Você está visualizando atualmente Opinião | David Almeida comemora aprovação de empréstimo de R$ 580 milhões para a prefeitura de Manaus

Opinião | David Almeida comemora aprovação de empréstimo de R$ 580 milhões para a prefeitura de Manaus

Opinião | David Almeida comemora aprovação de empréstimo de R$ 580 milhões para a prefeitura de Manaus

Prefeito de Manaus consegue R$ 1,5 bilhão para obras na capital

‘Fake News’: sites enquadrados pelo TSE serão derrubados imediatamente pela Anatel

Presidente do TSE, Alexandre de Moraes defende sanções severas

“STF se tornou um partido político”, diz Sebastião Coelho

“Ele é um ditador, sádico e cínico”, disse o desembargador aposentado sobre Moraes

David e o Noel

Neste clima festivo de dezembro, onde a magia do Natal envolve os corações, é inevitável fazer um paralelo entre o prefeito de Manaus, David Almeida, e o icônico Papai Noel.

Afinal, ao olharmos para a trajetória política de David em 2023, podemos dizer que ele termina o ano com muitos dos seus desejos políticos sendo atendidos pelo bom velhinho.

Grana

Como todo prefeito que busca a reeleição em 2024, David precisava de recursos para turbinar sua gestão no ano que vem. E conseguiu.

Ontem (6), a Câmara Municipal de Manaus aprovou um pedido de empréstimo da Prefeitura no valor de R$ 580 milhões.

David também teve seus pedidos generosamente atendidos em Brasília. 

Anteontem (5), garantiu R$ 160 milhões em recursos junto a deputados federais e senadores. 

E na semana passada, obteve mais R$ 800 milhões em recursos do governo federal.

Resultados

Esses feitos impressionantes não são coincidências, mas sim resultados de uma gestão que realizou os ajustes necessários na articulação política, definiu uma estratégia e um caminho para a campanha do ano que vem, e está sendo eficiente na execução. 

Prova disso é que David Almeida não só lidera a corrida pela prefeitura de Manaus, como o faz com uma ampla vantagem, conforme apontam sete institutos de pesquisa eleitoral.

Dever de casa

Essa “generosidade” do Natal político de David Almeida não é apenas sorte, é o resultado de um trabalho assertivo. 

Administrativamente, ele vem cumprindo seu dever de casa, estando presente nas ruas e entregando resultados palpáveis para a cidade. Além disso, sua capacidade de se comunicar e destacar os feitos de sua administração também tem feito a diferença.

Tic Tac

O tempo segue passando, e o relógio político continua a favor de David. Em meio aos desafios que a gestão pública impõe, o prefeito parece estar aproveitando cada minuto para consolidar sua liderança e superar seus obstáculos.

Futuro

À medida que nos aproximamos do final de 2023, a estrela de David Almeida brilha intensamente, e o Papai Noel da política continua a entregar presentes políticos ao prefeito de Manaus. Resta saber quais outros “presentes” o futuro reservará para David Almeida e seu grupo político.

Xandão segue 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, assinou um acordo de cooperação com a Anatel para acelerar o processo de remoção de sites enquadrados pela Corte como propagadores de supostas “fake news”.

Até então, o processo de derrubada necessitava que um oficial de Justiça comunicasse a decisão judicial de bloqueio da página.

Determinação

A partir de agora, com o novo “acordo”, o TSE passará a comunicar a decisão diretamente à Anatel e, com isso, a agência prosseguirá imediatamente com a derrubada do site que seja julgado prejudicial ao processo eleitoral.

O presidente da Anatel, Carlos Baigorri, afirmou que o objetivo da cooperação com o TSE é cumprir “as decisões da Justiça Eleitoral da forma mais rápida possível, protegendo, assim, o eleitor e as eleições”.

Críticas  

O desembargador aposentado Sebastião Coelho voltou à carga contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira, 6, durante audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara sobre “violações de direitos após os atos de 8 de janeiro”. 

A comissão é presidida por Bia Kicis (PL-DF).

“Escárnio” 

Famoso por ter desafiado os ministros do STF no julgamento dos primeiros réus do 8 de janeiro, Coelho classificou de “escárnio” a indicação de Flávio Dino ao STF. 

Ele convocou caminhoneiros, sindicalistas e jornalistas, entre outros, para “parar o país” nos dias 11, 12 e 13 de dezembro, antes da sabatina de Dino no Senado.

Na conta

“Ele é um ditador, sádico e cínico”, disse o desembargador aposentado sobre Moraes. 

“Não podemos colocar a morte de Clesão na conta do sistema judiciário”, comentou Coelho, referindo-se à morte de Cleriston Pereira da Cunha, um dos réus pelo 8 de janeiro detido na Papuda. 

“A morte do Clesão está na conta do senhor Alexandre de Moraes, com a conivência dos demais ministros do Supremo Tribunal Federal”, completou.

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Receba a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário