You are currently viewing Opinião | Wilson anuncia redução do ICMS dos combustíveis e gasolina cai 0,70 centavos

Opinião | Wilson anuncia redução do ICMS dos combustíveis e gasolina cai 0,70 centavos

Opinião | Wilson anuncia redução do ICMS dos combustíveis e gasolina cai 0,70 centavos

Alíquota dos combustíveis, das comunicações, do gás natural e da energia elétrica reduz para 18%

Governador paga R$ 603 milhões em convênios para prefeituras e instituições

Desembargador Flávio Pascarelli assume comando do TJAM

Em evento prestigiado, postulantes ao governo do Amazonas marcaram presença

Rozenha é eleito presidente da Federação Amazonense de Futebol

FAF tem novo gestor após 30 anos de mandato de Dissica

Justiça reconhece que Elisabeth Valeiko não teve envolvimento na morte de engenheiro

Ex-primeira-dama tem bens restituídos

Reunião do PSOL Amazonas acaba em briga generalizada

Em artigo, Arthur Neto fala sobre o legado do Plano Real para o Brasil

Anúncios

Alívio no bolso

O Governo do Amazonas reduziu a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis no Estado.

A nova tributação teve início no último dia 1º de julho e os efeitos já estão sendo sentidos no bolso do consumidor.

O ICMS sobre a gasolina, por exemplo, antes era de 25% e agora está em 18%. Essa diminuição resulta numa redução de cerca de R$ 0,70 centavos no litro da gasolina no Amazonas.

Outros itens

A redução do tributo não é só na gasolina. O etanol e o gás natural que também tinham tributação de 25% reduziram para 18%.

O óleo diesel e o GLP que já tinham alíquota de 18% permaneceram com a mesma tributação, mas há a expectativa de redução no valor levando em consideração as demais reduções.

Compreensão

Ao comentar sobre o assunto, o governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), afirmou que o Estado fez sua parte e espera que os empresários repassem a redução do imposto para os consumidores.

“Estamos publicando o decreto que reduz o ICMS do gás, gasolina e comunicação. A gente espera que os empresários repassem para o consumir final essa redução. É importante que as pessoas façam esse trabalho de fiscalização para que possamos ter o resultado final na bomba”, declarou.

Convênios

Por falar em Governo do Estado, a gestão de Wilson Lima repassou neste ano um total de R$ 603.606.040,86 em convênios para Prefeituras e Instituições.

Essa informação consta no Portal da Transparência.

Nova direção

O desembargador Flávio Pascarelli foi empossado ontem (4) como presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) para um mandato temporário que durará somente até o dia 2 de janeiro do ano que vem.

Além dele, a desembargadora Maria das Graças Figueiredo e o desembargador Anselmo Ernesto Chíxaro assumiram como vice-presidente e corregedor-geral de Justiça, respectivamente.

Evento concorrido

Na solenidade, realizada no Teatro Amazonas, diversas autoridades marcaram presença, entre elas Wilson Lima e o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante).

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (União Brasil), o senador Omar Aziz (PSD) e os ex-governadores Amazonino Mendes (Cidadania) e José Melo (Pros) também prestigiaram o evento.

Após 30 anos

Desde 1989 sob comando de Dissica Valério, a Federação Amazonense de Futebol (FAF) tem um novo presidente.

É o empresário Ednailson Rozenha, ex-vereador de Manaus, e pré-candidato a deputado estadual pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Rozenha é ligado ao esporte, presidiu o Fast Clube e sempre foi um ferrenho opositor de Dissica.

Bens restituídos

O Ministério Público do Estado do Amazonas recomendou à Justiça que restitua à ex-primeira dama Elizabeth Valeiko Ribeiro o seu celular e as quantias de R$ 6.640,00 e 100 dólares que estavam retidos durante a apuração das investigações envolvendo a morte do engenheiro Flavio Rodrigues dos Santos, 41, ocorrida em agosto de 2019.

No parecer do Promotor de Justiça, Marcelo de Salles Martins, ele reconhece que não há envolvimento da ex-primeira dama de Manaus que, “sequer configura como ré, nos autos do processo que apura a morte de Flávio”.

O caso

O engenheiro foi morto em uma casa do condomínio Passaredo, no bairro Tarumã, em circunstâncias que apontaram para o possível envolvimento de Alessandro Valeiko, filho de Elisabeth, que era o locatário do imóvel.

Ele chegou a ser preso, mas foi solto depois que Mayc Vinicius Teixeira Parede confessou ter sido o autor do crime.

Confusão

Um partido nanico, que nunca elegeu ninguém no Amazonas e que não consegue falar a mesma língua: esse é o Psol.

Prova dessa dificuldade de interação entre os membros foi dada no último sábado (2), quando a sigla se reuniu em assembleia para definir os rumos das eleições deste ano.

Sem conseguir convergir na direção de um nome para candidatura ao Governo — que convenhamos não tem a menor chance de alcançar sequer 3% das intenções de votos — os militantes protagonizaram cenas lamentáveis de empurrões, socos e até cadeiradas.

Viralizou

As imagens da confusão generalizada viralizou nas redes sociais nos últimos dias e mostra, por exemplo, o soco que um dos psolistas toma de um correligionário e o ex-candidato a prefeito, Marcelo Amil, no meio da entrevero tentando acalmar os ânimos.

Motivo

Segundo informações de pessoas que estavam no local, tudo começou quando o grupo de apoio da pré-candidata às prévias para o Governo, Natália Demes, descobriu que ela nem filiada ao Psol no Amazonas é.

Há relatos, também, de que a briga teve início após um dos apoiadores de Amil, que também disputa as prévias de governador, desligou o microfone de uma militante que se manifestava.

Plano Real

Em artigo, o ex-senador e ex-prefeito Arthur Neto (PSDB), fala sobre o o legado do Plano Real para o Brasil, que foi, sem dúvida, o evento econômico mais relevante dos últimos 100 anos no Brasil.

“Esse conjunto de medidas possibilitou o ajuste fiscal, o controle da inflação e uma melhor distribuição de renda para a população mais pobre. Tenho muito orgulho de ter sido duas vezes líder no Congresso Nacional e também ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso.”, afirmou Arthur.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 98566-4150

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário