marca.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário