Você está visualizando atualmente Opinião | Wilson Lima anuncia viabilidade técnica da repavimentação da BR-319

Opinião | Wilson Lima anuncia viabilidade técnica da repavimentação da BR-319

Opinião | Wilson Lima anuncia viabilidade técnica da repavimentação da BR-319

Pesquisadores da UEA confirmam contaminação de água em Parintins

Câmara de Parintins instala CPI para investigar responsáveis por água contaminada

Thomé Neto vence em todos os cenários para prefeitura de Autazes

Irmãos Batista Negociam Compra da Amazonas Energia

Bolsonaro ironiza viagem de Lula e Janja no Dia dos Namorados: “Amor segue inabalável”

BR-319

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta terça-feira (11) que a repavimentação da BR-319 é tecnicamente viável e ambientalmente sustentável. 

Ele afirmou ter discutido o tema com o ministro dos Transportes, Renan Filho, que deverá apresentar um relatório ao governo federal apontando a viabilidade da obra.

Importância

Wilson destacou a importância da BR-319 para o desenvolvimento social e econômico da região amazônica e do Brasil. 

“A BR-319 é uma conexão vital para o desenvolvimento econômico e social da Amazônia, além de fortalecer nossa integração com o restante do país”, enfatizou o governador.

Inimigos da BR-319

A repavimentação da BR-319 tem sido um tema controverso ao longo dos anos, com promessas e adiamentos sucessivos. 

No ano passado, a ministra do Clima e Meio Ambiente, Marina Silva, enfrentou críticas severas de políticos do Amazonas, tanto da bancada federal quanto estadual, após afirmar que a BR-319 “só serviria para passear de carro”.

Confronto

Durante sua visita ao Amazonas em 2023, em meio à estiagem, Marina Silva foi confrontada pessoalmente pelos parlamentares locais devido às suas declarações sobre a estrada. 

A repavimentação da BR-319 tem sido uma demanda persistente da região, sendo vista como fundamental para a mobilidade e o desenvolvimento econômico.

Contexto Político e Ambiental

A BR-319 é uma das principais ligações rodoviárias entre o Amazonas e o restante do Brasil. 

Sua repavimentação é uma questão sensível, com debates sobre os impactos ambientais e benefícios econômicos. 

O anúncio de Wilson Lima reacende as esperanças de que, desta vez, a obra possa se concretizar.

Contaminação em Parintins

Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio do Mestrado Profissional em Rede de Recursos Hídricos (ProfÁgua), identificou em relatório, por meio de avaliação físico-química, a contaminação de poços na cidade de Parintins.

Problema desde 2005

Utilizando equipamentos portáteis do Laboratório de Qualidade das Águas da UEA, o grupo de pesquisa constatou a presença de uma quantidade de alumínio acima do permitido pela legislação vigente, além de valores de amônia e nitrato preocupantes para a saúde da população. 

Os problemas de fornecimento de água na cidade de Parintins ocorrem desde o ano de 2005.

Coliformes fecais

Os resultados também apontam contaminação recente por esgotos domésticos, com à presença de coliformes fecais e à proliferação de microrganismos na rede de abastecimento.

A contaminação nas águas oferece risco, principalmente, a crianças menores de 2 anos.

Pesquisa

Para o reitor da UEA, Prof. Dr. André Luiz Nunes Zogahib, as pesquisas são um marco importante para a saúde da população de Parintins e para a preservação dos recursos hídricos da região amazônica. 

“Esse trabalho vem sendo realizado desde 2018. E é fundamental que os grupos de pesquisa da UEA continuem unindo seus esforços para garantir a resolução desse problema, trazendo, de forma permanente, uma água digna para o povo parintinense”, reforçou.

Relatórios

Em relatório realizado pela Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), foram apresentados sinais de alerta em relação aos poços subterrâneos administrados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parintins (SAAE), confirmando os estudos feitos pela equipe UEA. 

Foi identificada a contaminação de 22 dos 26 poços responsáveis pelo abastecimento do município. 

CPI da “Água Contaminada”

A questão da contaminação da água em Parintins ganhou força na Câmara de Vereadores e se transformou na CPI da “Água Contaminada”, com o objetivo de investigar a qualidade da água no município que está contaminada por amônia, manganês, ferro, nitrato de alumínio e coliformes fecais.

Indícios de irregularidades

Uma das justificativas da instalação da CPI é referente ao Decreto Municipal nº 57/2024, de 15 de maio deste ano, que declara emergência por situação que perdurou. 

De acordo com o documento, há indícios da utilização desse mecanismo para causar danos ao erário.

Oposição

Os vereadores que assinaram a instalação da CPI foram Massilon Cursino (PSB), Brena Dianná (União Brasil), Márcia Baranda (União Brasil), Flávio Farias (União Brasil) e Babá Tupinambá (Progressistas).

Autazes

Um estudo eleitoral realizado pelo Instituto Pontual Pesquisas mostra que o pré-candidato a prefeitura de Autazes, Thomé Neto (Progressistas), vence em todos os cenários nas eleições de 2024. 

O estudo foi realizado no município de Autazes entre 30 de maio e 2 de junho e realizou 380 entrevistas. 

A pesquisa eleitoral teve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número AM-07117/2024.

Estimulada

Na pesquisa estimulada, que mostra para as pessoas entrevistadas as opções de pré-candidatos à Prefeitura de Autazes, novamente o ex-vereador Thomé Neto lidera com folga em relação aos adversários de eleições em todos os cinco cenários montados pelo Instituto Pontual.

No cenário 1, em que enfrentaria somente Wanderlan Sampaio na disputa do pleito, Neto tem 53,4% das intenções de voto contra 34/2% do ex-prefeito do município. Nesta hipótese, o índice de decisão dos eleitores sobre a escolha do futuro prefeito de Autazes é de 78,7%.

Compra da Amazonas Energia

O Grupo J&F Investimentos, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, está em negociação para adquirir a Amazonas Energia, atualmente controlada pelo consórcio Oliveira Energia. 

A operação ocorre em meio a um cenário conturbado, com críticas à gestão atual e insatisfação de autoridades e consumidores com os serviços da empresa.

Proposta de Aquisição

A negociação, que envolve também o banco de investimentos BTG Pactual, visa a aquisição de 100% das ações da Amazonas Energia. 

O consórcio Oliveira Energia assumiu o controle da concessionária em 2018, mas tem enfrentado desafios operacionais significativos e críticas pela má qualidade dos serviços oferecidos.

Descontentamento

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e outras autoridades locais, têm expressado descontentamento com a gestão da concessionária, apontando falhas no fornecimento de energia e alta inadimplência como problemas cruciais. 

A Amazonas Energia é responsável por fornecer eletricidade a mais de 900 mil consumidores em Manaus e no interior do estado, enfrentando desafios em áreas de difícil acesso e isoladas.

Dia dos Namorados

Pelas redes sociais, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ironizou a viagem internacional agendada para o presidente Lula (PT) e a primeira-dama, Janja, no semana em que se comemora o Dia dos Namorados. O casal visitará a Suíça e a Itália para o cumprimento de agenda oficial.

Europa

No dia 13 de junho, Lula participará da reunião da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra, na Suíça. 

No dias 14 e 15, Lula participará da Cúpula do G7, na Itália, onde serão discutidos temas como o conflito entre Rússia e Ucrânia, além da guerra de Israel contra os terroristas do Hamas.

“O amor segue inabalável”, escreveu Bolsonaro em uma publicação na rede social X ao compartilhar uma notícia sobre a viagem do casal presidencial.

Repercussão

A notícia escolhida por Bolsonaro para compartilhar em seu perfil veio com o comentário de um usuário que criticou a viagem de Lula e Janja em meio aos esforços para reconstrução do Rio Grande do Sul.

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaoponto.am

TikTok: @diretoaoponto.am

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário