Bolsonaro defende uso de remédio sem seguir a bula se houver concordância entre médico e paciente

Bolsonaro defende uso de remédio sem seguir a bula se houver concordância entre médico e paciente

Bolsonaro defende uso de remédio sem seguir a bula se houver concordância entre médico e paciente

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta segunda-feira (20) o uso de medicamentos sem necessidade de seguir orientações da bula para o tratamento de doenças desde que haja concordância entre médico e paciente.

Anúncios

“É importante lembrar que o uso off label (fora da bula) de medicamentos é consagrado na medicina, desde que haja clara concordância do paciente. E que, sem a prática do off label, diversas doenças ainda estariam sem tratamento”, escreveu

Bolsonaro no Twitter, citando trecho de uma publicação da Associação Médica Brasileira (AMB) que defende o uso de medicamentos off label. Desde o início da pandemia, Bolsonaro defende, como tratamento da Covid-19, o uso da cloroquina – medicamento condenado por uma série de instituições médicas e científicas, mas que é defendido por outros grupos com base em observações empíricas.

Deixe um comentário