TCU afasta auditor que fez ‘relatório paralelo’ para Bolsonaro

TCU afasta auditor que fez ‘relatório paralelo’ para Bolsonaro

TCU afasta auditor que fez ‘relatório paralelo’ para Bolsonaro

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu afastar de suas funções o auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, após abertura de investigação interna sobre a elaboração de um relatório paralelo que defendia a tese de supernotificações de óbitos de Covid.

Anúncios

O servidor estava lotado, desde março, na Secretaria de Orientação, Métodos, Informações e Inteligência e Combate à Corrupção do TCU. Antes, atuou na Secretaria de Controle Externo da Saúde e fazia o acompanhamento de repasses federais aos estados.

Alexandre Marques teria ligações com os filhos de Bolsonaro e costuma usar suas redes sociais para divulgar fake news sobre a pandemia.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário