Você está visualizando atualmente Seis ‘ministres’ de Lula usam linguagem neutra

Seis ‘ministres’ de Lula usam linguagem neutra

Seis ‘ministres’ de Lula usam linguagem neutra

A linguagem neutra foi usada nas posses de, pelo menos, seis novos ministros do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A construção linguística, rechaçada pela maior parte da população brasileira, é usada para representar pessoas que não se identificam com os gêneros feminino e masculino.

Durante as posses dos ministros Fernando Haddad (Fazenda), Márcio Macêdo (Secretaria-Geral de Governo), Margareth Menezes (Cultura) e de Silvio Almeida (Direitos Humanos e da Cidadania), os cerimonialistas saudaram o público no início e no fim dos eventos com um agradecimento usando a linguagem neutra: “todos, todas e todes”.

Daniela Carneiro, a nova ministra do Turismo apresentou, quando era deputada federal, um projeto de lei na Câmara Federal pedindo que o uso da linguagem neutra fosse vedado em escolas públicas e privadas. Carneiro entende que os novos vocábulos são uma “deturpação da língua portuguesa” e define seu uso como inaceitável.

Deixe um comentário