Caminhoneiros prometem greve para hoje

Caminhoneiros prometem greve para hoje

Caminhoneiros prometem greve para hoje

Caminhoneiros de todo o país prometem iniciar hoje uma greve, com a de 2018, por tempo indeterminado. A adesão à paralisação, porém, não é consenso, e a extensão do movimento ainda é incerta.

Anúncios

O motivo é a alta do preço dos combustíveis. Só em 2021, a gasolina já possui alta acumulada de 13,4% — reajuste de 5% só na semana passada. O diesel também deve ser reajustado em 4,4%.

Segundo a Petrobras, o motivo do aumento é por causa do valores que acompanham as variações do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio. Sendo assim, com o dólar alto e o barril de petróleo do tipo Brent, uma referência internacional, aumentando desde dezembro do ano passado (+8%), o preço sobe para o cliente final como consequência natural.

A Petrobras citou que em 2020 a gasolina brasileira foi a 52º mais barata dentre os 165 países pesquisados pelo Global Petrol Prices. Pela pesquisa, nosso combustível estava 21,6% abaixo da média mundial no ano passado.

Durante a semana, Bolsonaro fez um apelo para que os caminhoneiros não realizassem a manifestação. Em seguida, os caminhoneiros enviaram um ofício ao governo confirmando a greve caso as reivindicações da categoria não sejam atendidas.

No sábado, o presidente reforçou o pedido e o governo disse que está tomando medidas para impedir a paralisação, tais como a inclusão de caminhoneiros na lista de prioridades para vacinação e a redução a zero do Imposto de Importação de pneus para veículos de carga.

Ainda hoje, deve ser anunciada também a redução do PIS/Cofins sobre o óleo diesel, o que também diminuiria o preço final do produto para o consumidor.

Deixe um comentário