Operação Concreto Armado 

Operação Concreto Armado 

A ex-secretária de Infraestrutura de Amazonas Waldívia Alencar foi presa na quarta-feira (19).

Ela é alvo da Operação Concreto Armado, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual do Amazonas.

A investigação, que mira fraudes em contratos da pasta, apurou que ela ficou milionária no cargo.

Influente, Waldívia passou pelos três últimos governos no Amazonas.

Segundo o Ministério Público Estadual, ela e seus familiares acumularam 23 imóveis espalhados em vários estados avaliados em mais de R$ 11 milhões.

O número de imóveis, no entanto, pode chegar a 40, segundo planilhas encontradas com Waldívia.

Bolsa de apostas

A prisão da ex-secretaria Waldívia Alencar mexeu com a bolsa de apostas do mundo político de Manaus.

Governo atual e governos passados estão monitorando a situação, certos de que possíveis desdobramentos terão influência direta nas eleições de outubro.

Por isso, toda atenção é pouca.

Marolinha

Para o vereador Marcelo Serafim (PSB) a operação “Maus Caminhos” foi uma marolinha se comparada aos impactos que a operação “Concreto Armado” pode fazer na política do Amazonas.

“Quem for podre que se quebre”, afirmou o vereador.

Força de Omar

A chamada “bancada independente do PSD” na Assembleia Legislativa, que reúne os deputados Josué Neto, Sidney Leite, Ricardo Nicolau e Mário Bastos, na realidade é um grupo muito próximo ao senador Omar Aziz, de quem seguem orientações.

Mostra que Omar trabalha ao seu melhor estilo, na construção de alianças de olho na sucessão estadual.

Amazonino fecha consultoria milionária

O Governo do Amazonas firmou protocolo de intenções com a empresa Giuliani Security & Safety, do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani para ter consultoria na área de segurança pública.

O Amazonas é o primeiro estado a ter consultoria do homem que implantou o programa Tolerância Zero, que reduziu a criminalidade na cidade norte-americana em aproximadamente 60%.

Amazonino e Giuliani assinaram o protocolo em Nova York, na sede da empresa que realiza projetos de segurança em vários países, como Colômbia, Guatemala, Canadá, El Salvador e Honduras.

Presidenciável em Manaus

A pré-candidata à presidência da República, Manuela D`Ávila (PCdoB-RS), participa de agenda com a Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) em Manaus nesta sexta-feira (20).

Entre as atividades de Manu, estão: Café da manhã na Moto Honda, participação no seminário “Desafio para uma Amazônia Sustentável” na Ufam, ato político na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas e visita ao encontro das águas.

“Amigos da Advocacia” lançam candidatura a vaga
de desembargador

Os advogados Charles Garcia, Jorge Pinho, Paula Valério, Francisco Adonias, Carlos Alberto e Sílvio Batista lançam suas candidaturas ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), pelo quinto constitucional, nesta quinta-feira (19), às 10h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Barbosa se reúne amanhã com líderes do PSB

Joaquim Barbosa vai se reunir às 15h de amanhã, em Brasília, com dirigentes, líderes e os três governadores do PSB –sua primeira reunião do tipo desde que se filiou à legenda, relata O Globo.

O presidente do partido, Carlos Siqueira, disse que essa será a primeira conversa sobre um possível programa de governo e que só depois dela será possível bater o martelo sobre a candidatura do ex-presidente do STF ao Planalto.

Como O Antagonista já publicou, dois dos governadores do PSB –Paulo Câmara e Ricardo Coutinho – não parecem muito dispostos a pular do barco de Lula. O terceiro é Rodrigo Rollemberg, que também deve participar do encontro.

Aécio não deveria disputar eleição, diz Alckmin

Geraldo Alckmin disse hoje que Aécio Neves, réu no STF por corrupção e obstrução de Justiça, não deveria disputar a eleição deste ano.

O ex-governador paulista deu a declaração para a rádio Bandeirantes –“é claro que o ideal é que ele não seja candidato, é evidente”– e a confirmou na saída de um evento promovido pelo Santander hoje.

Após a palestra no banco, Alckmin disse que o senador mineiro vai se dedicar à sua defesa. “Evidente que ele deve estar refletindo sobre esse fato novo.”

“Ignorância, preconceito e xenofobia”, diz Gleisi

Gleisi Hoffmann ocupou a tribuna do Senado para acusar quem criticou seu vídeo gravado para a Al Jazeera de “ignorância, preconceito e xenofobia”.

“Aos árabes, a minha solidariedade.”

Demóstenes diz que não é mais amigo de Cachoeira

Liberado pela Segunda Turma do STF para disputar a eleição deste ano –ele estava inelegível até 2027–, Demóstenes Torres diz não ser mais amigo do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

“É uma coisa do passado. Ficou provado que não tinha qualquer relação com ele a não ser de amizade. Não mantemos mais nenhum contato. Pelo que ocorreu, eu resolvi me afastar, até para não manter a suspeição”, declarou o ex-senador ao G1.

Demóstenes foi cassado em 2012, acusado de usar o mandato para favorecer o bicheiro. Hoje no PTB, ele pretende concorrer a uma vaga de senador por Goiás.

 

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário