Você está visualizando atualmente Opinião | Em Parintins, Bi Garcia quer empréstimo de R$ 100 milhões no fim do mandato

Opinião | Em Parintins, Bi Garcia quer empréstimo de R$ 100 milhões no fim do mandato

Opinião | Em Parintins, Bi Garcia quer empréstimo de R$ 100 milhões no fim do mandato

Se aprovado, dívida só começará a ser paga pela próxima gestão

Motivação seria o baixo desempenho de seu sucessor, Mateus Assayag, que não decola

Alberto Neto sonda Maria do Carmo para sua vice e leva um não

Alfredo Nascimento fica de fora da negociação, fica sabendo pela imprensa, e sua relação com Alberto Neto começa a azedar

Justiça Determina que Amom Pare Ataques a David Almeida

Desembargador Jomar Fernandes é favorito à Presidência do TJ-AM

Camarotes esgotados para a Festa da Vitória do Caprichoso

Na Tora

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, que possui maioria na Câmara Municipal, tentou aprovar, como diz no amazonês, “na tora”, um novo empréstimo de R$ 100 milhões no finalzinho do seu mandato.

Empréstimo

Com apenas seis meses restantes de sua gestão e pouco mais de três meses para a eleição do novo prefeito, Bi Garcia argumenta que esses recursos são essenciais para projetos que impactarão positivamente a cidade.

Estranho

É no mínimo estranho que um prefeito, após sete anos e meio de mandato, queira um empréstimo tão alto no apagar das luzes de sua gestão.

Próxima Gestão

Se aprovado pela Câmara Municipal, a conta do novo empréstimo de R$ 100 milhões será de responsabilidade da próxima gestão.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) e as autoridades precisam ficar atentos para evitar irregularidades e prejuízos à população de Parintins.

Disputa Eleitoral

Com o encerramento do Festival de Parintins, os holofotes agora se voltam para a iminente disputa eleitoral.

De um lado, Mateus Assayag, apoiado pelo atual prefeito e pelos senadores Omar Aziz e Eduardo Braga; do outro, a vereadora Brena Dianná, candidata do governador Wilson Lima.

Tranco

Fontes da Ilha Tupinambarana dizem que o novo empréstimo de R$ 100 milhões visa turbinar a campanha de Mateus Assayag, que não consegue emplacar nas pesquisas de intenção de voto.

Apesar do apoio de figuras políticas influentes, Mateus Assayag ainda não se firmou como uma alternativa viável.

Pé do Ouvido

Em Manaus, Capitão Alberto Neto (PL) e Maria do Carmo Seffair (Novo) tomaram café da manhã juntos.

Em queda nas intenções de voto e sem o apoio do governador Wilson Lima, Alberto Neto busca uma composição com a empresária, principalmente para reforço financeiro em sua campanha.

Será que vem?

Negou

Maria do Carmo Seffair negou a intenção de ser vice, mas confirmou que houve conversa entre os dois.

A 18 dias do início das convenções partidárias, a aproximação abre as articulações para composições entre os pré-candidatos.

Novas alianças devem surgir até o dia 6 de agosto, prazo final para registro de candidaturas.

Ainda vamos ter muito boi voando até lá.

Invocado

Quem não gostou do encontro entre Alberto e Maria foi Alfredo Nascimento, presidente estadual do PL no Amazonas.

Ele não só não foi convidado para o café, como só ficou sabendo da articulação pelas redes sociais.

Alfredo foi excluído por Alberto Neto da movimentação com o Novo, apesar de ser o líder do PL no estado.

Distanciamento

O distanciamento e as diferenças na estratégia política estão afastando cada vez mais Alberto Neto e Alfredo Nascimento.

O acordo entre eles era de que Alberto Neto só seria candidato a prefeito se decolasse nas intenções de voto e conquistasse o apoio do governador Wilson Lima.

Parece que não deu certo, e a relação entre os dois começa a azedar.

Determinação

Em decisão judicial, o juiz Roberto Santos Taketomi, da 32ª Zona Eleitoral de Manaus, determinou que o pré-candidato Amom Mandel interrompa os ataques impulsionados contra o prefeito David Almeida, sob pena de multa de R$ 10 mil.

A decisão foi motivada por postagens de Amom nas redes sociais, consideradas propaganda eleitoral antecipada negativa.

Críticas como “Quem será que tá com preguiça?” insinuam negligência na gestão de Almeida.

O juiz destacou que tais impulsionamentos são ilegais, conforme a jurisprudência do TSE.

Favorito do TJ-AM

A um mês da eleição que definirá a nova cúpula do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), o desembargador Jomar Fernandes é apontado como favorito para assumir a presidência. Atualmente, Fernandes ocupa o cargo de corregedor-geral de Justiça.

Sua chapa inclui Airton Gentil como vice e Hamilton Saraiva como corregedor-geral.

Triunfo Caprichoso

Todos os camarotes destinados à festa da vitória do Boi Caprichoso, tricampeão do Festival de Parintins 2024, estão esgotados.

A intensa demanda reflete o entusiasmo dos admiradores pela celebração histórica do boi.

O evento acontece neste sábado, 6, no Sambódromo, e promete ficar na história e na memória do povo azul e branco.

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaoponto.am

TikTok: @diretoaoponto.am

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário