You are currently viewing Opinião | Justiça federal absolve General Pazuello e Marcellus Campelo pela crise de oxigênio no Amazonas

Opinião | Justiça federal absolve General Pazuello e Marcellus Campelo pela crise de oxigênio no Amazonas

Opinião | Justiça federal absolve General Pazuello e Marcellus Campelo pela crise de oxigênio no Amazonas

“Seguimos confiando na justiça que aos poucos vai restabelecendo a verdade”, afirma ex-secretário de Saúde

Wilson Lima segue em ritmo acelerado com agendas na capital e interior

Em Itacoatiara, Governo do Estado repassa recursos e entrega cestas básicas

“Vamos asfaltar 10 mil ruas em Manaus”, afirma governador

Amazonino confirma apoio de José Melo e afirma: “Ele foi injustiçado”

Aprovação do prefeito David Almeida cresce e chega a 82% de satisfação

Em artigo, Arthur Neto fala sobre a importância da defesa da ZFM para o futuro dos amazonenses

Nada consta

O juiz federal Diego Leonardo de Oliveira, do Tribunal Regional Federal da 1º região, inocentou o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, pela crise de oxigênio que ocorreu em Manaus em janeiro de 2021, durante o pico da pandemia da Covid-19.

Anúncios

O magistrado julgou improcedente a ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF).

Outros nomes

Além de Pazuello e Campêlo, foram inocentados a ex-secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro – a “Capitã Cloroquina” –, o ex-secretário de Atenção Especializada à Saúde, Luiz Otávio Franco Duarte, o secretário Nacional de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Hélio Angotti Neto, e o coordenador do Comitê de Crise do Amazonas, Francisco Ferreira Máximo Filho.

Mudança na lei

A decisão foi tomada com base nas mudanças na Lei de Improbidade Administrativa, aprovadas no ano passado pelo Congresso Nacional e referendada pelo presidente da República. A nova legislação considera necessária a comprovação de dolo, ou seja, a intenção em praticar o crime.

Em seu despacho, o juiz ressaltou que cabe ao Poder Judiciário somente a aplicação da lei, sem levar em consideração a comoção social dos fatos em julgamento.

Justificativa

“Ressalto que, ao Poder Judiciário, compete unicamente a aplicação dos estritos termos da lei na seara punitiva. Boa ou ruim, a nova lei de improbidade administrativa foi democraticamente concebida pelo Poder Legislativo e ratificada pelo Poder Executivo, por meio da sanção presidencial, sendo estranho à função típica jurisdicional a adoção de interpretações ampliativas ou a prática de ativismo judicial com vistas a impor sanções motivadas unicamente pela enorme comoção social provocada pelos fatos submetidos a julgamento”, diz trecho do despacho do magistrado.

Confiança na Justiça

Marcellus Campêlo se manifestou por meio das redes sociais e ressaltou que aos poucos a verdade vai se reestabelecendo.

“Seguimos confiando na justiça que aos poucos vai restabelecendo a verdade e honrando a todos os profissionais e trabalhadores da saúde que foram heróis na maior crise sanitária dos últimos tempos. Vai dar tudo certo!”, escreveu no Instagram.

Ritmo acelerado

O governador Wilson Lima (União Brasil) tem acelerado o ritmo e deixado literalmente o gabinete de lado e se instalado pelos bairros da capital e municípios do interior.

No início desta semana, por exemplo, visitou o município de Itacoatiara, onde cerca de 800 famílias foram prejudicadas por uma forte chuva registrada no domingo (08).

Na ocasião, o governador anunciou o repasse de R$ 1,1 milhão para subsidiar as ações da Prefeitura, além da entrega de cestas básicas para as famílias.

Asfaltamento

Na terça-feira (9) e ontem (10), o governador esteve ao lado do secretário municipal de Infraestrutura, Renato Junior, vistoriando as obras de recapeamento das ruas de Manaus.

O Programa Asfalta Manaus está sendo realizado com recursos destinados pelo Governo do Estado e a meta, segundo Wilson, é asfaltar 10 mil ruas da capital e entrar com as máquinas em ruas secundárias dos bairros e não somente nas principais.

“A ação é resultado da parceria entre Governo do Estado e Prefeitura. Ao todo, vamos pavimentar 10 mil ruas da capital, priorizando aquelas ruas secundárias, que há tempos esperavam por esses serviços. Quando os políticos se unem quem ganha é a população!”, escreveu no Instagram.

Amazonino e Melo

Ontem (10), em entrevista a BandNews Manaus, o pré-candidato ao Governo do Amazonas, Amazonino Mendes (Cidadania), afirmou que o ex-governador José Melo vai estar no seu palanque nas eleições e que ele foi injustiçado com relação às acusações da Operação Maus Caminhos e cassação do seu mandato.

“Por que eu iria negar minha mão e meu abraço a esse rapaz que foi tão humilhado? Enquanto eu existir, minha mão estará apertando a mão dele. Melo, conte comigo. Vamos para luta” disse Amazonino.

Alfinetada em Omar

Mesmo sem citar nomes, o ex-governador alfinetou o senador Omar Aziz (PSD) ao dizer que os verdadeiros culpados pelo desvio de recursos públicos da saúde desvendado pela operação Maus Caminhos, “estão aí com mandato”.
“Os verdadeiros culpados estão aí, uns até com mandato, em situação elevada”, disse.

Em alta

Oito em cada dez manauaras aprovam a gestão de David Almeida à frente da Prefeitura de Manaus.

É o que aponta a pesquisa do Instituto Diário de Pesquisa (IDP), divulgada nesta terça-feira (10), que mostra 82% de aprovação do trabalho de Almeida como gestor do Executivo municipal.

O levantamento confirma a alta satisfação dos manauenses com o prefeito, que já havia recebido 81% de aprovação em pesquisa divulgada pelo mesmo instituto, em fevereiro.

Luta continua

O ex-prefeito de Manaus e pré-candidato ao Senado, Arthur Neto (PSDB), destaca, em artigo publicado no Direto ao Ponto, que a luta em favor da Zona Franca de Manaus (ZFM) continua.

O tucano parabenizou o partido Solidariedade por ter ingressado com ADIs em favor da ZFM e lembrou que sempre foi um defensor do modelo quando esteve em Brasília.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário