Vídeo: imagens no laboratório de Wuhan que mostra morcegos vivos aumenta debate sobre origem da Covid-19

Vídeo: imagens no laboratório de Wuhan que mostra morcegos vivos aumenta debate sobre origem da Covid-19

Vídeo: imagens no laboratório de Wuhan que mostra morcegos vivos aumenta debate sobre origem da Covid-19

Anúncios

A polêmica envolvendo a origem do Sars-Cov-2 (Covid-19), aumentou após um vídeo divulgado recentemente mostrar morcegos vivos em um local que parece ser o Instituto de Virologia de Wuhan, na China, o que pode reforçar a hipótese de que o vírus tenha surgido em laboratório. As imagens foram exibidas em reportagem do Fantástico no domingo, 20.

O vídeo de 10 minutos foi descoberto por uma equipe de investigadores amadores que se dedicam a desvendar a origem da Covid-19 e teria sido produzido para a inauguração do laboratório de Wuhan em maio de 2017. Com o título “A construção e a equipe de pesquisa do laboratório P4 do Instituto de Virologia de Wuhan, Academia Chinesa de Ciências”, a gravação mostra detalhes da construção do laboratório de segurança máxima para o estudo de vírus, que levou dez anos e foi feita em parceria com pesquisadores franceses. A instalação foi planejada após o surto do vírus Sars, que teve origem em morcegos.

Em um momento do vídeo, imagens mostram morcegos dentro de gaiolas no que parece ser o interior do laboratório e um pesquisador alimentando um morcego. Os chineses sempre negaram que houvesse criação de morcegos no laboratório de Wuhan.

O zoólogo inglês Peter Daszak, membro da equipe da OMS que investiga as origens da pandemia, tuitou em dezembro de 2020: “Nenhum morcego foi enviado ao laboratório de Wuhan para análise genética de vírus coletados em campo. Não é assim que essa ciência funciona. Nós coletamos amostras de morcegos, as enviamos para o laboratório. Nós soltamos os morcegos onde os pegamos!”.

“Eles não têm morcegos vivos ou mortos [nesses laboratórios]. Não há evidência em lugar algum de que isso tenha ocorrido”, continuou Daszak, tratando as alegações como uma teoria da conspiração.

Porém, as novas imagens reforçam a tese de que havia morcegos sendo criados no interior do laboratório, o que, por sua vez, pode dar força à hipótese de que o vírus surgiu em um acidente de laboratório, e não de um animal na natureza.

Um integrante do grupo de investigadores amadores, chamado Drastic, que encontrou o vídeo da inauguração do laboratório em um site chinês, disse ao Fantástico que, embora as imagens não comprovem 100% que havia morcegos no interior do laboratório, são um indício muito forte da existência dos animais no local.

Veja vídeo na íntegra:


https://youtu.be/tlVhZOfijeM

Deixe um comentário