Queiroga diz ‘Meu papel não é ser crítico do presidente’

Queiroga diz ‘Meu papel não é ser crítico do presidente’

Queiroga diz ‘Meu papel não é ser crítico do presidente’

Confrontado mais uma vez, na CPI da Pandemia, sobre a sabotagem de Jair Bolsonaro no combate à pandemia, o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, poupou o presidente. Questionado por Humberto Costa (PT-PE), ex-ministro da Saúde, sobre tentativas de Bolsonaro de acabar com as quarentenas, ele respondeu:

Anúncios

“Meu papel não é ser crítico das ações, seja do presidente da República, seja de outros integrantes do governo. Tenho sim é que usar minha capacidade de convencimento para persuadir todos os brasileiros, para se associarem a nós e tomarmos medidas que sejam eficientes e capazes de vencer a pandemia”, afirmou Queiroga.

Se Bolsonaro é brasileiro, cabe a Queiroga convencê-lo a fazer o certo.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário