Você está visualizando atualmente Opinião | Amom diz que não será candidato à Prefeitura de Manaus e muda cenário político das eleições

Opinião | Amom diz que não será candidato à Prefeitura de Manaus e muda cenário político das eleições

Opinião | Amom diz que não será candidato à Prefeitura de Manaus e muda cenário político das eleições

Decisão é definitiva e irrevogável segundo fontes do Direto ao Ponto

Roberto Cidade ou Capitão Alberto Neto, quem herdará o voto ‘AntiDavid’ de Amom?

Cidade faz aceno para Amom: “Tem e sempre terá meu respeito e admiração”

Senador Plínio Valério diz que se Amom não for candidato, PSDB lançará candidato

Agora é oficial: Uma pausa para a coluna e Feliz 2024

Definitivo

O deputado federal Amom Mandel (Cidadania), atualmente em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, surpreendeu ao anunciar que não concorrerá à Prefeitura de Manaus nas eleições de 2024, mudando todo o cenário político eleitoral.

Fontes próximas do parlamentar, apuradas pelo Direto ao Ponto, afirmam que a decisão é definitiva e irrevogável. E foi tomada após uma profunda reflexão, extensas conversas com sua família e uma análise pragmática do contexto político e pessoal do momento.

Time

Muita gente se perguntou por que o anúncio foi feito sete meses antes do início das convenções partidárias. 

Do ponto de vista pessoal, Amom ganha pouco com a decisão tomada neste momento. Poderia valorizar seu posicionamento postergando a decisão, mas isso não ocorreu, demonstrando sua determinação em impedir a reeleição de David. 

Do ponto de vista político e estratégico, ele oferece a oportunidade para que outro candidato cresça e absorva seu eleitorado. Isso permite uma transição mais suave e até mesmo a oportunidade para Amom explicar melhor sua decisão, algo que não seria possível tão próximo das eleições para a prefeitura de Manaus. 

Só David se beneficiaria com essa estratégia. Por isso, o anúncio foi feito com bastante antecedência.

Histórico 

Politicamente, Amom Mandel continuará seu mandato na Câmara Federal e planeja concorrer à reeleição em 2026. 

Ele alcançou um feito histórico ao ser eleito o deputado federal mais votado da história do Amazonas em 2022, com a preferência de 288 mil eleitores. Antes de assumir o cargo na Câmara Federal, foi vereador em 2020, obtendo 7,5 mil votos. 

Vale ressaltar que, devido à sua idade, 22 anos, ele não pode ser candidato a governador nem a senador até 2030.

Transferência de voto

Embora ainda não tenha revelado seu apoio a algum candidato, Amom, conhecido por sua oposição política ao prefeito David Almeida (Avante), divulgou um vídeo em suas redes sociais, afirmando que participar ativamente do pleito e irá apoiar um nome para a prefeitura de Manaus. 

Ainda é difícil mensurar a capacidade de transferência de votos de Amom, mas seu apoio deve será importante no processo eleitoral.

Anti-David

Até porque, sua decisão de não ingressar na disputa deixa uma parcela significativa de eleitores da capital “órfã”. 

Com seu histórico crítico em relação ao prefeito David Almeida, a questão imediata é: quem herdará esses votos anti-David?

Cidade ou Alberto

Dois nomes que se destacam no grupo do governador Wilson Lima como potenciais adversários de David Almeida são o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Roberto Cidade (União Brasil), e o deputado federal Capitão Alberto Neto (PL).

Quem irá absorver os votos de Amom, só o tempo vai dizer. E novas pesquisas eleitorais devem começar a ser publicadas já em janeiro para acompanhar esse movimento.

Aceno

Quem saiu na frente na articulação pelo apoio de Amom foi Roberto Cidade. 

“A decisão do Amom de concluir o mandato e ajudar nosso Amazonas em Brasília, como nosso Deputado Federal mais votado. É uma atitude madura que revela coragem e sabedoria de um jovem que entende o tempo da política. É mais um sinal inspirador para nossa população, mostrando que a política deve ser o caminho efetivo para resolver os problemas do nosso AM, das cidades, e das pessoas. O Deputado Amon tem e sempre terá meu respeito e admiração”, disse Cidade nas redes sociais.

Faltou combinar com o PSDB

Com exclusividade ao Direto ao Ponto, o senador Plínio Valério, presidente do PSDB no Amazonas, disse que aguarda um posicionamento oficial de Amom à federação PSDB/Cidadania sobre a sua decisão de não ser candidato à prefeitura de Manaus.

Plínio afirmou que, caso Amom não seja candidato, o PSDB não abrirá mão de lançar um candidato majoritário. E que não será o seu nome, e sim outro quadro do partido.

Ou seja, ainda falta combinar com Plínio.

Virada movimentada

Neste turbilhão político a um dia da virada do ano, as reviravoltas e surpresas marcaram o cenário eleitoral para a prefeitura de Manaus em 2024, com os olhos já voltados para as eleições de 2026.

Com as peças desse tabuleiro político em constante movimento, temos apenas uma certeza: esse jogo que mal começou.

Pausa de fim de ano

Agora é oficial. A menos que ocorram eventos políticos surpreendentes até amanhã (31), o Direto ao Ponto informa aos leitores que a coluna de opinião entrará em pausa a partir deste domingo (31).

As análises políticas e os temas relevantes do Brasil e do Amazonas, geralmente abordados na coluna, retomarão sua publicação em 1º de fevereiro de 2024.

Continue acompanhando as principais notícias e os bastidores dos três poderes em nosso site, www.diretoaopontonews.com.br.

Até breve!

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário