You are currently viewing Opinião | Amazonino chega a Manaus para definir seu futuro partidário

Opinião | Amazonino chega a Manaus para definir seu futuro partidário

Opinião | Amazonino chega a Manaus para definir seu futuro partidário

Ex-governador deve bater o martelo entre PSDB e Cidadania

Cúpula tucana coloca nas mãos de Arthur Virgílio Neto definição de alianças no Amazonas

Arthur Bisneto retorna à cena política e pode ser candidato a deputado federal

Plínio Valério estica a corda e reafirma: “É zero a chance de Amazonino se filiar no PSDB”

Wilson Lima lança desafio para um dos homens mais ricos do mundo: “Venha conhecer e investir na Amazônia”

Jeff Bezos, dono da Amazon, tem uma fortuna de quase R$ 1 trilhão e nunca investiu na região

Governador lança programa Guardiões da Floresta com benefício para mais de 14 mil famílias

Ciro Gomes recebe Título de Cidadão Amazonense na Assembleia Legislativa

Presidenciável faz críticas a Bolsonaro e Lula, e diz que pode ir para o segundo turno

Dia D

O ex-governador Amazonino Mendes (sem partido) e o ex-prefeito Arthur Virgílio desembarcam neste final de semana, em Manaus, no que pode ser considerado o Dia D para acertar os últimos detalhes e definir o futuro partidário de Amazonino de olho na eleição de outubro — na qual concorrerá mais uma vez ao cargo de governador do Amazonas.

Anúncios

O político recebeu o convite dos presidentes do PSDB e Cidadania no Amazonas, Arthur Virgílio Neto e Elcy Barroso Júnior, respectivamente, para disputar o cargo majoritário.

Seu provável destino deve mesmo ficar entre esses dois partidos, mas como na política boi voa, nenhuma reviravolta pode ser descartada.

Prazo

O prazo da janela eleitoral, que permite aos candidatos a definição e mudança de partido sem risco, se encerra no próximo dia 2 de abril.

E Amazonino, até o presente momento, é o único pré-candidato ao Governo sem partido.

Com moral

Se depender de Arthur, o ex-governador se tornará tucano. Esse desejo, inclusive, tem gerado um mal-estar interno com o senador Plínio Valério, que não aceita a filiação de Amazonino na sigla.

Porém, o ex-prefeito de Manaus ganhou carta branca do diretório nacional do PSDB para comandar as articulações políticas-eleitorais da legenda no Estado.

Ele esteve em Brasília, onde se encontrou com o presidente nacional do PSDB, Rodrigo Araújo. O encontro foi registrado no Twitter oficial do partido com uma mensagem reafirmando a confiança em Arthur.

Resistência

Mesmo após a manifestação do presidente nacional do PSDB, Plínio segue resistindo e ontem (17), em entrevista ao jornalista Ronaldo Tiradentes, foi categórico ao afirmar que Amazonino não ingressará no partido.

O parlamentar afirmou que há uma articulação para que o ex-governador se filie ao Cidadania — partido que fez federação (aliança de quatro anos) com o PSDB — e que mais na frente eles podem ter problemas para definição final do candidato.

“Zero de chance”

“O Amazonino não será filiado ao PSDB. É zero a chance. Se ele for para o Cidadania eu estarei no PSDB e teremos problema porque só vamos ter um candidato na convenção. Se ele quiser correr esse risco, ele vai para o Cidadania, mas se pensar bem não se filia. Eu não mando no Cidadania, mas (as duas siglas) serão um CNPJ só”, afirmou.

De volta à pista

Esse imbróglio todo envolvendo Arthur Neto e Plínio Valério fez o ex-deputado federal, Arthur Bisneto, reaparecer no cenário político.

Ele esteve ao lado do pai na reunião em Brasília e desde então o comentário nos bastidores é que ele deve compor o time tucano no pleito de outubro, provavelmente para disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Bisneto foi deputado federal de 2015 a 2018.

Convite a Bezos

Durante a abertura da 12ª Reunião Anual da Força-Tarefa de Governadores pelo Clima e Florestas (GCF Task Force), ontem (17), o governador Wilson Lima (União Brasil) convidou o empresário Jeff Bezos — um dos homens mais ricos do mundo e dono da Amazon — para conhecer a Amazônia e reafirmou o convite por meio de vídeo publicado nas redes sociais do Governo do Amazonas.

O vídeo diz que o mundo inteiro olha para a Amazônia e só vê árvores, mas embaixo delas vivem pessoas e que sem cuidar dessas pessoas é impossível cuidar da floresta.

‘Amazônia’

“Hoje convidamos Jeff Bezos, um dos homens mais ricos do mundo e dono da Amazon – empresa que se apropriou do nosso nome – a conhecer de perto essa realidade e a investir no imenso potencial do povo amazonense”, afirma o vídeo que finaliza dizendo: “Esse é o nosso recado para o mundo: a verdadeira Amazônia está chamando!”.

Bilionário

Bezos é um dos três homens mais ricos do planeta. Atualmente sua fortuna é avaliada em US$ 186 bilhões, quase R$ 1 trilhão de reais.

Com toda essa grana, o empresário nunca investiu na Amazônia, que inspirou o nome da sua loja varejista de vendas online.

Guardiões da Floresta

Por falar em Wilson Lima, o governador lançou ontem (17) o programa Guardiões da Floresta, uma reestruturação do antigo Bolsa Floresta que, agora, passa a ser administrado pelo Estado.

Com a ampliação da remuneração para 14 mil famílias de 28 Unidades de Conservação Estaduais (UCs), a iniciativa se configura como um dos maiores sistemas de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) do mundo.

O lançamento ocorreu durante abertura da 12ª Reunião Anual da Força-Tarefa de Governadores pelo Clima e Florestas (GCF Task Force).

Aumento

Entre as principais novidades do programa está o aumento em 100% do valor da remuneração paga às famílias que vivem nas UCs. A bolsa sairá de R$ 50 para R$ 100.

“Esse programa é destinado para aquelas pessoas que moram em áreas e reservas de desenvolvimento sustentável, que trabalham com o manejo do pirarucu, com o manejo do quelônio e com o manejo florestal. São pessoas que desenvolvem de forma sustentável e respeitam o meio ambiente, que utilizam dessa riqueza para sustentar suas famílias”, afirmou Wilson Lima.

Ciro amazonense

O pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes (PDT), esteve ontem (17) em Manaus para participar de uma homenagem ao ex-senador Jefferson Peres, e também foi congratulado.

Ele, que é cearenese, recebeu o Título de Cidadão Amazonense na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Confiança no segundo turno

Durante seu discurso, Ciro, como de costume, antagonizou tanto com Jair Bolsonaro (PL) como Lula (PT) e fez críticas a ambos, sobretudo na questão econômica.

O presidenciável afirmou, ainda, que acredita na possibilidade de ir para o segundo turno com o petista, uma vez que segundo ele, Bolsonaro tem 25% da preferência e tende a cair.

Governo e Senado

No evento foi confirmado o nome de Carol Braz como pré-candidata ao governo do Amazonas e de Luiz Castro como pré-candidato ao Senado.

Carol destacou que quer se tornar a primeira mulher a governar o estado e Luiz criticou o cenário atual da política do país, reafirmando sua esperança em trabalhar pelo bem comum da população do Amazonas.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário