Você está visualizando atualmente David já em campo

David já em campo

E David Almeida congestionou as ruas do bairro Morro da Liberdade na noite desta quinta-feira (7), quando fez o lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Amazonas.

Em entrevista coletiva antes do “comício”, David disse que não tinha dinheiro para campanha, mas que iria usar as redes sociais, onde ficou mais conhecido.

David Almeida ainda não tem candidato a vice, depois que perdeu Rebecca Garcia para Amazonino. Ele está fazendo as articulações necessárias para indicar um vice, que pode até ser do PT, partido com grande tempo de televisão.

Negão falou, mas não fez

Na reunião desta semana, em Brasília, com a equipe econômica do governo federal, o governador Amazonino Mendes anunciou que iria dar entrada em uma Adin conta o decreto presidencial. Mas até agora, nada.

Pauderney também

Por sua vez, o deputado federal Pauderney Avelino (DEM) vai tentar de outro jeito. Nesta quinta-feira (7), ele apresentou na Câmara dos Deputados, um projeto de Decreto Legislativo que pretende suspender o decreto do presidente Michel Temer.

Avelino acredita que o Congresso Nacional vai derrubar o decreto presidencial.

No Senado

O projeto de Pauderney Avelino é quase cópia de um Projeto de Lei apresentado pela senadora Vanessa Grazziotin na semana passada.

Vanessa está tentando derrubar o decreto do governo federal, também com um Decreto Legislativo. Sua propositura já está tramitando no Senado.

Barrichello

Só um pouquinho atrasado – sete dias depois do decreto e dois dias após a reunião da bancada amazonense com representantes do governo federal – o deputado estadual Wanderley Dallas foi à tribuna pedir união de todos contra o decreto de Temer.

PT lança candidatos

Nesta sexta-feira (8), o deputado José Ricardo (PT) lançará sua candidatura a deputado federal. Para compor chapa com ele, já estão definidos os nomes do ex-vereador Waldemir José e o ex-deputado federal Francisco Praciano, candidatos a deputado estadual e senador, respectivamente.

Camarão

O PT do Amazonas por enquanto saindo com chapa-camarão, aquela sem cabeça. O partido não tem nomes fortes para disputar essa vaga e, enfim, deve mesmo fechar com o nome de David Almeida (PSB) para o cargo majoritário.

Orçamento do Estado

Já está tramitando na Assembleia Legislativa a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019, enviada pelo Governo do Estado. Os deputados estaduais só podem entrar em recesso, em julho, depois de votar a LDO.

OAB se mexe

Se os políticos do Estado não conseguiram nada até agora, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Amazonas, vai tentar derrubar o decreto presidencial n. 9.394, de 30 de maio deste ano, por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin).

Esse decreto é o que alterou a tabela de incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e deu um tiro mortal no polo de concentrados de bebidas da Zona Franca de Manaus (ZFM). A OAB/AM vai levar o caso ao Conselho  Federal da OAB.

Meia dúzia de dois

A Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB) vai julgar nesta sexta-feira (8) os recursos que denunciaram quatro advogados por abuso de poder econômico, durante a campanha para a vaga de desembargador, pelo Quinto Constitucional.

Da lista de seis mais votados, apenas dois estão confirmados na lista sêxtupla que será enviada ao TJAM. Os outros quatro podem ser cassados e, por ordem de votação, novos nomes serão chamados.

Sem dor e sem pesquisas

O Amazonas perdeu para os Estados Unidos a patente do jambu, planta típica da Amazônia.

O interesse dos gringos na plantinha que adormece a boca é justamente o efeito analgésico do vegetal.

Vale lembrar que, no INPA, há pesquisadores estudando justamente isso, mas como no Brasil ciência não tem prioridade, lá se vão os estudos!

A trama tucana contra Alckmin

Depois de se reunirem com Geraldo Alckmin, segundo a Veja, dirigentes tucanos foram a um café para tramar a derrubada de sua candidatura.

O nome preferido tomar seu lugar, claro, é João Doria.

Temer se diz vítima de ‘esquartejamento’ político e moral

Michel Temer deu entrevista à TV Brasil, emissora do governo, e alegou ser vítima de um “esquartejamento político e moral”.

“É um certo esquartejamento político e moral que se faz em relação ao presidente da República. Eu lamento dizer que este não é um movimento investigativo. É um movimento político, é uma questão política com vistas a desmoralizar o governo com gestos ilegais”, disse o presidente.

Temer se referia às investigações de que é alvo.

PT lança pré-candidatura de Lula

A cidade de Contagem, em Minas Gerais, sediará, nesta sexta-feira, o ato nacional de lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República pelo PT.

Lula está preso desde o dia 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba, mas, mesmo assim, deve fazer uma “aparição” no evento.

Segundo coluna publicada no jornal O Estado de S.Paulo, o ex-presidente aparecerá por meio de um holograma, no que promete ser o ponto mais surrealista do evento.

“Caiu a ficha”

“Caiu a ficha!”.

Arminio Fraga, entrevistado pelo Valor, disse que o mercado finalmente se deu conta de que tudo pode piorar:

“O cardápio é muito ruim. Se não está quebrado, o governo está vivendo do cheque especial e a dívida cresce em uma bola de neve”.

E o futuro político, claro, não traz a menor segurança.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário