Aprovação de Bolsonaro atinge maior nível desde o começo do mandato, diz Datafolha

Aprovação de Bolsonaro atinge maior nível desde o começo do mandato, diz Datafolha

Aprovação de Bolsonaro atinge maior nível desde o começo do mandato, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (14) mostra que a aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a seu patamar mais elevado desde o início mandato: 37% dos brasileiros consideram seu governo ótimo ou bom. No Datafolha anterior, feito no fim de junho, a aprovação era de 32%. Nas demais pesquisas, realizadas desde 2019, o índice de ótimo ou bom nunca havia sido superior a 33%.

Anúncios

Já a rejeição ao governo Bolsonaro caiu de 44% em junho para 34% agora. Esse é o porcentual da população que considera a atual gestão ruim ou péssima. Os brasileiros que consideram o governo regular são atualmente 27% (em junho eram 23%).

O Datafolha também mediu a confiança da população nas declarações de Bolsonaro. Disseram nunca confiar no presidente 41% dos brasileiros (antes eram 46%). Os que confiam às vezes são 35% (contra 32% em junho). Os que sempre confiam são 22% (ante 20% no Datafolha anterior).

Segmentações: auxílio emergencial, regiões e outros estratos sociais

O Datafolha pesquisou a aprovação do governo Bolsonaro entre as pessoas que fizeram o pedido do auxílio emergencial durante a pandemia do coronavírus. Nesse segmento, a aprovação do governo é maior do que na média da população: 42% acham Bolsonaro ótimo e bom – cinco pontos porcentuais acima da população em geral. Por outro lado, 36% dos que não pediram o auxílio aprovam seu governo.

Por região, Bolsonaro é mais aprovado no Sul e no Centro-Oeste, com 42% de ótimo ou bom. No Sudeste, a aprovação do governo subiu de 29% para 36%, enquanto a rejeição caiu de 47% para 39%. No Nordeste, a avaliação positiva aumentou de 27% para 33%; e a desaprovação caiu de 52% para 35%.

A pesquisa, divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta sexta-feira (14), também mostra quais são os segmentos sociais que mais aprovam o governo atualmente. A gestão Bolsonaro é ótima ou boa para 42% dos homens, 45% dos brasileiros da faixa entre 35 e 44 anos, e por 58% dos empresários.

Já segmentos que mais consideram sua administração ruim ou péssima são as mulheres (39%), os jovens entre 16 e 24 anos (41%), as pessoas com ensino superior (47%), quem ganha acima de 10 salários mínimos (47%), os pretos (48%) e os estudantes (56%).

Rejeição cai em segmentos nos quais Bolsonaro tem pior avaliação

Mesmo em estratos sociais onde está a maior rejeição a Bolsonaro, os índices de desaprovação a seu governo caíram.

Segundo os dados divulgados pela Folha de S.Paulo, isso ocorreu no segmento dos estudantes (queda de 67% na pesquisa anterior para 56% na atual); entre os mais jovens (pessoas entre 16 a 24 anos, com queda de 54% para 41%); entre as pessoas com curso superior (queda de 53% para 47%); entre os mais ricos (de 52% para 47%); e entre as mulheres (de 48% para 39%).

Metodologia da pesquisa Datafolha

O Instituto Datafolha entrevistou, por telefone, 2.065 brasileiros entre 11 e 12 de agosto. Foram ouvidas pessoas de todos os estados. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou menos.

 

Deixe um comentário