You are currently viewing Opinião | Governador lança pacote de obras no valor de R$ 1,1 bilhão e turbina pré-campanha à reeleição

Opinião | Governador lança pacote de obras no valor de R$ 1,1 bilhão e turbina pré-campanha à reeleição

Opinião | Governador lança pacote de obras no valor de R$ 1,1 bilhão e turbina pré-campanha à reeleição

Início da Ponte Philippe Dou terá parque com restaurantes e ambiente de lazer

Roberto Cidade apresenta projeto para fomentar pesca esportiva em Barcelos

Ideia é transformar a modalidade em uma nova matriz econômica para o Amazonas

Prefeito de Rio Preto da Eva vai gastar R$ 1,5 milhão com festa de aniversário do município

Políticos locais criticam filme com Fábio Porchat que incita pedofilia

PL empata com União Brasil e deve virar maior bancada da Câmara Federal

TSE convoca times de futebol e influenciadores para estimular voto dos jovens

Em artigo, Arthur Neto fala sobre o desmatamento fora de controle na Amazônia

Trabalho que fala

Desde o ano passado, o governador Wilson Lima (União Brasil) adotou o slogan “o trabalho fala pela gente” para sua gestão.

Anúncios

E, de fato, seu governo tem feito isso.

Ontem (14) o chefe do Executivo lançou mais um pacote de 187 obras estimada em R$ 1,1 bilhão.

As intervenções incluem obras do novo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), reforma e construção de hospitais, reforma de delegacias, implantação de sistema de iluminação em LED, recuperação de estradas, sistema viário, saneamento básico e vai gerar 28 mil postos de trabalhos no setor da construção civil.

Parque na ponte

Entre as principais obras deste pacote, está a construção de um parque no início da Ponte Jornalista Phelippe Daou, na Zona Oeste. A intervenção, que deverá ser executada ainda este ano, está orçada em R$ 50 milhões e irá estimular o turismo na capital.

O parque terá restaurantes, espaço para leitura e pontos de observação da ponte e do pôr do sol, além de outros ambientes de convivência e lazer.

Pré-campanha turbinada

Essas e outras entregas feitas por Wilson Lima, como o convênio de R$ 580 milhões com a Prefeitura de Manaus, já têm refletido nas pesquisas eleitorais.

Em um estudo publicado na semana passada, o governador cresceu 5,5% em três meses, chegando a 22% da preferência do eleitorado e se consolidando, desta maneira, no segundo turno das eleições.

União Brasil

Somado a isso, ao anunciar sua filiação ao União Brasil, o governador mostrou desenvoltura no jogo político.

Além de inviabilizar seu principal adversário, o ex-governador Amazonino Mendes, de ingressar na sigla, garantiu uma estrutura eleitoral grandiosa.

O União Brasil, vale lembrar, terá a maior fatia do Fundo Eleitoral e o maior tempo de propaganda na televisão e rádio.

Alternativa econômica

Diante dos constantes ataques contra a Zona Franca de Manaus (ZFM) – tanto de empresários do sul e sudeste, quanto do próprio Governo Federal — o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (PV), apresentou um projeto de lei que visa reconhecer a pesca esportiva como de relevante interesse econômico e fomentar a modalidade.

Segundo o parlamentar, o Amazonas, em especial o município de Barcelos, tem grande potencial para se tonar um grande destino dos principais amantes do esporte.

Grana alta

Na justificativa do projeto, Cidade afirma que dados da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas – Amazonastur, apontam que entre os anos de 2019 e 2020, a pesca esportiva movimentou cerca de R$ 400 milhões no Amazonas.

Segundo o parlamentar, os valores, por mais que sejam altos, não se comparam com os movimentados nos Estados Unidos, por exemplo.

24 bilhões de dólares

“Nos Estados Unidos, a pesca esportiva movimenta U$ 24 bilhões anualmente, muito mais do que nós. Precisamos fomentar a modalidade para que os principais nomes do esporte possam cada vez mais querer praticar a pesca em Barcelos, que já é conhecida como a capital mundial da pesca. Estamos no meio da Floresta Amazônica, temos o tucunaré que é um dos peixes mais desejados para quem pratica pesca esportiva, ou seja, temos tudo para ser uma potência nessa área. É necessário somente que haja investimentos”, destacou o presidente da ALE-AM.

Farra com dinheiro público

O prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza (PP), vai literalmente fazer uma farra com dinheiro público. O gestor gastará R$ 1,5 milhão para comemorar o 40º aniversário do município, que fica a 81 quilômetros de Manaus.

A festa, que acontecerá entre os dias 31 de março a 3 de abril, terá show dos cantores Wesley Safadão, Léo Magalhães e Israel Novaes.

Sozinho, Safadão vai embolsar R$ 650 mil por uma apresentação de apenas uma hora de duração.

Polêmica

Essa é mais uma polêmica que Anderson Souza se envolve. Em janeiro, o prefeito criticou o presidente Jair Bolsonaro por seus posicionamentos acerca da vacina e afirmou, nas entrelinhas, que a imunização deveria ser obrigatória.

“Nós sofremos um grande problema. O próprio presidente da república, uma referência de governo que propaga que somente toma vacina quem quer”, disse à época.

Obviamente, a fala foi alvo de críticas nas redes sociais e viralizou no Brasil inteiro.

Indignação

Bolsonaristas locais usaram as redes sociais para criticar o filme “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, após uma cena de cunho sexual protagonizada pelo ator Fábio Porchat e por dois atores mirins viralizar nas redes sociais.

O longa-metragem, que também conta com Danilo Gentili no elenco, foi lançado em 2017 e está disponível na Netflix. Os artistas foram acusados de estimular a pedofilia e a plataforma de streaming criticada por incluir o filme no seu catálogo.

‘Crime’

“Pedofilia é crime! Ainda tem gente defendendo esse lixo como arte. Devemos defender as nossas famílias contra esta imoralidade.”, afirmou Pablo, reiterando que o filme ataca as famílias, os valores e deve ser retirado do streaming Netflix.

Nojento

Outro político que comentou sobre o filme foi o deputado estadual Delegado Péricles (União Brasil), que ao repostar uma publicação do filho de Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PL-SP), disse que a cena é nojenta e repugnante.

“Cena nojenta e repugnante, Eduardo Bolsonaro. Tentativa clara de normalizar algo criminoso”, escreveu o parlamentar.

PL crescendo

Com as filiações em massa dos bolsonaristas da Câmara, o PL já é o partido com a maior bancada de parlamentares federais, empatado com a União Brasil. Cada legenda tem hoje 60 deputados, conforme levantamento feito por O Antagonista.

A tendência é que o PL assuma sozinho a primeira posição ainda nesta semana, com a chegada de mais bolsonaristas oriundos da União, como Carla Zambelli (SP), Eduardo Bolsonaro (SP), Bia Kicis (DF), Aline Sleutjes (SC), Caroline de Toni (SC) e Coronel Armando (SC).

O partido, assim, supera a expectativa inicial, após a filiação de Jair Bolsonaro. No ano passado, os caciques do PL estimavam uma bancada de aproximadamente 60 parlamentares, mas devem fechar a janela partidária com quase 70.

Saídas

Com a fusão entre DEM e PSL, a União chegou a ter 79 congressistas em seus quadros. Até agora, 19 deixaram o partido. O PL tinha 42 deputados e ganhou 18 desde o início do mês.

Algumas baixas ocorreram antes da janela, como o caso do vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, hoje no PSD.

Voto FC

Com a presença de times como Flamengo, Corinthians e Palmeiras e as atrizes Mel Maia e Klara Castanho, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu início ontem (14), na Semana do Jovem Eleitor.

A ideia é lembrar quem completa 16 anos até 2 de outubro e quem já tem até 18 anos de que o prazo para tirar o título de eleitor se encerra em 4 de maio.

Desmatamento

Em artigo publicado no Direto ao Ponto, o ex-prefeito e ex-senador Arthur Virgílio Neto fala sobre o aumento do desmatamento na Amazônia e traz números preocupantes que apontam os piores indicadores de toda a história.

Arthur ainda faz uma indagação sobre “qual será o destino da Amazônia e se ela será destruída por incompetência, falta de visão e decisão?”

Confira na íntegra no site do Direto ao Ponto.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário