Além de pane, Facebook enfrenta repercussão de denúncias de ex-funcionária

Além de pane, Facebook enfrenta repercussão de denúncias de ex-funcionária

Além de pane, Facebook enfrenta repercussão de denúncias de ex-funcionária

Anúncios

Além da queda dos sistemas do Facebook, a rede social enfrenta nesta segunda-feira, (4), a repercussão de denúncias feita por uma ex-gerente de produto sobre conflitos de interesse da empresa.

As acusações vinham sendo publicadas há algum tempo por The Wall Street Journal, mas foi a primeira vez que a denunciante veio a público.

Em entrevista ao 60 Minutes, da CBS News, Frances Haugen afirmou ontem que o Facebook “colocou o lucro acima da segurança” de seus usuários.

“Houve conflitos de interesse entre o que era bom para o público e o que era bom para o Facebook. O Facebook sempre escolheu otimizar para seus propósito interesses, como ganhar mais dinheiro”.

A ex-funcionária usou os documentos da empresa que havia reunido para demonstrar o quanto o Facebook sabia sobre os danos que estava causando.

“O Facebook viu que, se mudasse o algoritmo para algo que seja mais seguro, as pessoas passarão menos tempo no site, vão clicar menos em anúncios e vão gerar menos dinheiro. Ele ganha mais dinheiro quando você consome mais conteúdo e as pessoas gastam de se envolver com coisas que provocam uma reação emocional. E quanto mais raiva você sentir, mais vai interagir e consumir.”

Entre as revelações está também o fato de que a rede social sabia que o Instagram estava piorando problemas relacionados a imagens corporais entre adolescentes.

Deixe um comentário