Opinião | Em live, Bolsonaro critica emenda de Omar Aziz e CPI do Senado

Opinião | Em live, Bolsonaro critica emenda de Omar Aziz e CPI do Senado

Opinião | Em live, Bolsonaro critica emenda de Omar Aziz e CPI do Senado

Presidente elogia deputado Fausto Jr: “Deu um chega pra lá em Omar”

STF nega mais um pedido de Omar: “Não há plausibilidade e relação com CPI”

Menezes confirma motociata de Bolsonaro em Manaus

Arthur Neto afirma que Amazonas precisa de um representante no Senado que tenha mais respeito pelas pessoas

Wilson Lima anuncia mutirão “Vacina Amazonas” em Rio Preto da Eva

Live presidencial

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar os trabalhos da CPI da Covid em sua live semanal e mirou especialmente no presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Anúncios

Bolsonaro lembrou que ele foi o autor de uma emenda que autorizou a compra de vacinas contra Covid-19 sem licitação e sem o aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

“Ele também apresentou um projeto de lei que prevê três anos de cadeia para o médico que receitar algo fora da bula.

Três anos de cadeia para sua avó que faz ‘garrafada’ e chazinho. Aziz só retirou o projeto depois que eu divulguei”, afirmou.

Catrapo e contravapor

Bolsonaro também elogiou a coragem do deputado estadual Fausto Jr. em seu depoimento na última quarta-feira (29) na CPI da Covid no Senado.

“Omar Aziz, tu levou um catrapo, um contravapor do deputado estadual lá do Amazonas, quando ele afirmou que você deveria ser indiciado”, comentou o presidente.

Derrota no STF

Omar também teve uma derrota no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Luís Roberto Barroso negou as quebras dos sigilos bancário e fiscal da mãe e da irmã do deputado estadual amazonense, Fausto Junior (PRTB), que depôs na CPI da Covid em 29 de junho.

“Os requerimentos não especificam quais informações e dados dentro desse universo guardariam relação com o objeto da investigação e seriam, então, do interesse da CPI. Entendo, portanto, que está evidenciada a plausibilidade das alegações das impetrantes”.

Em outras palavras, proibiu o senador de usar a CPI para fins políticos pessoais.

Motociata confirmada

O presidente Bolsonaro confirmou presença em Manaus, no próximo dia 17, onda participará de mais uma motociata. A informação foi confirmada pelo ex-superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Menezes.

Encontro com David

O presidente também participará, um dia antes, de uma agenda com o prefeito de Manaus, David Almeida.

Na agenda do presidente estará o anúncio da liberação de empréstimo do Banco do Brasil à prefeitura de Manaus para o “Programa de Aceleração Econômica e Social Mais Manaus”, lançado em 17 de junho deste ano.

Bolsonaro deve comparecer também à inauguração da etapa 2 do residencial Cidadão Manauara.

‘Mais respeito’

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), alfinetou nas suas redes sociais o presidente da CPI do Covid no Senado, senador Omar Aziz (PSD), ao relembrar o período em que foi Senador da República, e disse que mesmo quando os debates eram acalorados, o respeito mútuo era sempre mantido.

“No período em que fui Senador da República, mesmo em debates acalorados e discordâncias em questões cruciais, mantínhamos o respeito mútuo entre os pares, como o do calar e refletir quando o outro expunha suas ideais”, escreveu Arthur Virgílio.

Vacinaço no interior

O governador Wilson Lima afirmou, em live nas redes sociais nesta quinta-feira (01), que o mutirão “Vacina Amazonas” a ser realizado no município de Rio Preto da Eva, deve alcançar 3 mil pessoas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

O mutirão, que acontece no sábado (03), das 8h às 17h, será o sexto promovido pelo Governo do Estado, em parceria com os Municípios. A ação em Rio Preto da Eva vai atender à população residente no município, com 25 anos de idade ou mais.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Rebeca a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário