You are currently viewing Opinião | Pré-candidato a deputado estadual, Thiago Abrahim quer defender a juventude do interior

Opinião | Pré-candidato a deputado estadual, Thiago Abrahim quer defender a juventude do interior

Opinião | Pré-candidato a deputado estadual, Thiago Abrahim quer defender a juventude do interior

‘É hora da nossa geração colocar a cara e fazer a diferença’

Filho do prefeito de Itacoatiara vai para sua primeira disputa eleitoral

‘É preciso investir no setor primário’, afirma o postulante a uma cadeira na Aleam

Abrahim afirma que Fecani precisa ser remodelado

Filiado ao União Brasil, Thiago acredita que a sigla eleja quatro ou cinco nomes para o parlamento estadual

Braga tem encontro marcado com Lula na próxima semana

Luciano Bivar, presidente do União Brasil, desembarca em Manaus

Juventude interiorana

Aos 29 anos, o advogado Thiago Abrahim decidiu se tonar um porta-voz da juventude do interior do Amazonas na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam). Para isso, pela primeira vez disputará uma eleição.

Anúncios

Thiago é filho do prefeito de Itacoatiara, Mário Abrahim, e tem a política no DNA.

Ele, inclusive, foi o coordenador do processo de transição da antiga gestão para a de seu pai em 2020 e conhece o dia a dia de uma administração municipal interiorana.

Alternativas econômicas

Filiado ao União Brasil, Abrahim afirmou em entrevista ao Direto ao Ponto que se eleito também trabalhará pelo fomento de alternativas econômicas à Zona Franca de Manaus (ZFM).

Na avaliação dele, é inaceitável que o Amazonas não invista em outros setores e “se garanta” somente nos incentivos fiscais concedidos ao Polo Industrial de Manaus (PIM).

“Hoje nós temos um Estado que não produz praticamente nada além da Zona Franca. Nós vivemos à base de um único modelo econômico e eu acredito que a gente precisa investir no setor primário para que passemos a produzir. Para você ter ideia, eu fui na Feira da Banana e as bananas vêm de Santarém e Boa Vista”, analisou.

Ousadia

Indagado acerca do que o motivou para entrar na vida pública, ele deu uma resposta de bate-pronto e afirmou que é preciso que os jovens deem sua contribuição para a melhoria da nação.

“Acho que é hora da nossa geração colocar a cara e contribuir para a melhoria do Amazonas”, destacou.

Thiago afirmou que a política é feita para servir e não servimos dele, que veio do interior, sua família é do interior e conhece de perto as dificuldades e necessidades dessas famílias, e que isso o motiva para disputar a eleição, porque ele acredita que através da política é possível mudar para melhor a realidade do nosso povo, com seriedade e aplicação correta dos recursos públicos, nossas ações irão chegar na ponta, para quem mais precisa.

Presença e voz

Thiago disse que seu trabalho vai muito além de Itacoatiara, que vem percorrendo muitos municípios do interior, em especial os do médio e baixo Amazonas, como Barreirinha, Parintins, São Sebastião do Uatumã, Urucará, e tantos outros onde se vê uma carência muito grande de representatividade.

“Recentemente estive em Parintins visitando comunidades isoladas na região do Uaicurapá, onde estive em sete aldeias indígenas e eles sempre falaram que nunca um pré-candidato esteve aqui conosco para nos escutar e dialogar para ajudar comunidade e trazer melhoria e políticas públicas para a região”.

Ele também falou da importância de Manaus, que a capital acolhe muitas famílias de todo o interior do Amazonas, e que é preciso avançar na saúde e na segurança pública, principalmente nos bairros mais periféricos, onde cidadãos de bem, em especial os nossos jovens, precisam de apoio e voz.

Contra as drogas

Por falar em juventude, uma das grandes preocupação de Thiago é com o aumento significativo do uso de drogas pelos jovens amazonenses.

Segundo ele, o interior não fica muito distante da capital neste quesito.

“Nós temos que criar políticas que possam combater isso. Políticas voltadas para entrar nas escolas e trabalhar desde cedo as crianças, trabalhar os jovens e falar dos efeitos que este mal causa”, observou.

Gestão exitosa

Thiago também fez uma análise da gestão de quase dois anos do pai dele à frente da Prefeitura de Itacoatiara.

Segundo o pré-candidato, quando Mario Abrahim assumiu o comando do município o cenário era de “terra arrasada” e se não fosse a habilidade política e administrativa do pai, Itacoatiara seria um desastre na gestão da pandemia do coronavírus.

Críticas

Abrahim fez críticas ao Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani), um dos eventos mais conhecidos do grande público da capital amazonense e também de outros estados.

Na avaliação dele, a empresa que gerencia a realização do evento deixou de incentivar os artistas locais e tem apostado na realização de shows de cantores nacionalmente conhecidos.

“O Fecani há muito tempo perdeu o sua principal função que era a de trabalhar para descobrir talentos. Passou a ser uma festa que leva as pessoas apenas para ver os shows nacionais. As atrações locais que queriam apresentar sua letra, a sua música, deixaram de ser prestigiadas. É preciso rever o formato, porque é um festival que é conhecido nacionalmente, mas que aos poucos acabou perdendo a sua essência” disse.

Otimismo

Ciente de que está filiado ao maior partido do Amazonas e que terá a concorrência de nomes de peso, Thiago Abrahim acredita o União Brasil é uma sigla que de fato veio para representar àqueles que veem a política como instrumento de união entre as pessoas.

Segundo ele, a sigla deve fazer de quatro a cinco deputados estaduais.

“Acredito que o União Brasil vai ser um dos partidos que mais vai eleger deputados nessa eleição, muito fortalecido pela bancada que tem hoje. É um time que eu acredito que eleja pelo menos quatro a cinco deputados estaduais, mais uns dois deputados federais, tem o governador no partido que vai agregar muito voto, a gente sabe disso então a gente acredita nesse potencial de quatro a cinco candidatos estaduais”, analisou.

Wilson Lima

Sobre o governador Wilson Lima, ele disse que o estado avançou na sua gestão e lembrou os desafios enfrentados pelo governador como a pandemia e a maior cheia da história do Amazonas que atingiu todos os municípios do nosso estado, que vivem praticamente às margens dos rios.

Thiago acredita que o governador pode se reeleger, tem trabalho para isso, e o povo vai avaliar o que é melhor pro nosso estado.

Encontro marcado

O senador e pré-candidato ao Governo do Amazonas, Eduardo Braga (MDB), ao que parece, conseguiu o que mais desejava neste pleito: o apoio de Lula.

Um dia após se encontrar com o presidente em Brasília, o senador amazonense postou nas redes sociais que terá um novo encontro com o petista na próxima semana já para bater o martelo sobre o apoio dele à eleição deste ano.

Segundo Braga, o MDB vai caminhar com o petista em 10 estados brasileiros, entre eles o Amazonas.

Os demais

Além do Amazonas, o MDB estará junto com PT nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Ceará, Maranhão, Pará, Pernambuco, Bahia e Alagoas.

Presidenciável

O presidente nacional do União Brasil e pré-candidato à presidência da República, deputado federal Luciano Bivar (UB-PE), e a presidente nacional do União Mulher, senadora Soraya Thronicke (UB-MS) desembarcam em Manaus, nesta quinta-feira (14).

Eles vêm ao Amazonas para o evento de posse do diretório do União Mulher municipal e estadual, que vai acontecer no Teatro Manauara, a partir das 18h.

Bivar e Soraya serão recepcionados em Manaus pelo presidente estadual do partido, Pauderney Avelino, e pelo coordenador da campanha presidencial no Amazonas, Ernesto Oliveira.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário