Você está visualizando atualmente Opinião | Pesquisa Eficaz: David e Amom estão empatados

Opinião | Pesquisa Eficaz: David e Amom estão empatados

Opinião | Pesquisa Eficaz: David e Amom estão empatados

59% do eleitores ainda não tem candidato a prefeitura de Manaus

Entre 2023 e 2024, 29 pesquisas eleitorais realizadas por 14 institutos apontam David Almeida e Amom Mandel no segundo turno

Faltam 38 dias para o início das convenções partidárias

Renato Júnior limpa nome no TRE-AM e pode concorrer como vice

Wilson Lima toma posse como membro da diretoria nacional do União Brasil

Contexto Atual das Eleições

A disputa pela Prefeitura de Manaus se mostra intensamente polarizada entre o atual prefeito, David Almeida (Avante), e o deputado federal Amom Mandel (Cidadania). 

A apenas 38 dias do início das convenções partidárias, onde as candidaturas já podem ser registradas oficialmente na Justiça Eleitoral, o cenário se mantém estável na capital amazonense, refletindo uma tendência contínua desde o ano passado.

Histórico de Pesquisas Eleitorais

Desde 2023, foram realizadas 29 pesquisas eleitorais, todas indicando uma polarização entre David Almeida e Amom Mandel. 

Este padrão persistente destaca a competitividade acirrada entre os dois candidatos, sugerindo um possível segundo turno entre eles.

Pesquisas de 2023

No ano passado, foram divulgadas 16 pesquisas eleitorais de nove institutos diferentes — Direto ao Ponto, EAS, Iveritas, IPEN, IPEC, Paraná, Perspectiva, Projeta e Real Time Big Data. 

Em 14 dessas pesquisas, David Almeida liderava a corrida eleitoral. 

Em duas, Amom Mandel aparecia na frente. 

Em todos os cenários que incluíam os dois candidatos, ambos seguiam para o segundo turno.

Pesquisas de 2024

Já este ano, foram divulgadas 13 pesquisas eleitorais por 10 institutos diferentes — AtlasIntel, Direto ao Ponto, Eficaz, Innquest, Listering, IPEN, Paraná, Pontual, Projeta e Real Time Big Data.

Em sete dessas pesquisas, David Almeida liderava a corrida eleitoral.

Em seis, Amom Mandel aparecia na frente. 

Todas as pesquisas apontando que os dois vão para o segundo turno. 

Polarização 

Esses dados apontam uma tendência de polarização entre os candidatos e a estabilidade das intenções de voto, com os eleitores divididos principalmente entre essas duas opções.

Pesquisa Eficaz

Ontem (11), a pesquisa divulgada pela Eficaz reflete um empate técnico entre David Almeida e Amom Mandel. 

Amom aparece com 28,5% das intenções de voto, seguido por David com 26,2%, ambos tecnicamente empatados. 

Capitão Alberto Neto, do PL, surge em terceiro com 14,4%.

Roberto Cidade, do União Brasil, aparece com 7,1%, enquanto Marcelo Ramos, do PT, tem 4,5%. 

Wilker Barreto, do Mobiliza, e Maria do Carmo Seffair, do Novo, estão empatados com 2,2% cada um. 

O índice de eleitores que declaram votar em branco ou nulo soma 11,6%, e 3,3% afirmam não saber ou não responderam.

Espontâneo

No cenário espontâneo, onde os entrevistados indicam seus candidatos sem qualquer sugestão do entrevistador, o nome de David Almeida foi lembrado por 13,2% da população. 

Já Amom Mandel foi citado por 10,9%. 

Capitão Alberto Neto recebeu menção de 4,8% e Roberto Cidade foi lembrado por 4% dos entrevistados. 

Marcelo Ramos, Wilker Barreto e Maria do Carmo Seffair foram citados, mas cada um com 1% ou menos das intenções de voto. 

Além disso, 5,7% dos eleitores afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos mencionados.

Indecisos

A pesquisa ainda revela que 59,4% dos eleitores de Manaus não têm um candidato definido para a prefeitura. 

Isso significa que, a cada 10 eleitores, seis ainda estão indecisos.

Rejeição dos Candidatos

Quando questionados sobre em quem não votariam de jeito nenhum, 23,1% dos eleitores mencionaram David Almeida, 20,4% citaram Marcelo Ramos, 12,7% indicaram rejeição a Amom Mandel, 6,9% a Capitão Alberto Neto e Maria do Carmo, 5,7% a Wilker Barreto, e 4% a Roberto Cidade.

O índice de eleitores que declararam votar em branco ou nulo soma 13,5%, enquanto 6,7% afirmaram não saber ou não responderam.

Dados

O levantamento entrevistou 808 pessoas, entre os dias 5 e 8 de junho, e tem uma margem de erro de 3,5%, com nível de confiança de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número de registro: AM-07788/2024

Expectativas

No atual cenário, não há previsão de eventos nas próximas semanas, ou mesmo até o início da eleição, 16 de agosto,  que possam mudar drasticamente o quadro eleitoral em Manaus.

Com o apoio de Wilson Lima a Roberto Cidade, a visita de Bolsonaro apoiando Capitão Alberto Neto, e a falta de previsão de uma visita de Lula, que não possui forte influência em Manaus para impulsionar a candidatura de Marcelo Ramos, o cenário parece estabilizado.

Operações da Polícia Federal praticamente cessam no período eleitoral, e mesmo uma possível união entre Roberto Cidade e Capitão Alberto Neto exigiria tempo para ser explicada e refletida em números.

Portanto, por enquanto, tudo segue igual desde o ano passado.

A polarização entre David Almeida e Amom Mandel continua, sem sinais claros de mudança no horizonte eleitoral de Manaus.

Ficha limpa

Renato Júnior, ex-secretário municipal de Infraestrutura de Manaus, conseguiu uma vitória significativa no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), retirando um grande obstáculo de seu caminho político. 

Na última terça-feira (11), o TRE-AM decidiu arquivar o processo eleitoral que poderia comprometer suas chances de candidatura. 

Essa decisão pavimenta o caminho para Renato se posicionar como um dos principais nomes para a vice-prefeitura na chapa de David Almeida (Avante).

Foco no vice

Com essa vitória, Renato Júnior se posiciona como a primeira opção de David Almeida. 

Ele vem se preparando há bastante tempo, trabalhando em sua oratória, com os dados sobre Manaus na ponta da língua, fortalecendo sua presença nas redes sociais e até mesmo cuidando de sua saúde física, tendo perdido mais de 70 quilos no último ano.

Reações Políticas

Nos bastidores, a decisão do TRE-AM, aparentemente sem nenhuma resistência, já aponta alguns sinais nas entrelinhas. 

Por enquanto, David segue conduzindo o jogo e movimentando suas peças no tabuleiro com habilidade.

Posse

O presidente do União Brasil no Amazonas, governador Wilson Lima, tomou posse na noite desta terça-feira (11) como membro da Executiva Nacional da legenda, em Brasília (DF). 

O presidente da sigla no Amazonas destacou, ainda, que as eleições municipais desse ano serão um momento decisivo para o crescimento do partido no Estado, assim como em todo o país.

Nova Executiva

Além da posse do novo presidente, Antônio Rueda, também tomaram posse o 1° vice-presidente da legenda, Antônio Carlos Magalhães Neto, outros sete vice-presidentes, secretário-geral, tesoureira, tesoureiro-adjunto, membros e suplentes. 

Influência

O partido, que aumentou de tamanho após abrigar Jair Bolsonaro na presidência da República, tem um milhão de filiados, três ministros no governo Lula, sete senadores, 58 deputados federais, 4 governadores, 101 deputados estaduais, 600 prefeitos, 570 vice-prefeitos e 5.521 vereadores.

No Amazonas, o partido é representado pelo governador Wilson Lima, além de dois deputados federais e cinco estaduais.

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaoponto.am

TikTok: @diretoaoponto.am

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário