Você está visualizando atualmente “Hamas armazena armas debaixo das camas das crianças”

“Hamas armazena armas debaixo das camas das crianças”

“Hamas armazena armas debaixo das camas das crianças”

O governo de Israel compartilhou nesta terça-feira (4), imagens de armas encontradas por militares da Coordenação das Atividades Governamentais nos Territórios: Judeia e Samaria e em direção à Faixa de Gaza (COGAT) debaixo de camas de crianças em Rafah, no sul de Gaza.

“Alguns de vocês podem guardar roupas ou brinquedos debaixo da cama dos filhos.

Em Rafah, o Hamas armazena armas debaixo das camas das crianças.

Todos os olhos voltados para os filhos de Rafah que merecem coisa melhor”, escreveu o governo israelense no X, antigo Twitter.

Em um vídeo publicado pelo Hamas na segunda (3), um terrorista com trajes civis aparece colocando explosivos dentro de brinquedos de crianças (um elefante rosa e um carrinho de brinquedo) em uma casa em Jabalia, no norte de Gaza.

A intenção dele é, segundo a COGAT, detonar os explosivos na presença de soldados das Forças de Defesa de Israel.

Essa não é a primeira vez que os terroristas da Faixa de Gaza esconde armas em quartos ou objetos de crianças para tentar ludibriar os militares israelenses.

Conversas interceptadas pelas FDI mostram terroristas da Jihad Islâmica descrevendo como armas são transportadas em carrinhos de bebê.

Além da conversa entre os terroristas, o Exército israelense também compartilhou imagens de foguetes encontrados no quarto de uma criança na casa de um terrorista do Hamas, que fazia parte da célula terrorista em Beit Hanoun.

“Durante a atividade operacional, as tropas descobriram uma quantidade significativa de armas, incluindo foguetes, dispositivos explosivos e dezenas de quilos de explosivos. As armas foram posteriormente destruídas pelas forças”, disse o porta-voz militar Daniel Hagari, em 16 de novembro de 2023.

O uso de civis pelo Hamas e pela Jihad Islâmica como escudo é recorrente. Desde o início da ação militar israelense, armas e mísseis são encontrados também em escolasjardins de infância e hospitais de Gaza.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário