Você está visualizando atualmente Opinião | Pré-candidatos se movimentam a menos de 60 dias das convenções municipais em Manaus

Opinião | Pré-candidatos se movimentam a menos de 60 dias das convenções municipais em Manaus

Opinião | Pré-candidatos se movimentam a menos de 60 dias das convenções municipais em Manaus

David aumenta ações de entrega da prefeitura e presença nas mídias tradicionais

Marcelo Ramos tenta roubar MDB e PSD de David

Roberto Cidade quer uma dobradinha com o governador Wilson Lima para conquistar Manaus

Amom Mandel inicia giro pelas capitais do Brasil

Capitão Alberto Neto tem uma missão difícil nos próximos 50 dias

Jender Lobato é confirmado como novo diretor-presidente da Manauscult

Contagem regressiva

A contagem regressiva para as convenções partidárias nas eleições municipais em Manaus já começou, e os pré-candidatos se movimentam para consolidar suas bases e estratégias eleitorais.

Com o fim do prazo de desincompatibilização, já é possível ter mais clareza sobre o que os principais candidatos pensam em relação à composição de chapa. Também temos visto um aumento nas agendas de rua, testes relacionados ao discurso e ao tom, preparação do plano de governo, além de movimentações partidárias, onde cálculos são feitos para avaliar alianças e rupturas.

Ritmo

Buscando a reeleição, David Almeida aumentou significativamente o número de entregas, inaugurações e ações de rua. Isso é normal para um candidato com mandato, que se prepara nos anos anteriores e aumenta esse volume no período pré-eleitoral.

Não é invenção, é uma estratégia comprovada. Realmente dá certo, e o retorno é sentido nas intenções de voto.

Mudanças

Nas últimas semanas, também foi possível perceber alguns movimentos de David Almeida. Houve um aumento da presença nas mídias tradicionais, como TV e rádio, a criação de novos quadros nas redes sociais e um tom, em geral, mais sereno nas entrevistas. Ele tem os números na ponta da língua e respostas para perguntas capciosas, quase sempre sem se esquivar.

As mudanças na comunicação começam a dar retorno.

Vice 

Em relação ao vice para compor a chapa, ainda é um segredo guardado a sete chaves. No entanto, temos um indicativo da preferência de David: seu casca de bala e ex-secretário de Infraestrutura, Renato Júnior (Avante).

Ainda no seu partido, o Avante, outros dois nomes também se colocaram à disposição: Shádia Fraxe (ex-Secretária Municipal de Saúde) e Capitão William Dias (ex-chefe da Casa Militar).

Composição 

Em uma campanha, é comum ceder a vaga de vice para aliados, por conjunturas políticas necessárias e muitas vezes até por pressão, e David não descarta essa possibilidade.

O PSD do senador Omar Aziz e o MDB do senador Eduardo Braga ainda se movimentam para garantir essa indicação, possivelmente em consenso.

Esperança

O vice-prefeito Marcos Rotta ainda nutre esperanças de uma reconciliação entre David e o governador Wilson Lima.

Na semana passada, em um evento da prefeitura, ele mais uma vez vislumbrou essa possibilidade: “E como eu queria, neste momento, ter aqui neste palanque a presença do prefeito e do governador”, afirmou o vice-prefeito.

Aí tem…

Comendo pelas beiradas

A possibilidade de David Almeida (Avante) formar uma chapa puro-sangue para a reeleição não foi bem recebida pelo MDB e PSD. 

Aproveitando o momento, o ex-deputado federal Marcelo Ramos, pré-candidato a prefeito pelo PT, está tentando atrair esses partidos para seu palanque. 

Vai que cola 

Segundo informações divulgadas por A Crítica, Marcelo teria uma conversa neste fim de semana passado com os senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) sobre o assunto.

13 propostas

Ainda sobre Marcelo, ele apresentou os 13 pilares do seu futuro Plano de Governo.

”São 13 pontos de provocação para iniciar os debates sobre esses principais temas. A partir desses tópicos, vamos realizar 13 reuniões temáticas para aprofundar essas propostas com a militância do PT e os partidos aliados, visando elaborar um Plano de Governo que reflita um pensamento coletivo, democrático, moderno e progressista para uma cidade melhor para se viver”, disse o pré-candidato a prefeito.

Críticas

E para um suposto candidato laranja, como alguns adversários políticos têm caracterizado a candidatura de Marcelo, ele não tem poupado críticas à gestão de David Almeida.

Da saúde ao transporte público, Marcelo tem criticado praticamente todos os dias a prefeitura de Manaus.

Com um amigo desses, ninguém precisa de inimigo, né?

Dobradinha

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Roberto Cidade (União Brasil), segue a todo vapor participando dos lançamentos de pré-candidaturas de vereadores de seu arco de aliança partidário e de ações ao lado do governador Wilson Lima.

No último fim de semana, ambos participaram do lançamento da pré-candidatura a vereador de Simon Bessa, irmão do deputado estadual Carlinhos Bessa, que também comemorou seu aniversário e reuniu mais de 1.200 pessoas em um evento na zona sul.

Afinado

Chamou a atenção o discurso afinado dos dois. 

Wilson, inclusive, disse que Roberto pode contar 100% com ele quando assumir a prefeitura de Manaus.

O governador citou a proposta de Roberto sobre segurança pública e o aumento do efetivo da guarda municipal, que será 100% armada.

“Conte com a Polícia Civil e a Polícia Militar para treinar a guarda municipal. E o equipamento para armar 100% a guarda municipal está garantido”, reiterou o governador.

Giro pelo Brasil

Já o deputado federal e pré-candidato a prefeito Amom Mandel (Cidadania) iniciou um giro pelas capitais do Brasil. 

Segundo Amom, o objetivo é buscar as melhores propostas para integrar em seu plano de governo.

A primeira capital visitada foi Florianópolis (SC), onde se reuniu com o prefeito Topazio Neto (PSD), que, assim como Amom, também é um fenômeno nas redes sociais.

O encontro rendeu até um vídeo juntos e tudo mais.

“Multihostipal e escola”

Entre as propostas que Amom foi conhecer e que deseja implementar em Manaus está o hospital municipal recentemente inaugurado e a escola construída em tempo recorde, apenas 42 dias, considerada a construção escolar mais rápida do Brasil.

O complexo inclui o Hospital Dia, que oferece atendimento especializado em procedimentos cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos, com uma permanência máxima de 12 horas para os pacientes, além de uma inovadora ótica municipal. A escola foi considerada uma das melhores do país.

Segundo Amom, “Floripa foi só a primeira cidade da lista!”

Se explicando 

Capitão Alberto Neto continua com dois mantras diários que são reforçados constantemente, nas redes sociais, nas agendas de rua e em entrevistas.

O primeiro é que ele é o candidato apoiado pelo ex-presidente Bolsonaro.

O segundo é que ele não irá desistir de ser candidato para formar uma chapa com Roberto Cidade.

Missão Impossível

Alberto Neto tem uma missão difícil nos próximos 50 dias.

Convencer Bolsonaro a apoiar sua candidatura e dar uma pernada em Coronel Menezes não chega nem perto de convencer quem realmente dita as regras no PL no Amazonas, o ex-deputado Alfredo Nascimento, a fazer campanha em Manaus sem o apoio da máquina pública.

A máquina federal está com Marcelo Ramos, a municipal está na reeleição de David e a estadual está com Roberto Cidade, onde Alberto mira, pois também faz parte do grupo do governador.

Problema

Nos bastidores, é fato que Alfredo Nascimento só cederá efetivamente o partido para Alberto ser candidato se ele tiver o apoio do governador Wilson Lima e da máquina estadual.

Aqui está o problema: como Alberto não decolou com o apoio e a vinda de Bolsonaro a Manaus, Roberto ganhou força com o governador e com o grupo de deputados e vereadores que apoiam sua indicação como candidato do grupo.

Empatados tecnicamente 

Além disso, pesa contra Capitão Alberto Neto o fato de estar tecnicamente empatado com Roberto Cidade, com ambos oscilando na terceira colocação.

Nos últimos 13 levantamentos eleitorais registrados, realizados de fevereiro a maio por nove institutos diferentes, eles apresentam um empate técnico.

Por isso, nos bastidores, é dado como certo que apenas um deles será candidato.

Já há movimentações para que esse movimento ocorra ainda este mês.

Percepção

Apesar de todos esses movimentos, a percepção das últimas semanas é que a disputa eleitoral em Manaus esfriou um pouco.

Foi um período mais morno, e é possível que permaneça assim até o fim do Festival de Parintins, no final do mês.

Para os dois candidatos que lideram a corrida eleitoral desde o ano passado, isso é ótimo, pois o passar do tempo joga a favor.

Foi assim na eleição de 2020.

Confirmado

A Prefeitura de Manaus publicou no Diário Oficial do Município (DOM) o decreto de nomeação de Jender de Melo, ex-presidente do Caprichoso, como diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

A indicação foi feita pelo deputado federal Saullo Vianna (União Brasil), um aliado próximo do senador Omar Aziz (PSD).

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaoponto.am

TikTok: @diretoaoponto.am

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário