Você está visualizando atualmente Opinião | Desaprovação de Lula no Norte chega a 58,5%

Opinião | Desaprovação de Lula no Norte chega a 58,5%

Opinião | Desaprovação de Lula no Norte chega a 58,5%

Maior desaprovação é no Centro-Oeste: 70,7%

Menor desaprovação é no Nordeste: 27,2%

Pré-Candidata a Prefeita de Manaus, Maria do Carmo Seffair, participa do 8.º Encontro Nacional do Partido Novo, em São Paulo

Governador Wilson Lima reforça rede de saúde na Calha do Madeira

Nível do Solimões despenca e já causa transtorno em Tabatinga

TCE-AM divulga edital para processo seletivo de estágio com bolsa mensal de R$ 1,5 mil

Hacker pró aborto da esquerda invadem site de Eduardo Bolsonaro e põe post de Lula no lugar

’Se até o conselho veterinário proíbe matar animal com assistolia, não é um bebê que permitiremos’, defende Bia Kicis

Desaprovação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 58,5% de desaprovação no Norte, de acordo com uma pesquisa do instituto Atlas/Intel em parceria com a CNN Brasil, divulgada neste sábado (15). 

A pesquisa mostra que o Centro-Oeste possui o maior índice de desaprovação do presidente, chegando a 70,7%. 

Veja a seguir a distribuição detalhada da aprovação e desaprovação por região.

Aprovação 

Aprovação de Lula, por região: Nordeste: 66,3% Norte: 58,5% Sul: 46,7% Sudeste: 39% Centro-Oeste: 29,2%.

Desaprovação 

Desaprovação de Lula, por região: Centro-Oeste: 70,7% Sudeste: 60,8% Sul: 52,5% Norte: 41,3% Nordeste: 27,2%.

Maiores índices 

A aprovação de Lula é mais alta no Nordeste, a única região onde ele venceu no segundo turno das eleições presidenciais de 2022. 

A desaprovação, por sua vez, é mais acentuada no Centro-Oeste e no Sudeste.

Dados

A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 11 de junho, com 3.601 brasileiros entrevistados. 

A margem de erro do levantamento é de um ponto percentual para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.

Encontro

A pré-candidata a prefeita de Manaus, Maria do Carmo Seffair, marcou presença no 8.º Encontro Nacional do Partido Novo, realizado ontem em São Paulo. 

O evento reuniu mais de 6 mil filiados de todo o país.

Combate a corrupção 

Maria do Carmo destacou a importância de combater a corrupção e melhorar a gestão pública na capital amazonense. 

“Chega de abandono e má administração em Manaus. Estamos prontos para trazer competência e planejamento para nossa cidade,” afirmou.

Compromisso

A pré-candidata reafirmou seu compromisso com a mudança e o desenvolvimento de Manaus, prometendo trabalho árduo para transformar a cidade. 

“Manaus merece mais e estou aqui para fazer a diferença,” concluiu.

Saúde

O governador Wilson Lima fez entregas na área da Saúde, com investimentos de R$ 11,3 milhões, para municípios da Calha do Madeira, neste fim de semana. 

A Unidade Hospitalar Dorvino Lagasse, da rede municipal, em Apuí, foi reinaugurada após uma revitalização, que recebeu recursos do Estado de R$ 446 mil. 

Em Manicoré, cerca de 127 equipamentos médicos foram entregues ao município, no valor de R$ 198 mil.

Melhorias

De acordo com Wilson Lima, os investimentos impactam diretamente os serviços de saúde na cidade, garantindo melhores condições de atendimento e mais segurança aos pacientes.

“A gente tem trabalhado muito para dar o suporte para as prefeituras da Calha do Madeira. Para que a gente possa avançar na questão de equipamentos, na questão do transporte de pacientes através do nosso aéreo, então todo esse suporte é importante para que a gente dê essa segurança para os moradores que estão aqui, para os pacientes que são atendidos aqui”, afirmou o governador.

Seca

A rápida redução do nível do Rio Solimões está gerando grande preocupação entre os moradores de Tabatinga. Em apenas 24 horas, o rio registrou uma descida de 29 centímetros. Nos últimos sete dias, o nível das águas caiu de 9,38 metros para 8,14 metros, uma redução total de 1,24 metros.

Essa diminuição abrupta já está afetando negativamente a vida cotidiana na região, criando desafios significativos para os residentes locais que dependem do rio para transporte e subsistência.

Processo seletivo 

Estudantes de ensino superior do Amazonas já podem acessar o edital para o Processo Seletivo de Estágio (PSS/2024) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). Publicado na edição desta sexta-feira (14) do Diário Oficial Eletrônico (DOE), o edital terá 48 vagas para início imediato, além de formação de cadastro reserva, em 13 cursos diferentes.

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas entre os dias 19 e 25 de junho, via internet, por meio do endereço eletrônico https://processoseletivo.tce.am.gov.br/ onde os estudantes deverão fazer o upload de documentos requeridos no Edital, como carteira de identidade, comprovante de matrícula, histórico escolar atualizado, entre outros.

Cursos

Os cursos com vagas disponíveis para início imediato são Direito (32); Administração (12); Engenharia Civil (1); Ciências Econômicas (1); Ciências Contábeis (1) e Análise de Sistemas e Tecnologia da Informação (1).

Já os cursos que terão formação de cadastro de reserva são Arquitetura; Arquivologia; Assistência Social; Comunicação Social; Design; Pedagogia e Fisioterapia.

Estagiários aprovados no PSS terão direito a uma bolsa mensal no valor de R$ 1.286,59, além de auxílio-transporte no valor de R$ 215,68, totalizando R$ 1.502,27.

Invasão

O site do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) foi alvo de uma invasão na noite de sábado (15). 

Ao acessar a página, o que aparecia era um post antigo feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no X (antigo Twitter). 

“Nossos fãs não param de crescer. Siga o Lula no Instagram: http://instagram.com/LulaOficial”, diz a publicação do petista de 13 de junho de 2018.

Pró-aborto 

Os ataques se dão em meio ao debate sobre o PL (projeto de lei) 1.904 de 2024, que ficou conhecido como PL “antiaborto”. 

Outros parlamentares da direita também tiveram seus sites atacados. 

PL “antiaborto”

A deputada federal Bia Kicis (PL-DF) sinaliza que o projeto que visa equiparar aborto a homicídio pode sofrer mudanças em alguns pontos, mas sem alterar os pontos essenciais do texto. 

“Pode-se aperfeiçoar o texto se perceber que pode estar pesando muito a mão para um lado”, disse a parlamentar.

Assistolia

A assistolia fetal é um método que é tão violento e causa tanta dor e tortura o bebê, que ele é proibido de ser utilizado.

Nos animais, vejam, o conselho veterinário proíbe que você mate um animal com a assistolia. E também é proibido no corredor da morte. 

Pessoas condenadas à morte, criminosos, não podem ser assassinados por assistolia.

Esse é o método defendido pela esquerda pró-aborto. 

Tortura

“Então, nós estamos tentando olhar dessa forma para que as crianças não sejam torturadas e mortas. Agora, a mãe, que é a mulher, que é violentada, que é estuprada, ela continua podendo recorrer ao aborto que é autorizado pela lei. Ninguém está indo contra isso no projeto, tá?! O que a gente mostra é que não pode esperar até 22 semanas e matar um bebê que já tem condições de sobreviver fora do ventre. Se já são 22 semanas, o processo vai ser uma cesárea, não pode ser uma sistolia, porque a sistolia é uma tortura, é um assassinato brutal.“, disse a deputada de direita. 

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaoponto.am

TikTok: @diretoaoponto.am

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário