Segunda Turma do STF arquiva denúncia contra Lira no ‘quadrilhão do PP’

Segunda Turma do STF arquiva denúncia contra Lira no ‘quadrilhão do PP’

Segunda Turma do STF arquiva denúncia contra Lira no ‘quadrilhão do PP’

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, nesta terça-feira (2/3), para acolher os recursos apresentados pela defesa do atual presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (AL), e de outros parlamentares do Progressistas contra a denúncia apresentada no inquérito conhecido como “quadrilhão do PP”. Com isso, o colegiado resolveu arquivar as acusações.

Anúncios

Quando o julgamento começou, em agosto de 2020, o ministro Edson Fachin foi contra o recurso de Lira. Para ele, as provas apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) são suficientes para a abertura da ação. Na ocasião, o ministro Gilmar Mendes pediu vista – mais tempo para analisar o caso.

Na sessão desta terça, Gilmar Mendes votou em favor do presidente da Câmara. Ele argumentou que as acusações são “engenhosa artificialidade”, pois a PGR não justifica de que o modo o protocolo da denúncia teria ocasionado o desmantelamento da organização criminosa.

Deixe um comentário