Você está visualizando atualmente Iranianos sobem pressão e saem às ruas pelo 2º dia contra governo

Iranianos sobem pressão e saem às ruas pelo 2º dia contra governo

Iranianos sobem pressão e saem às ruas pelo 2º dia contra governo

Várias pessoas tomaram conta do Irã neste domingo (8), com o intuito de pressionar os líderes do país após forças militares admitirem que derrubaram por engano na quarta (8) um avião comercial ucraniano que levava 176 pessoas.

Grupos de manifestantes em Teerã saíram bradando frases na linha “nosso inimigo não é a América, nosso inimigo está bem aqui”, em locais próximos a universidades na capital e em outras cidades iranianas.

O policiamento foi reforçado, e moradores de Teerã relataram que as forças policiais estavam posicionadas em diferentes pontos da capital.

No Twitter, o presidente Donald Trump, disse aos líderes do Irã que “não matem seus manifestantes” e que não impeçam a divulgação de informações. “Religuem a internet e deixem os repórteres andarem livremente.”

“O mundo está observando. Mais importante, os EUA estão observando”, escreveu ele.

O ministro das Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, classificou o episódio como “violação flagrante da legislação internacional”. Já o chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borrell, se disse muito preocupado: “Total respeito à convenção de Viena é uma obrigação.” ​

A tensão política tem aumentado na região depois que o Irã assumiu ter derrubado o Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines, que matou 82 iranianos, 63 canadenses e 11 ucranianos.

Deixe um comentário