You are currently viewing Opinião | No Brasil, o poste mija no cachorro

Opinião | No Brasil, o poste mija no cachorro

Opinião | No Brasil, o poste mija no cachorro

STJ decide que Deltan Dallagnol terá que indenizar Lula em R$ 75 mil por danos morais

Ex-procurador afirma estar indignado com a decisão da Justiça

Homem que liderou a Lava Jato diz que recebeu Pix de apoiadores para indenizar ex-presidiário

Sergio Moro critica condenação de Dallagnol: ‘Querem transformar o certo em errado’

Lula diz estar de alma lavada ao saber de indenização

PT gastou R$ 14 milhões com defesa de Lula e sua turma

Memes ironizam condenação: “Paga logo o Lula”

Impunidade

O Brasil cansa. E cansa muito! Em nosso País, manda quem pode e obedece quem tem juízo em uma cleptocracia que tomou conta da nação.

Anúncios

Os donos do poder brincam e riem de nossas caras: os otários. É terra sem lei — ou melhor — terra com abuso de autoridade para inocentes e impunidade para ladrões.

No Brasil, o poste mija no cachorro.

Indenização

Prova disso é que o ex-procurador Deltan Dallagnol terá que pagar uma indenização a Lula no valor de R$ 75 mil por danos morais, devido à forma como foi apresentada a primeira denúncia contra o ex-mandatário da nação, na Operação Lava-Jato, em 2016.

O valor total deve superar os R$ 100 mil com juros e correção monetária.

Dallagnol já afirmou que vai recorrer.

Toga

A decisão proferida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por 4 votos a 1 contra Deltan Dallagnol, é relativa a uma entrevista coletiva em 2016 para apresentar a primeira denúncia contra Lula.

A maioria dos ministros seguiu o voto do relator, Luís Felipe Salomão, que avaliou que Deltan extrapolou suas funções, provocando danos à imagem, honra e nome do petista.

“Indignado”

O quão ridículo é isso?

O ex-procurador desabafou: “INDIGNADO! Vou ter que INDENIZAR LULA por causa da LAVA JATO!”

“O que a gente vê acontecendo na Lava Jato são vários corruptos sendo livrados e sendo feitos impunes pelo STJ e pelo STF, nesse caso específico o ex-presidente Lula, que foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em três instâncias, não só por sítio ou por tríplex, mas por corrupção na Petrobras de dezenas de milhões de reais, e foi colocado impune pelo STF. E, agora quem tem que pagar somos nós, os investigadores, pessoas que trabalharam nesse caso. E a sociedade brasileira que paga pelos crimes. O que a gente está vendo é uma total inversão de valores no Brasil. É o sistema reagindo. Isso nos traz indignação e frustração”, disse Dallagnol.

Lava Jato

É possível que em algum momento tenha havido “excessos” na Lava Jato — que sempre contou com apoio midiático para atrair a opinião pública — inspirada na Operação Mãos Limpas da Itália?

Sim. Mas o cenário da época necessitava, para desafiar mafiosos tão poderosos, do apoio crucial da população nas ruas e na mídia.

Prova disso é que, mesmo com toda notoriedade, o sistema reagiu — e com força — tanto que os condenados estão soltos e os responsáveis pela operação se tornaram os alvos.

Powerpoint

O powerpoint pode ter sido um tanto espetaculoso, mas a decisão é estapafúrdia.

Ora, Lula era ou não o chefe da máfia, o líder da quadrilha, o maior beneficiado com os esquemas bilionários de desvios de recursos públicos? Quem mandava em Dirceu? Quem teve “mimos” de empreiteiras, como sítios e obras em cobertura? Quem dava “palestras” a preço de ouro, que sumiram junto com o poder?

O deputado Paulo Eduardo Martins resumiu bem o absurdo:

“Lula receber uma indenização da Lava Jato é como a Suzanne von Richthofen ganhar uma saidinha em dia dos pais”. E, no entanto, ela ganhou! Pois o Brasil é mesmo o país da impunidade — desde que seja o criminoso “certo”.

PIX

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Deltan Dallagnol afirmou que vem recebendo dinheiro via Pix de desconhecidos, em sinal de solidariedade pela condenação imposta pelo STJ.

No vídeo, ele e a família se surpreenderam com o recebimento dos valores.

“Eu imagino que pegaram meu CPF na internet e fizeram doações por conta própria, e eu quero agradecer esse gesto de solidariedade que aquece nossos corações e renova nossas forças e esperanças depois de toda a frustração diante da condenação absurda do STJ de ontem”, disse.

Segundo o ex-procurador, as arrecadações serão “aplicadas”, e “os rendimentos serão destinados a hospitais filantrópicos para tratamento de crianças com autismo e câncer”.

Mais de R$ 130 mil

Pelo Twitter, Dallagnol informou que em menos de 24 horas já havia recebido mais de R$ 130 mil em doações.

“Em menos de 24h, brasileiros depositaram espontaneamente na minha conta MAIS DE R$ 130 MIL porque estão indignados com a injustiça da condenação que sofri no STJ para indenizar Lula. Não tenho palavras para o carinho, a solidariedade e o senso de justiça desse gesto”, escreveu.

“Essa enorme demonstração de apoio me passa a seguinte mensagem: “Pode ir à linha de frente lutar contra a corrupção que nós estamos com você. Você não ficará desamparado. Essa causa é nossa. Não desista. Siga em frente contra a corrupção e a injustiça”, concluiu.

“Inversão de valores”

Em suas redes sociais o candidato a presidência da República, Sergio Moro, classificou a condenação como ‘um absurdo’ e acusou o STJ de promover uma inversão de valores.

“Agora, o procurador que se sacrificou e se dedicou para combater aquela roubalheira e colocar os criminosos na cadeia está sendo condenado a pagar danos morais. Isso é absurdo, é o País virado do avesso. Isso é querer transformar o certo em errado e o errado em certo”.

Antes de finalizar, o ex-juiz, que teve decisões na Lava Jato anuladas por ser considerado suspeito, disse ainda que “não irá permitir que o Brasil vire uma terra sem lei ou um País de corruptos”.

“Alva lavada”

O ex-presidente Lula não escondeu de aliados a satisfação de impor mais uma derrotada à Lava-Jato, desta vez, envolvendo um de seus principais algozes.

Ao saber que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que Deltan o indenizasse pelo famoso PowerPoint que colocou o petista como comandante de desvios na Petrobras, Lula disse: “Estou de alma lavada.”

Ele também afirmou nas redes sociais que “a indenização é apenas um símbolo da reparação histórica que é devida.”

Contabilidade

Vale lembrar que o ex-presidente Lula está em alta nos tribunais. Já se livrou de 25 processos, denúncias e inquéritos que foram movidos contra o petista, e agora parte para a ofensiva na justiça contra investigadores e adversários.

Gastos milionários

No total, segundo recente levantamento feito pela Folha de São Paulo, o Partido dos Trabalhadores (PT), já pagou R$ 14 milhões para a defesa de Lula e sua turma.

O escritório Teixeira Zanin Martins, que comanda a defesa de Lula nos casos da Lava Jato, recebeu pagamentos que somam R$ 1,2 milhão desde 2019.

No total, os criminalistas do PT embolsaram R$ 6 milhões para defender o pessoal do petrolão. A essa quantia devem ser somados os gastos do partido com seus advogados no STF e no STJ.

O escritório Aragão & Ferraro, que representa a sigla nas cortes superiores, recebeu quase R$ 8 milhões desde 2018. A banca foi fundada por Eugênio Aragão, nomeado para o Ministério da Justiça no fim do governo Dilma Rousseff.

O contribuinte, nesses casos, acaba pagando duas vezes: com os desvios dos quadrilheiros e com o fundo partidário.

Memes

Se tem um povo que não perde a oportunidade de fazer piada com qualquer coisa, é o brasileiro. E acredite: é qualquer coisa mesmo!

Depois da decisão, a internet não perdeu tempo e as redes sociais de esquerdistas foram tomadas por memes ironizando o ex-procurador.

O famoso escritor Paulo Coelho disse que só usa PowerPoint quem não tem power (poder) nem point (algo para apresentar).

“Paga logo o Lula, Deltran!”, publicou Paulo Coelho.

Sistema bruto

Sim, meus amigos leitores: o sistema é bruto, companheiro.

Em qualquer País sério, Lula estaria atrás das grades. No Brasil supremo, ele está não só solto, como elegível, favoritíssimo em pesquisas suspeitas e com direito à indenização.

É o país da piada pronta, uma piada de muito mau gosto.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário