Você está visualizando atualmente Opinião | Em Brasília, David Almeida consegue R$ 160 milhões para Manaus junto a senadores e deputados

Opinião | Em Brasília, David Almeida consegue R$ 160 milhões para Manaus junto a senadores e deputados

Opinião | Em Brasília, David Almeida consegue R$ 160 milhões para Manaus junto a senadores e deputados

Pela segunda vez em duas semanas, David cumpre agenda na capital federal em busca de recursos

COP 28: Wilson Lima se reúne com representantes da Amazon e discute parcerias para proteção da biodiversidade no Amazonas

Governo realiza cerimônia de abertura da 45ª Expoagro

Primeira sessão do TCE-AM sob presidência da conselheira Yara Lins dos Santos analisa 58 processos

Fabrício Frota Marques foi reconduzido como juiz eleitoral do TRE-AM

CPI das ONGs chega ao fim com pedido de indiciamento de presidente do ICMBio

R$ 160 milhões

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), esteve ontem (5) em Brasília, realizando articulações com a bancada federal do Amazonas em busca de recursos para a capital.

A agenda foi positiva, e David saiu com a promessa de repasses de emendas parlamentares e do governo federal, totalizando R$ 160 milhões destinados à infraestrutura, assistência social e segurança pública.

Senadores

Cada dia mais próximo dos senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD), o prefeito de Manaus anunciou R$ 77 milhões em emendas de Braga – R$ 67 milhões para a recuperação de encostas e voçorocas, e R$ 10 milhões para a compra de equipamentos para a Guarda Municipal – e R$ 30 milhões em recursos federais articulados por Omar junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional, destinados ao desassoreamento dos igarapés de Manaus.

Deputados federais

Entre os deputados federais, o prefeito de Manaus anunciou a destinação de R$ 41 milhões em emendas pelo deputado Saullo Vianna (União Brasil) para a implantação de 10 restaurantes comunitários e R$ 12 milhões do deputado Silas Câmara (Republicanos) para obras de infraestrutura.

David também anunciou que os deputados Átila Lins (PSD), Adail Filho (Republicanos), Capitão Alberto Neto (PL) e Sidney Leite (PSD) também irão destinar emendas para a prefeitura de Manaus.

Quase R$ 1 bi

Essa articulação conduzida por David Almeida com parlamentares e o governo federal resultou, nas duas últimas semanas, em quase R$ 1 bilhão em recursos para Manaus.

Isso porque, na semana passada, o prefeito obteve mais de R$ 800 milhões em investimentos destinados a projetos de habitação social, beneficiando quase 9 mil famílias de baixa renda.

Essa parceria entre o governo federal e a prefeitura de Manaus, voltada para os programas “Morar Melhor” e “Minha Casa, Minha Vida”, foi construída pelo senador Eduardo Braga.

Parceria

O governador Wilson Lima reuniu-se, nesta terça-feira (05/12), com a diretora de Ações Corporativas e Mercados, Kelley Kizzier, e o diretor de caminhos para descarbonização, Leon Clarke, ambos do Bezos Earth Fund, representantes da empresa norte-americana de tecnologia Amazon.

O encontro ocorreu durante a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Preservação

O governador destacou que recebeu sinalização positiva de parceria para reforçar a proteção da biodiversidade no estado do Amazonas e anunciou que outros dois encontros ficaram pré-marcados para o início de 2024 a fim de estabelecer a parceria.

45ª Expoagro

Ontem (5), o Governo do Amazonas deu inicio a 45ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), no Parque Multiuso de Exposição Agropecuária Dr. Eurípedes Ferreira Lins, localizado no quilômetro 2 da rodovia BR-174 (Manaus-Boa Vista), no Tarumã-Açu, zona rural de Manaus.

Evento

Nesta 45ª edição, a Expoagro terá praça de alimentação; exposições de animais e maquinários agrícolas; cursos de capacitação, palestras e workshops; rodeio, prova dos três tambores; hipismo, parque de diversões; acesso ao crédito rural; rodada de negócios; concurso leiteiro, torneio de queijo e doce de leite; vaquejada, show regionais e musicais e entre outras atividades voltadas ao setor primário.

O evento vai até o dia 10 de dezembro e a entrada é gratuita.

TCE-AM

A primeira sessão do Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) com condução da conselheira-presidente Yara Lins dos Santos teve a análise de 58 processos.

Ao todo, os julgamentos resultaram na aplicação de R$ 82 mil em multas em sete diferentes processos.

Empossada na última sexta-feira (1), a conselheira-presidente coordenou durante a 43ª Pauta Ordinária a apreciação de prestações de contas anuais, representações, recursos, entre outros.

Recondução

Ontem (5), o juiz Fabrício Frota Marques, titular da corte do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), foi reconduzido para mais dois anos de mandato. Fabrício Frota integra a corte eleitoral como membro titular desde 2021, quando assumiu a vaga destinada aos advogados.

Durante seu primeiro mandato, sua nomeação foi referendada pelo ex-presidente Bolsonaro. Já esta segunda recondução foi referendada pelo presidente Lula.

CPI das ONGs

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a atuação das Organizações Não-Governamentais (ONGs) na Amazônia e a utilização de recursos públicos e recebidos do exterior, teve relatório final lido nesta terça-feira (5).

Indiciamento

O relator, senador Marcio Bittar (União-AC), propôs o indiciamento do presidente do ICMBio, Mauro Oliveira Pires, por corrupção passiva e improbidade administrativa. Mas antes de votar, o colegiado pediu vistas coletivas, ou seja, os parlamentares querem mais tempo para análise do relatório.

O presidente, senador Plínio Valério (PSDB-AM), concedeu 5 dias.

“Promiscuidade”

O relatório ainda observa a relação de “promiscuidade” entre a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e as ONGs que atuam na região da Amazônia.

Segundo os integrantes da CPI, a criação do Fundo Amazônia, é usado para manter Organizações em que a ministra estaria envolvida diretamente.

“Ela cria o fundo, ela capta o recurso e recebe”, acusou os senadores.

Fiscalização

O senador Plínio Valério (PSDB), presidente da CPI das ONGs, disse em suas redes sociais que mesmo com o término da CPI no próximo dia 19, o ICMbio continuará a ser alvo de pedidos de fiscalização por parte dos senadores integrantes da CPI.

“Estão brincando com pólvora. O que a gente viu na reserva Chico Mendes, no Acre, é regime de escravidão.”, disse o senador.

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário