You are currently viewing Opinião | David indica Tadeu de Souza para ser vice de Wilson

Opinião | David indica Tadeu de Souza para ser vice de Wilson

Opinião | David indica Tadeu de Souza para ser vice de Wilson

Anúncio foi feito pelo governador nas redes sociais

‘Quero representar o sucesso da gestão David junto ao Governo do Estado’, disse

Aprovação do prefeito na capital é trunfo de Wilson para crescer

Sabá Reis deve ser candidato a deputado estadual

Destinos de Shádia Fraxe e Marcos Rotta será desvendado na convenção de quinta-feira

Formação de chapas para Governo foi sem novidades

Capitão Alberto Neto é classificado como parlamentar 5 estrelas em pesquisa

TCE-AM entrega à Justiça Eleitoral lista com nomes de gestores que tiveram contas reprovadas nos últimos 8 anos

Definido

Após meses de expectativas e muita especulação, enfim o vice na chapa de reeleição do governador Wilson Lima (União Brasil) foi anunciado na noite de ontem (2).

Anúncios

O escolhido pelo prefeito de Manaus, David Almeida – a quem foi dada a incumbência da escolha – foi o procurador e ex-secretário da Casa Civil da Prefeitura, Tadeu de Souza (Avante).

Ele venceu a “disputa interna” contra os também ex-secretários municipais Shádia Fraxe e Sabá Reis, ambos do Avante, e o vice-prefeito Marcos Rotta (PP).

A lógica

Apesar de muito holofote em cima dessa escolha de David, o fato é que desde o início, nos bastidores, Tadeu de Souza sempre figurou como favorito.

Quem também apareceu com força foi Sabá Reis, mas o que pesou foi a confiança, já que Tadeu é amigo de infância do prefeito e um outsider da política.

Tadeu é a famosa “margem de segurança” de David.

Vídeo

O prefeito entregou sua escolha ao governador em almoço ontem (2), e o anúncio foi feito em vídeo publicado nas redes sociais às 19h.

No entanto, a gravação foi feita durante o dia, o que dá a entender que foi produzido logo após o tal almoço.

Parceria

Tadeu, que é conhecido por falar pouco e ser bastante efetivo, enalteceu a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura e ressaltou que sua escolha representa essa união de “sucesso”.

“Agradeço muito a sua (Wilson Lima) confiança, a (confiança) do prefeito David Almeida. Quero representar essa união. Quero representar o sucesso da gestão David Almeida junto ao governo do Estado. Quando os políticos se unem, quem ganha é o povo amazonense”, disse Tadeu.

Cabo eleitoral

O fato é que Tadeu será a figura de David na chapa e o prefeito é a grande arma eleitoral do governador neste pleito.

E não lhe faltam credenciais, afinal, é detentor de elevada aprovação à frente da Prefeitura de Manaus, na casa dos 80% — força política que poderá torná-lo o grande fiel da balança em favor do mandatário estadual — sobretudo levando em consideração que Wilson está bem no interior, vem crescendo nas pesquisas, mas seu grande desafio ainda segue sendo em Manaus.

De volta para casa

Com a definição de Tadeu, muito provavelmente Sabá Reis será candidato a deputado estadual, cargo que ocupou até 2018, quando na ocasião não foi reeleito.

Vale lembrar que o filho dele, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), David Reis (Avante), recentemente decidiu ser candidato a deputado federal, abrindo, desta forma, espaço para o pai.

David Reis, vale recordar, desde o ano passado era tido como candidato a estadual. No entanto, como o pai foi preterido ao cargo de vice, os planos precisaram mudar.

Destino

A verdade é que os destinos de Sabá, Shádia e Rotta serão definidos até quinta-feira (4), que é quando acontece a convenção do Avante, que inclusive será junto com a do União Brasil.

Shádia ainda pode compor a chapa de federal do Avante, que desde a desistência da filha de David Almeida, Fernanda Aryel, está desfalcada de um nome feminino.

Dúvida

A grande dúvida agora é para onde irá Marcos Rotta.

O partido do qual é presidente não formou time para disputar uma vaga na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, ele não foi indicado para vice e dificilmente tentará uma vaga no Senado de forma isolada.

Ele, é bom lembrar, é vice-prefeito pelo segundo mandato consecutivo e se não for candidato neste ano, lhe restará em 2024 somente uma disputa para a CMM.

Pragmatismo

Com a formação da chapa de Wilson, já é possível afirmar que as uniões para este pleito foram pragmáticas e sem surpresas.

Amazonino Mendes (Cidadania) confirmou Humberto Michiles (PSDB) como companheiro; Henrique Oliveira (Podemos) foi de chapa puro sangue com a ex-deputada Vera Lúcia Castelo Branco, bem como Carol Braz (PDT) que escolheu o militante pedetista Cláudio Machado (o Machadão) e agora Wilson com Tadeu.

Candidata pelo Agir (antigo PTC), a empresária Nair Blair terá a odontóloga Rita Nobre como parceira de chapa.

Expectativa

A expectativa fica por conta dos vices de Eduardo Braga (MDB) – que muito provavelmente será o ex-senador João Pedro (PT) – e Ricardo Nicolau (SDD).

Já o Solidariedade fechou aliança com o PMN e este deve indicar o vice.

O Psol, de Marcelo Amil, segue numa disputa interna para definir o candidato e o vice.

“Cinco estrelas”

O deputado federal, Capitão Alberto Neto (PL), foi o único parlamentar da bancada federal do Amazonas a ser classificado com 5 estrelas pelo site Legisla Brasil.

A avaliação feita calcula a qualidade do trabalho dos deputados a partir de 17 indicadores distribuídos nos eixos de produção legislativa, atos de fiscalização e controle, iniciativas de mobilização e alinhamento partidário.

“É uma honra ser avaliado com 5 estrelas e isso só me mostra que estamos no caminho certo. Esse prêmio não é só meu, é de todos os amazonenses. Foi o que eu escolhi, é missão que o povo me deu, e eu estou aqui cumprindo”, disse o parlamentar.

Contas reprovadas

Para auxiliar a Justiça Eleitoral na análise de registro de candidaturas às eleições deste ano, o presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Érico Desterro, entregou ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Jorge Lins, na tarde desta terça-feira (2), a lista com nomes de gestores que tiveram as contas reprovadas pela Corte de Contas amazonense nos últimos oito anos.

Na listagem há 356 reprovações de contas e os nomes de alguns gestores se repetem mais de uma vez.

Estão na lista nomes como o dos ex-prefeitos de Manacapuru e Itacoatiara, Angelus Figueira e Antônio Peixoto e das ex-secretárias estaduais de Infraestrutura e dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Waldívia Alencar e Viviane Lago Lima, respectivamente.

Ficha Suja

A lista é utilizada com base na Lei da Ficha Limpa, que leva em consideração o julgamento do TCE para avaliar a elegibilidade dos candidatos. Todos os nomes contidos na listagem são de gestores que tiveram processos transitados e julgado, que não cabe mais recurso com efeito suspensivo.

Os documentos emitidos pelo Tribunal de Contas poderão servir tanto para impugnação de candidaturas, como também na posterior cassação do mandato, além de contribuir para a sociedade na escolha de candidatos que tiveram responsabilidade com o patrimônio público.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário