Opinião | Terrorismo travestido de manifestação tem se intensificado no Brasil

Opinião | Terrorismo travestido de manifestação tem se intensificado no Brasil

Opinião | Terrorismo travestido de manifestação tem se intensificado no Brasil

No final de semana, o alvo dos “revolucionários” foi a estátua do bandeirante Borba Gato, em São Paulo

Políticos de esquerda comemoraram o ato

Falta de fiscalização e irresponsabilidade tem motivado acidentes náuticos no Tarumã

David Almeida perde irmão mais velho e acumula despedidas na família

“Terrorismo do bem”

Promover manifestações políticas e sair às ruas para protestar contra o governo vigente é um ato garantido e amparado pela Constituição Federal e, consequentemente, merece respeito.

Anúncios

No entanto, o que tem acontecido ultimamente no Brasil é a transformação de protestos em terrorismo, com a depredação de patrimônios públicos, violência a opositores e uma tentativa de demonizar a história da nação, sobretudo em protestos promovidos pela esquerda.

“Revolução Periférica”

No último sábado (24), quando diversas cidades do País registraram atos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em São Paulo, um grupo intitulado “Revolução Periférica” ateou fogo na estátua do bandeirante Borba Gato, no bairro de Santo Amaro e lamentavelmente receberam aplausos de políticos e artistas nas redes sociais.

Outros atos de vandalismo também foram registrados em bancos, concessionárias, ônibus e em pontos de ônibus.

Políticos

Após o ato de vandalismo ganhar destaque na mídia, diversos políticos foram às redes sociais para comemorar a ação terrorista.

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) postou a foto do monumento em chamas e escreveu no Twitter: “ação simbólica importante”.

Além dele, o ex-presidenciável Guilherme Boulos (Psol) e o mais novo petistas Jean Wyllys também celebraram.

A vereadora de São Paulo Luana Alves (Psol) chegou a comparar Borba Gato ao presidente Bolsonaro.

“Bolsonaro é o Borba Gato reinventado e nós vamos derruba-lo”, escreveu no Twitter.

Borba Gato

Manuel Borba Gato foi um bandeirante que desbravou o Brasil, sobretudo a região sudeste e centro-oeste, em busca de ouro e riquezas naturais juntamente com seu sogro, o bandeirante Fernão Dias Pais, que era conhecido como “caçador de esmeraldas”.

Nos últimos anos, a historiografia brasileira tem reavaliado o papel dos bandeirantes, pois um dos objetivos dessas expedições, segundo alguns historiadores, era caçar indígenas e escravizá-los.

Mas nada disso justifica a depredação do patrimônio público e nem os reiterados atos de terrorismo.

SOS Tarumã

A falta de fiscalização por parte das forças de segurança e a irresponsabilidade de condutores que pilotam embarcações sob efeito de álcool tem tornado o Tarumã um local perigoso e de constantes acidentes. Principalmente no período da noite quando a fiscalização praticamente inexiste.

Na última semana, uma colisão entre duas lanchas deixou dois feridos e duas pessoas desaparecidas na Marina do Davi.

Segundo relatos, é comum lanchas com pessoas bebendo e fazendo festa transitarem em alta velocidade, causando danos e acidentes a embarcações menores, como rabetas e até mesmo canoas.

Apelo nas redes

Após mais um acidente fatal, frequentadores, comerciantes e moradores do Tarumã promoveram um manifesto nas redes sociais no final de semana. A cantora Marcia Novo foi uma das que fez postagem com o frase “Tarumã em luto”.

“Quantos mais precisarão partir? O Tarumã é destino de lazer, conexão com a natureza e potência turística da nossa cidade. Já passou da hora de nossos gestores darem mais atenção à segurança e preservação do Tarumã”, escreveu no Instagram.

Luto

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) mais uma vez está de luto. Em menos de dois anos, ele perdeu a esposa, Lúcia Almeida, a mãe, dona Rosa Almeida, e no último sábado se despediu do irmão mais velho, Delano Almeida. Além das perdas pessoais, enfrenta grandes adversidades na gestão do município, já que ainda convive com a pandemia do coronavírus e conviveu com a maior cheia da história do Rio Negro.

David tem enfrentado desafios, tanto no âmbito pessoal quando no público, que a maioria dos gestores não enfrentaram e o Direto ao Ponto reconhece e deseja as sinceras condolências ao prefeito e seus familiares.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Rebeca a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário