You are currently viewing Opinião | Lula critica bancada federal do Amazonas: “Congresso é o pior da história”

Opinião | Lula critica bancada federal do Amazonas: “Congresso é o pior da história”

Opinião | Lula critica bancada federal do Amazonas: “Congresso é o pior da história”

Ações de Arthur Neto no Supremo contra redução do IPI ganham reforço do PROS

PSDB prepara lançamento de candidatura de Arthur ao Senado

Amazonino retorna a Manaus para definição partidária

Bolsonaro participa ao vivo do Congresso de Honra do Ministério Internacional da Restauração em Manaus

Coronel Menezes e Capitão Alberto Neto participam de adesivaço pró-Bolsonaro em Manaus

Marcelo Ramos participa de aniversário de José Dirceu, ex-preso do mensalão

Apresentações de Live encerram o Carnaval de Manaus em 2022

Advogado amazonense entra com pedido de impeachment contra ministro do STF

‘Pior da história’

O ex-presidente Lula (PT) fez duras críticas aos deputados federais e Senadores que compõem o Congresso Nacional, além do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), durante evento com apoiadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Paraná.

Anúncios

“O Congresso Nacional nunca esteve tão deformado como está agora. Nunca esteve tão antipovo, tão submisso aos interesses antinacionais. É talvez o pior Congresso que já tivemos na história do Brasil”, afirmou Lula.

Não poupou aliados

O ex-presidente, que fez uma visita relâmpago em Manaus no começo do mês, não poupou nem os aliados do Amazonas.

Deve ser por isso que teve um encontro às escondidas com o senador Omar Aziz (PSD) e os deputados federais Zé Ricardo (PT), Marcelo Ramos (PSD) e Sidney Leite (PSD), e recusou o convite dos parlamentares de comer um tambaqui em uma peixaria local.

Ação no STF

O ex-senador e ex-prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) ingressou com nova ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender o decreto presidencial que reduz o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em até 25%.

Desta vez, a medida ganhou peso com a adesão do Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

A ação foi protocolada na sexta-feira (18) e se soma a outra medida da mesma natureza. Ao todo, Virgílio é autor de quatro ações: duas no STF e duas na Justiça Federal que pedem a suspensão dos efeitos do decreto federal que prejudica a Zona Franca de Manaus e coloca em risco milhares de empregos, até que seja julgado o mérito da matéria.

Lançamento de candidatura

Falando em Arthur, nesta próxima quarta-feira (24) o PSDB promove o evento de lançamento da pré-candidato de Arthur Neto ao Senado Federal do Amazonas.

O ato ocorre na sede do partido, no Vieiralves, às 18h, e será transmitido ao vivo pelas redes sociais de Arthur.

Definição

O ex-governador Amazonino Mendes desembarcou ontem (20) em Manaus para definir seu futuro partido para disputar o governo do Amazonas nas eleições deste ano.

Com muitas dificuldades para escolher a sigla, Amazonino acerta os últimos detalhes antes do anúncio que deve ocorrer nos próximos dias. PSDB e Cidadania, partidos já federados nacionalmente, são as principais opções.

Cidadania

Nos bastidores é dado como certo o ingresso de Amazonino no Cidadania, muito por conta do imbróglio promovido pelo senador Plínio Valério (PSDB) que tenta viabilizar seu nome para disputar o Governo do Amazonas pelo PSDB.

A filiação do Wilker Barreto, que é aliado do ex-governador, no Cidadania na última quinta-feira (17) também foi entendido como uma dica para onde Amazonino deverá se filiar.

Bolsonaro ao vivo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez uma participação por videochamada, no Congresso de Honra da Nação 2022, no Ministério Internacional da Restauração (MIR) da Ponta Negra.

O evento reuniu, durante três noites, fiéis, líderes e discípulos das igrejas evangélicas do Amazonas.

Durante o evento, o pré-candidato ao Senado Federal, coronel Alfredo Menezes (PL), fez a videochamada e o presidente transmitiu sua mensagem aos participantes.

Adesivaço

Falando em Menezes, ele promoveu no último sábado (19) — junto ao deputado federal Capitão Alberto Neto e lideranças de direita no Amazonas — um adesivaço em prol do presidente Bolsonaro.

“Os Bolsonaristas do Amazonas estão entrando no clima, saindo da zona de conforto e ocupando as ruas, porque nosso lugar é apertando a mão do povo e apoiando o nosso Presidente. Selva!”, disse em suas redes sociais.

Velinhas

Um jantar com música ao vivo, dezenas de políticos e empresários celebrou o aniversário do ex-ministro José Dirceu, semana passada, em Brasília.

O petista, solto desde 2019 pelo STF, comemorou seus 76 anos rodeado de seletos amigos em uma mansão no Lago Sul, que contou com a presença do vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PSD).

Flagra

Apesar de Marcelo Ramos, assíduo nas redes sociais, não ter registrado seu encontro com José Dirceu, foi flagrado enquanto jantava no aniversário.

Vale lembrar que os 13 anos de governos do PT foram marcados por escândalos, como o Mensalão e a Operação Lava Jato. Dirceu foi preso e condenado em processos nos dois casos.

‘Tem dinheiro, dá pra fazer’

Falando em Marcelo Ramos, ele esteve presente no Sambódromo no último final de semana, pulando carnaval, onde foi homenageado pela Mocidade Independente do Coroado.

“Com amor tudo se vence, pode acreditar, Marcelo Ramos sua história vou contar, o nosso Coroado é tão lindo de se ver, Tem Dinheiro dá Pra Fazer”., dizia um trecho do Samba-Enredo, fazendo referência ao famoso slogan da campanha de 2016 para a prefeitura de Manaus, que virou meme nas redes sociais.

Já é de praxe todos os anos pelo menos um político ser homenageado pelas escolas de samba de Manaus.

Live do Carnaval

Ao todo, oito escolas de samba que integram o Grupo Especial do carnaval amazonense, encerraram na noite deste sábado (19), a Live do Carnaval 2022, realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

O evento ocorreu no formato de live, em área reduzida do Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus, na zona centro-oeste da capital.

Com a flexibilização dos protocolos de segurança contra Covid-19, três mil foliões puderam acompanhar a apresentação presencialmente, com entrada gratuita.

Impeachment

O advogado amazonense Paulo Mafioletti protocolou, no Senado Federal, um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, por crime de responsabilidade.

Segundo o jurista, Barroso tem exercido atividade político-partidária e militância ideológica contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), em suas decisões na Suprema Corte.

Justificativa

Em sua justificativa, Mafiolleti lembrou três episódios em que o ministro politizou suas opiniões e atacou frontalmente o mandatário da nação.

O advogado amazonense afirma, ainda, que Luís Roberto Barroso tem origens ideológicas “petista, esquerdista e leninista marxista” e que elas não foram deixadas de lado após ele assumir a função de ministro do STF.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário