ONU não terá observadores na ‘eleição’ da Venezuela

ONU não terá observadores na ‘eleição’ da Venezuela

A ONU não enviará nenhuma missão eleitoral para a “eleição presidencial” da Venezuela, informou à agência Associated Press, sob anonimato, um alto funcionário da entidade.

 Representantes do ditador Nicolás Maduro e do candidato da oposição consentida, Henri Falcón, tinham ido às Nações Unidas para tentar convencer a entidade a enviar observadores para a votação, em 20 de maio.

A MUD –principal coalizão opositora da Venezuela, que teve candidatos impugnados e boicota a eleição– solicitou que o pedido da ditadura fosse rejeitado.

Por ora, a ONU não parece disposta a corroborar a fraude de Maduro.

Deixe um comentário