Opinião | Omar Aziz, Eduardo Braga e Silas Câmara são os mais gastões do Congresso Nacional

Opinião | Omar Aziz, Eduardo Braga e Silas Câmara são os mais gastões do Congresso Nacional

Opinião | Omar Aziz, Eduardo Braga e Silas Câmara são os mais gastões do Congresso Nacional

Presidente da CPI da Covid aumenta gastos em 68% durante Comissão

Átila Lins é o mais faltoso da bancada do Amazonas

Delegado Pablo é o que menos gasta da Câmara dos Deputados

Capitão Alberto Neto lidera ranking dos políticos, Omar é o lanterna

Parlamentares custam mais de 500 vezes a renda média dos brasileiros

Anúncios

Gasto milionário

Hoje (3) o Congresso Nacional retoma as atividades após o recesso parlamentar. No primeiro semestre foram desembolsados, de janeiro a julho deste ano, R$ 2.115.225,27 para bancar os gastos da bancada federal do Amazonas com combustível, correspondência, gráfica, mídia, passagens, telefone e verbas indenizatórias na chamada Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP), popularmente conhecida de Cotão.

O levantamento foi feito pelo Direto ao Ponto e se baseia no Portal da Transparência do Senado Federal e da Câmara dos Deputados.

Além desses gastos, cada senador e deputado federal tem um salário mensal de R$ 33.763,00, e benefícios como cota parlamentar, auxílio moradia ou apartamento funcional e plano de saúde.

Os gastos com a classe política chegam a 528 vezes a renda média de um brasileiro.

Omar é o líder

Entre os senadores, Omar Aziz (PSD) é o mais gastão. Sua atuação parlamentar custou R$ 227.424,54 nos sete primeiros meses. Desse montante, R$ 150 mil foram gastos com mídia, sobretudo a partir de abril, quando tiveram início os trabalhos da CPI da Covid, da qual é presidente.

Entre abril e junho, Omar gastou R$ 40 mil com publicidade e em julho R$ 30 mil. Entre as empresas que ajudaram o senador a ganhar visibilidade na mídia nacional e nas redes sociais está a Caravelas Consultoria e Comunicação LTDA, do ex-marido da jornalista da Globo Vera Magalhães, que assim como o presidente da CPI, adora criticar Jair Bolsonaro.

Mais gastos

Eduardo Braga (MDB) gastou R$ 208.883,01, sendo R$ R$ 175 mil com contratação de serviços de apoio ao parlamentar e Plínio Valério (PSDB) foi o mais econômico, já que utilizou somente R$ 130.712,58

Aumento significativo

Por falar em CPI da Covid, os integrantes da Comissão aumentaram em 68% seus gastos durante os três meses de trabalho do colegiado e Omar Aziz foi o líder entre os 11 titulares. Na segunda posição aparece o recém-nomeado ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI).

Silas e Marcelo no topo dos gastos

Na Câmara, o deputado federal Silas Câmara (Republicanos) e o vice-presidente da Casa, Marcelo Ramos (PL), foram os mais “mão aberta” nesses sete primeiros meses de 2021.

Silas gastou R$ 284.467,82 liderando o ranking. Pesa contra ele, também, o fato de ter sido o segundo mais faltoso do Amazonas, com 27 ausências não justificadas. Ramos gastou R$ 254.253,48; seguido de Capitão Alberto Neto (Republicanos) com R$ 225.918,57 gastos. Na sequência vem José Ricardo (PT) com R$ 215.204,87; Sidney Leite (PSD) que desembolsou R$ 201.555,61; Átila Lins (PP) R$ 140.805,20; Bosco Saraiva (SDD) R$ 140.451,41.

Mais econômico

Delegado Pablo (PSL), foi o mais econômico da bancada federal do Amazonas, com R$ 85.548,18 gastos no exercício do seu mandato parlamentar.

Mais faltoso

O deputado Átila Lins (PP) foi o mais faltoso. Foram 53 ausências não justificadas nas reuniões das Comissões de Educação e Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

Ranking dos Políticos

O deputado Capitão Alberto Neto está em primeiro lugar no Amazonas no Ranking Político, uma plataforma online que avalia todos os parlamentares do Congresso Nacional. O parlamentar, é o mais bem avaliado em 2021 no Estado com 8,05 pontos.

Em último colocado está o senador Omar Aziz (PSD), com 4,62 pontos.

Os principais critérios levados em consideração são: Votações, presenças, economia de verbas e ser ficha limpa.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Rebeca a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário