CPI na porta

CPI na porta

Vai se concretizando a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que vai investigar os contratos da Saúde do Governo Estadual, de 2012 até hoje.

Nesta terça, a deputada Alessandra Campêlo (MDB) assinou a proposta que é do deputado José Ricardo (PT). Agora só falta uma para o número regimental de oito assinaturas.

O que não deve ser difícil dentro de uma Assembleia dividida meio a meio, mas com tendências de voto de oposição.

Luz laranja

Na Sede do Governo, a correria já começou, afinal uma CPI em ano eleitoral, fuçando contratos de toda a Saúde, que até já levou ex-governador e ex-secretários para a cadeia, só vai atrapalhar um governo de vida curtíssima – um ano – e imprensado entre uma copa do mundo e uma eleição.

Tradição

Por falar em Saúde, parece que esse é o poço sem fundo onde bebem os administradores de todas as esferas.

Esta semana mesmo o ex-prefeito de Autazes, Raimundo Vanderlan Sampaio, foi denunciado por desvio de verbas federais da Saúde.

Vanderlan Sampaio falou que ia fazer um posto de saúde, e não fez. E o dinheiro sumiu.

A Justiça Federal já bloqueou bens e contas bancárias do ex-prefeito no valor de meio milhão de reais.

Muro da vergonha

Já não bastasse a CPI da Saúde que tá esquentando o caldeirão, o governador Amazonino Mendes ainda tem que encarar uma oposição sintonizada e coesa na Aleam onde o mote do dia foi o murro de arrimo que ele está construindo nos fundos da sua casa, no Tarumã.

Da Marinha ao Ibama, passando pela Promotoria do Meio Ambiente e Crea, os deputados já anunciaram que vão querer explicações detalhadas sobre essa obra.

Termômetro

A medida da influencia de Amazonino sobre a Aleam vai ser novamente testada nesta quarta-feira (21), dia de votação no Poder Legislativo.

Amazonino mandou 16 vetos para a Aleam no final do ano passado e 11 deles devem ser votados nesta quarta.

Na última votação, a oposição derrotou a situação por 13 a 5, derrubando um veto do governo.

Policiais Militares

O projeto polêmico da vez na Aleam é de autoria do deputado Platiny Soares (DEM), que prevê aumento da idade para ingresso na Polícia Militar, para 35 anos.

O governo argumenta que com essa idade os militares vão se aposentar com pouco tempo de trabalho, desequilibrando totalmente a previdência do estado, em futuro próximo.

Parintins sai na frente

O prefeito Bi Garcia anunciou que Parintins foi o único município do interior do Amazonas habilitado pelo Ministério da Educação a receber o curso de Medicina por meio de uma instituição privada.

“Com a certeza da vinda do curso privado, continuaremos com as articulações junto à UEA e UFAM para a instalação do curso de Medicina público em nosso município, nos fortalecendo ainda mais como o maior pólo universitário do interior do estado”, afirmou o prefeito em rede social.

Novo prefeito

O prefeito eleito de Novo Aripuanã, distante 229 km de Manaus, Jocione Souza (PSDB), será empossado na manhã desta quarta-feira (21) na Câmara de Vereadores do município.

Jocione foi eleito no dia 04 de fevereiro, em pleito suplementar, depois da cassação de Aminadab Meira Santana (PSD), Nina Santana como é mais conhecido no município.

Mina teve o registro cassado pela prática de ato doloso de improbidade administrativa, reconhecido por decisão do Tribunal de Contas do Estado.

Cara dura

O prefeito de Barcelos, José Ribamar Beleza (MDB) colocou seus cabos eleitorais nas ruas para avaliar se é possível se candidatar a deputado estadual. Nas redes sociais, foi execrado por quem comentava, lembrando que desde 2011 Beleza foi condenado pelo TCE por irregularidades na prestação de contas.

De novo

Em janeiro deste ano, José Beleza ganhou nova condenação no TCE e vai ter que devolver ao município de Barcelos R$ 360 mil gastos na realização da “1ª Festa de São Pedro”, em 2014.

Festivo

Quem também está na mira do TCE é o prefeito de Maués, Júnior Leite, que além de não atender a recomendação do Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC) de que os gestores não deveriam usar recursos públicos para a realização de festas de carnaval, também não responde aos auditores quanto gastou nem como.

Candidato

O deputado Sinésio Campos, que é presidente estadual do PT, já anunciou publicamente que o candidato do partido ao cargo de deputado federal será o vereador Sassá da Construção.

Mamada, sim!

O STF decidiu que as mães de recém-nascidos têm direito a horário para amamentar seus filhos.

Uma mãe entrou na justiça alegando que teve que desmamar a criança antes do tempo porque a empresa não permitia sua saída para amamentar e vai receber indenização de R$ 20 mil pelo direito que lhe foi cerceado.

Mamata, não!

Em outra decisão, o Supremo usou as redes sociais para investigar um cidadão que pedia justiça gratuita alegando pobreza extrema.

O STF pesquisou no Facebook a página do suposto carente e o encontrou em diversas viagens turísticas de alto valor pela Serra Gaúcha.

Claro que a justiça gratuita não foi concedida ao turista endinheirado!

Este post tem um comentário

  1. Angela

    Sempre bem informado.

Deixe um comentário