Você está visualizando atualmente Camisa 10

Camisa 10

No clima de Copa do Mundo, os deputados da oposição ao governador Amazonino Mendes (PDT) na Assembleia Legislativa (Aleam) entram em campo na sessão plenária desta terça-feira (19), decididos a dar goleada no veto do chefe do Executivo ao reajuste salarial dos Policiais Militares, derrubando-o por maioria simples.

O deputado Serafim Corrêa fez os cálculos e divulgou: o governo é minoria e tem apenas sete parlamentares em sua bancada de defesa.

Manobra

Os oposicionistas estão irritados com o veto e com a manobra do governador, que colocou a culpa da suspensão total do reajuste nos próprios parlamentares, afirmando que eles mexeram tanto no projeto que não é possível mais colocá-lo em prática.

Aliados de ocasião

Essa estratégia de Amazonino de jogar a tropa contra o Legislativo tem o apoio da Associação dos Praças e Soldados (Apeam) que agora esbraveja que os deputados é que os prejudicaram, pois agora não têm o reajuste nem com emendas, nem sem emendas.

Luta ferrenha

Sem nenhum aceno positivo do governo federal sobre a anulação do Decreto nº 9.394 que reduziu a alíquota do crédito de IPI das indústrias de concentrados da ZFM de 20% para 4%, o debate chega ao Congresso Nacional nesta terça-feira (19).

Lá, os senadores e deputados amazonenses vão tentar convencer os representantes dos demais estados brasileiros sobre o prejuízo que a medida vai causar ao Estado.

Nem a Coca-Cola e a Ambev, as gigantes do mercado de refrigerantes, conseguiram demover o governo federal. Até indicaram que aceitariam que o percentual fosse reduzido de 20% para 15%. Mas foram ignoradas.

Poço sem fundo

Piorou a situação do sindicalista e ex-presidente do Solidariedade no Amazonas (SD), Carlos Lacerda. Ele está preso desde o dia 30 de maio, suspeito de participar de um esquema de fraude na concessão de registro sindical. Pois agora pode estar envolvido em um rombo de R$ 500 milhões no Ministério do Trabalho.

Saúde no interior

O governo do Estado está anunciando que repassou R$ 41,1 milhões às prefeituras do interior do Amazonas para serem usados no sistema de Saúde, no atendimento de média e alta complexidades. A promessa é de que o total dos repasses chegue a pouco mais de R$ 70 milhões.

Ambulâncias, não

O conselheiro Ari Moutinho Júnior, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), mandou a Secretaria de Saúde (Susam) suspender a contratação de empresa para aluguel de ambulâncias. Segundo o conselheiro, há muitas irregularidades no processo, denunciadas por uma empresa concorrente.

Ciumeira

Nem bem entraram no PV, pela porta dos fundos da janela partidária, os novos filiados já estão reclamando da presidente do partido, Eliane Ferreira, que está em alta junto ao governo do Estado, sendo nomeada para a Secretaria de Ação Social (Seas).

Amazonino tenta agradar o PV, aliado de última hora, mas tem deputado que não deixa.

De novo a Fucapi

Não está fácil para ninguém, mas para a Fucapi está pior. Nem saiu ainda da investigação de favorecimento à empresa Azione Education, agora já está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual (MPE) por “fornecimento inadequado de serviços e a divulgação de publicidade abusiva”.

Existem 38 denúncias de alunos contra a instituição, de proibição de matrícula por inadimplência.

Me dá um dinheiro aí

O pré-candidato ao Senado pelo PT, Francisco Praciano, está fazendo uma vaquinha virtual para pagar ao senador Omar Aziz (PSD), uma indenização de R$ 35 mil, resultado da campanha de 2014.

Naquele ano, Praciano exibiu uma foto da filha de Omar, em seu programa eleitoral. Quatro anos depois saiu a decisão e o petista tem que indenizar Omar, ou não vai poder se “candidatar ao Senado”.

Bolsonaro na torcida para soltar Lula

Depois de Lula, é Jair Bolsonaro quem mais torce para que a Segunda Turma do STF liberte o condenado no dia 26.

Ele só tem a ganhar como o candidato anti-Lula.

500 mil dólares em caso de vitória

Se a Seleção vencer a Copa do Mundo, cada jogador receberá 500 mil dólares.

Em 2002, o prêmio foi de 150 mil dólares.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário