You are currently viewing Opinião | Após ataque de fúria contra ministra bolsonarista, Braga tenta limpar imagem nas redes sociais, mas não convence

Opinião | Após ataque de fúria contra ministra bolsonarista, Braga tenta limpar imagem nas redes sociais, mas não convence

Opinião | Após ataque de fúria contra ministra bolsonarista, Braga tenta limpar imagem nas redes sociais, mas não convence

Emedebista aparece mal em todas as pesquisas na capital

No interior, aliados têm ‘pulado do barco’

Wilson Lima entrega asfaltamento e duplicação da AM-070

Marcelo Ramos aciona o TSE para deixar o Partido Liberal

Em reação a jantar de Lula com Alckmin, Bolsonaro dança funk com eleitores no Guarujá

Conselheiro Érico Desterro assume presidência do TCE-AM

Em artigo, Menezes fala sobre os desafios de 2021 e afirma que em 2022, o Brasil viverá outro momento

Deu ruim

Nada é tão ruim que não possa piorar. Essa máxima pode ser perfeitamente aplicada ao senador Eduardo Braga (MDB).

Anúncios

O emedebista que vem de mal a pior nas pesquisas de intenções de votos para o Governo do Estado, ainda sente na pele a repercussão do ataque de fúria, na semana passada, contra a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda — ataque esse que não surpreendeu ninguém e obviamente ganhou os noticiários nacionais, viralizando nas redes sociais e sendo destaque nas rodas de conversas políticas e cálculos eleitorais.

É unanimidade para políticos e analistas que o Direto ao Ponto conversou que o episódio foi “a bala de prata” que enterrou de vez as pretensões políticas do senador para o governo do Amazonas ano que vem.

Pegou muito mal

A falta de trato com uma mulher não pegou bem e reacendeu a lembrança de um passado não muito distante do senador, que estava adormecido na memória da população, mas não esquecido.

Há anos, Braga tenta apagar essa imagem, sem sucesso, e entre os seus aliados, o episódio caiu como uma bomba, desanimando a equipe do Senador.

Limpando a barra

Logo após o episódio, Braga passou a usar as redes sociais para tentar limpar sua imagem.

Primeiro emitiu nota dizendo que teve uma conversa republicana com a ministra, negou que tenha sido desrespeitoso e destacou que buscava defender os interesses do Amazonas.

Dias depois, fez uma publicação romântica enaltecendo os 40 anos de casamento com sua esposa e a chamando de “mulher maravilha”.

Há algum tempo, exaltando sua versão mais amigável, o senador também fez uma postagem bebendo água de coco as margens do Rio Negro com a Ponte do Bilhão de fundo. Para quem não sabe, a bebida é conhecida por alguns benéficos, inclusive por baixar a pressão arterial e curar ressacas.

Depois dos últimos episódios de Braga, quantos cocos serão necessários?

Não emplaca

Nenhuma pesquisa de intenção de voto foi divulgada após o episódio, mas seguindo a tendência de queda que Braga vinha apresentando nas últimas pesquisas, dificilmente conseguirá se viabilizar na próxima eleição.

Ele até tem tentado. Já dançou zumba, comeu peixe na feira, tomou água de coco na Ponta Negra, trocou o articulador político do interior, mas segue em baixa.

De acordo com recente estudo feito pelo do Direito ao Ponto Pesquisas, ele tem apenas 12,6% das intenções de votos do eleitorado de Manaus, empatado tecnicamente com o Governador Wilson Lima e 21 pontos atrás de Amazonino Mendes (sem partido).

Aliados se foram

Para completar a maré de azar, os poucos aliados que Braga tem no interior estão pulando fora do barco. Um exemplo disso é o prefeito de Itacoatiara, Mário Abrahim, que na semana passada fez uma publicação nas redes sociais ao lado de Wilson Lima, assinando convênios do Governo com o município.

“Vamos juntos, pra gente crescer!”, escreveu o prefeito em suas redes sociais registrando a parceria com o governador.

Vale lembrar que Itacoatiara é o segundo maior colégio eleitoral do Amazonas, e um dos municípios mais estratégicos da eleição.

CPI da queimação

Se não bastasse tudo isso, a imagem de Eduardo Braga também ficou manchada com a CPI da Covid no Senado.

Levantamento do Direito ao Ponto apontou que 46,9% da população manauara desaprovou os trabalhos do colegiado como um todo e 52,4% não aprovaram a atuação de Braga especificamente.

AM-070 entregue

Se Eduardo Braga anda em baixa, Wilson Lima segue alavancando com obras em todo o Amazonas. Ontem (20), o governador inaugurou a duplicação e pavimentação da rodovia AM-070, que teve início em 2013, no governo de Omar Aziz (PSD).

Para se ter uma ideia da importância da obra, até 2018 — período que corresponde às gestões de quatro governadores —apenas 43,5% dos 78,14 quilômetros da rodovia foram entregues. Em menos de três anos, a atual gestão entregou mais da metade da pista (56,4%), com investimento de R$ 430 milhões.

Incentivo à economia

A duplicação e modernização da AM-070 beneficia diretamente os municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão e, indiretamente, Beruri, Caapiranga e Anamã, que juntos reúnem uma população de mais de 200 mil habitantes.

Com a nova rodovia, a expectativa é que os municípios sejam alvo de investimentos, sobretudo no turismo, além de melhorar a logística de escoamento da produção agrícola e da indústria ceramista da região.

De saída

O vice-presidente da Câmara Federal, deputado Marcelo Ramos, ingressou com uma ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ontem (20), para deixar o Partido Liberal sem prejuízo ao seu mandato.

O parlamentar amazonense já havia conseguido aval do presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, para sair. No entanto, disse que foi à justiça para que “não fique nenhuma dúvida de que minha desfiliação tem permissão constitucional e legal”.

Sem clima

Ramos ficou sem clima no PL desde que o presidente Jair Bolsonaro ingressou na sigla. O deputado amazonense, vale lembrar, é um ferrenho crítico à gestão do Governo Federal.

Em âmbito local, por exemplo, Marcelo Ramos teria que conviver com Coronel Menezes, seu desafeto desde 2019, caso decidisse permanecer no Partido Liberal.

Recentemente, foi noticiado que o senador Omar Aziz o convidou para se filiar no PSD.

Jantar em SP

Por falar em Omar, ele participou na última sexta-feira (17), do jantar entre o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que recentemente deixou o PSDB.

Quem também esteve no encontro foi o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB).

Tô nem aí

Em resposta ao encontro entre Lula e Alckmin – que segundo comenta-se pode ser o vice do petista em 2022 – Jair Bolsonaro foi flagrado dançando o funk “proibidão Bolsonaro” em uma lancha com eleitores no Guarujá, cidade litorânea de São Paulo.

O vídeo, que viralizou nas redes sociais, foi postado pelo assessor especial do presidente da República, Mosart Aragão.
Na legenda, Aragão escreveu em tom de ironia: “preocupado com o jantar da democracia entre Lula e Alckmin”.

Novo Presidente

O conselheiro Érico Desterro assume nesta terça-feira (21) a presidência do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) para o biênio 2022-2023, durante solenidade realizada no auditório do TCE-AM, às 10h.

Também serão empossados, ainda, os conselheiros Yara Lins dos Santos, como vice-presidente do TCE-AM; Ari Moutinho Júnior, como corregedor da Corte de Contas; Josué Neto, como ouvidor e o conselheiro Mario de Mello, como coordenador da Escola de Contas Públicas (ECP).

Este será o segundo mandato do conselheiro Érico Desterro a frente da presidência da Corte de Contas.

‘2022 o Brasil viverá outro momento’

Em artigo publicado no Direto ao Ponto, o ex-superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Menezes, faz um balanço geral de tudo que aconteceu durante o ano, lembranças positivas e também as negativas e afirma que em 2022 o Brasil viverá outro momento.

“O país está vacinado, o governo federal do presidente Bolsonaro comprou vacina para todos os brasileiros, os governos estaduais e municipais fizeram a sua parte, demonstraram ser possível trabalhar acima dos interesses pessoais e pensar coletivamente no bem-estar das pessoas. Talvez seja essa a maior lição que aprendemos diante de tantas dificuldades, o país teve solidariedade para vencer esse grande desafio e na vacinação ele demonstrou ser “gigante pela sua própria natureza.”, afirmou Menezes.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Rebeca a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário