You are currently viewing Opinião | De olho nas eleições, famosos se filiam a partidos políticos; conheça os nomes

Opinião | De olho nas eleições, famosos se filiam a partidos políticos; conheça os nomes

Opinião | De olho nas eleições, famosos se filiam a partidos políticos; conheça os nomes

Ex-BBB, técnicos de futebol, digitais influencers e apresentadores de TV tentam a sorte na política

‘Cancelado’ pela turma da lacração, Maurício Souza tentará uma cadeira na Câmara Federal

No Amazonas, Guma, apresentadores de TV e ex-miss Brasil vão para disputa

Bolsonaro anuncia conta de luz mais barata ainda neste mês

Salário mínimo ideal deveria ser mais de R$ 6 mil, calcula Dieese

Eleições e os famosos

Ainda restam seis meses para as eleições, mas o jogo político já começou. E assim como em todos os pleitos, diversas figuras públicas se articulam para entrar na dança e se filiaram a partidos de olho em cargos no Legislativo e Executivo.

Anúncios

As eleições de outubro decidirão vagas para deputados estaduais, deputados federais, senadores, governadores e presidente. O pleito está marcado para o dia 2 de outubro e o segundo turno será no dia 30 do mesmo mês.

Entre os nomes que vão tentar a sorte, tem ex-BBB, técnicos de futebol famosos, digitais influencers e apresentadores de TV.

Ex-BBB

Ariadna Arantes, do Big Brother Brasil 11 se filiou ao PSB e é pré-candidata a deputada federal por São Paulo. Ela ficou conhecida como a primeira mulher trans da história do reality show.

A mãe do ex-BBB Gil do Vigor, Jacira Santana anunciou filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT) e se lançou como pré-candidata a deputada federal por Pernambuco.

Técnico de Futebol

Um dos maiores técnicos da história do futebol brasileiro, Vanderlei Luxemburgo irá se aventurar na política após se filiar ao PSB. Luxa, como é chamado entre os boleiros, deve concorrer ao Senado por Tocantins.

Ao longo de sua trajetória, o técnico nunca escondeu ser simpático à esquerda, muito por conta da influência de seus pais, que eram marxistas.

O “Pofexô”, inclusive, já foi filiado do PT.

Joel Santana, ex-técnico do Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense vai disputar um cargo de deputado federal pelo PSDB do Rio de Janeiro.

Esportista

Campeão olímpico de vôlei em 2016, Maurício Souza se filiou ao PL, do presidente Jair Bolsonaro, e vai disputar uma cadeira na Câmara Federal por Minas Gerais.

O jogador estava no Minas Tênis Clube, mas teve seu contrato rescindido após ser acusado de homofobia e perseguido pela turma da lacração, simplesmente porque se apresenta como conservador e apoiador do atual presidente.

Apresentador de TV

Quem também fará sua estreia no mundo político é José Luiz Datena.

O famoso apresentador da Band tem antigos planos políticos, mas que nunca saíram do papel. Em 2022, parece que a história vai ser diferente, e o jornalista deve se lançar ao Senado pelo União Brasil.

Anteriormente, Datena já passou por diversas siglas, como PT, PRP, PP e o MDB.

Crítico de Bolsonaro

Marcos Uchôa, jornalista esportivo que ficou 39 na Rede Globo, ingressou no PSB e vai disputar o cargo de deputado federal pelo Rio de Janeiro.

Assim como quase toda a esquerda, uma de suas principais bandeiras de campanha será subir o tom nas críticas à gestão de Jair Bolsonaro.

Músico

Bolsonarista declarado, o cantor baiano Netinho, que se consagrou com a música Mila nos anos 90, é outra celebridade que vai disputar as eleições deste ano a deputado federal pela Bahia.

Ele é mais uma das apostas do presidente neste pleito.

Na postagem oficial em redes sociais na qual confirma sua pré-candidatura pelo PL, ele se intitula ‘soldado de Bolsonaro’ e diz que se eleito defenderá o povo baiano “seguindo os valores Deus, pátria, família e liberdade”.

Comediante

O empresário Rinaldi Farias, criador da dupla de palhaços Patati e Patatá, se filiou ao Podemos e é pré-candidato a deputado federal por São Paulo.

Repórter e miss

No Amazonas, os famosos também tentarão a sorte na política.

É o caso de Guma, anão que era repórter do programa Alô Amazonas, à época apresentado pelo governador Wilson Lima (União Brasil).

Ele se filiou ao PDT e comporá a chapa de candidatos a deputado federal da sigla que terá a defensora pública Carol Braz como candidata ao Governo.

Ex-miss Brasil e esposa do prefeito de Parintins, Mayra Dias, se filiou ao Avante e mesmo que tenha tido filho recentemente, vai para a disputa. Ela é pré-candidata a deputada estadual, cargo que o marido, Bi Garcia (União Brasil), já ocupou.

Apresentadores

Mario Cesar Filho, que substituiu Wilson Lima no comando do programa da TV A Crítica, vai trilhar os caminhos do governador e será candidato a deputado estadual pelo União Brasil.

Já o ex-deputado federal e ex-vice-prefeito de Manaus, Carlos Souza, retorna à cena política neste ano e disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) pelo Patriota.

Carlos apresenta o programa Sinal Livre e tenta retomar o sucesso que foi o extinto Canal Livre, programa que projetou a família Souza na política amazonense.

Cases de sucesso

Ser conhecido e ter seguidores nas redes sociais não é garantia de sucesso, mas há cases de sucesso Brasil à fora que estimulam os famosos a apostarem na vida pública.

Na eleição de 2018 no Amazonas, por exemplo, Wilson Lima foi eleito governador do Amazonas. Ele era apresentador do programa Alô Amazonas e foi campeão de votos. Em números absolutos foi a maior votação da história do Amazonas, vencendo a eleição com 58,50% (1.033.954 votos).

Wilson disputa a reeleição esse ano pelo União Brasil.

Outro fenômeno de 2018 foi Capitão Alberto Neto, eleito deputado federal sendo o sexto mais votado, com 107.168 votos.

Alberto ganhou destaque nas redes sociais como Capitão da Polícia Militar mostrando o trabalho nas ruas de Manaus no combate ao crime organizado.

Luz mais barata

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou ontem (6), que a partir do próximo dia 16 o País adotará a bandeira verde na cobrança de luz.

Isso significa que a fatura de energia elétrica ficará 20% mais barata.

Salário mínimo

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) calculou que o valor do salário mínimo ideal para suprir todas as despesas de um trabalhador e de sua família no Brasil deveria ser de R$ 6.394,76, o que equivale a mais de cinco vezes ao atual de R$ 1.212,00.

A estimativa do departamento se refere ao mês de março. Em fevereiro, o valor ficou em R$ 6.012,18.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário