Weintraub terá imunidade diplomática e passaporte da ONU

Weintraub terá imunidade diplomática e passaporte da ONU

Weintraub terá imunidade diplomática e passaporte da ONU

Diretores executivos do Banco Mundial — cargo para o qual Abraham Weintraub foi indicado pelo governo de Jair Bolsonaro — possuem imunidade diplomática nos Estados Unidos enquanto durarem seus mandatos e recebem um “Laissez-Passer” das Nações Unidas, publica a Crusoé.

Anúncios

“O portador deste Laissez-Passer tem direito, sob a Seção 30 da Convenção sobre Privilégios e Imunidades das Agências Especializadas, quando viaja a negócios da Agência Especializada, às mesmas facilidades que são concedidas aos enviados diplomáticos”, diz o texto impresso em passaportes semelhantes que será emitido para Weintraub.

Arthur Weintraub, irmão de Abraham, escreveu no Twitter que o ex-ministro estaria nos Estados Unidos.

Deixe um comentário