Você está visualizando atualmente E agora David

E agora David

O PT esta fora da Coligação “Renova Amazonas”, comandada por David Almeida, por decisão judicial.

A queda de braço entre Vanessa e David chegou ao fim na noite da última quinta-feira (23), com a decisão do juiz eleitoral Marco Antonio Pinto da Costa, em resposta ao veto imposto à candidatura da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), que ficou fora da chapa majoritária, em uma manobra comandada pela executiva regional do PT e PSB.

Com a decisão do TRE-AM, David Almeida perde todo o tempo de propaganda na TV e no rádio destinado ao PT para o PCdoB de Vanessa Grazziotin.

Pesquisa Projeta

A pesquisa eleitoral da empresa Projeta divulgada nesta quinta-feira (23) mostra que se as eleições fossem hoje, o senador Eduardo Braga (MDB) e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), estariam reeleitos.

Ambos seguem liderando todas as pesquisas apresentadas até o presente momento.

A Projeta também apontou que a briga segue aberta e acirrada entre os candidatos ao governo para ver quem vai disputar o segundo turno contra Amazonino Mendes.

Debate da Record News

O primeiro debate nas eleições para Governo do Amazonas realizado na noite de ontem, na Record News, contou com a participação de apenas quatro candidatos: Omar Aziz (PSD), Wilson Lima (PSC), David Almeida (PSB) e Berg da UGT (PSOL).

Os candidatos Amazonino Mendes (PDT), Lucia Antony (PCdoB) e Sidney Cabral (PSTU) não participaram do debate.

Chato e fraco

O debate foi monótono e fraco. Só se tornou razoavelmente “interessante” no final quando o candidato Omar Aziz (PSD) acusou David Almeida de mentir na seguinte declaração: “O Amazonas depois de 60 anos, em apenas 4 meses se livrou da febre aftosa” e emendou afirmando que além de não ser verdade, David deveria ser menos afoito nas declarações.

Torpedo

David não perdoou e foi direto ao ponto: “Omar você reclama do Amazonino, mas esquece que foi você que trouxe ele de volta ao Governo. Você tinha que estar aqui não pedindo votos, mas pedindo desculpas ao povo Amazonense.”

A melhor parte

Apesar do debate ter sido decepcionante para os eleitores, os internautas gostaram e aproveitaram sua criatividade para criar diversos memes, que rapidamente se espalharam pelas redes sociais.

Amazonino, Omar, David e Wilson, ninguém escapou da zoação na internet. 

Candidatos do PDT ameaçam Amazonino

O presidente estadual do PDT e candidato ao Senado Hissa Abrahão (PDT) continua dando dor de cabeça a Amazonino Mendes. Dessa vez, sob seu comando, os candidatos a deputado federal do PDT ameaçam deixar a coligação “Eu voto no Amazonas I”, que reúne as siglas PDT, PP, PV, PR, SD, PTB, PHS e PSL, por não concordarem com o número de vagas na coligação. Queriam quatro e ficaram com três.

30 milhões de prejuízo

O deputado estadual Sabá Reis fez uma grave denúncia contra o governo do Amazonas que poderá gerar um prejuízo de R$ 30 milhões aos contribuintes.

De forma suspeita a Construtora Brilhante, referencia no Brasil, foi inabilitada pela Comissão Geral de Licitação (CGL), para a reforma e manutenção das escolas estaduais.

Velhas conhecidas

As empresas vencedoras e que apresentaram os maiores preços foram a DR7 e Suplex. A CGL só poderá se manifestar formalmente após o final do certame.

Justiça

A Construtora Brilhante vai recorrer da inabilitação, que além de arbitraria, por conta de ter sido prejudicada pela falta de um documento chamado SPED, que não constava como pré-requisito no edital da licitação, é imoral por conta dos seus menores preços, até 25% mais barato que as concorrentes.

PT x Bolsonaro

São muitas as dificuldades de Geraldo Alckmin.

Uma delas, já conhecida, é melhorar seu desempenho em São Paulo, estado governado por ele quatro vezes e onde tem prevalecido a polarização PT x Jair Bolsonaro.

Relatório da Arko Advice diz: “Uma questão preocupante para Alckmin é que nem mesmo o desgaste do PT em São Paulo, estado onde está concentrado o maior sentimento anti-petista do país, é suficiente para fazê-lo ter um desempenho superior ao de Lula. Nesse cenário, Alckmin fica também atrás de Bolsonaro, estando apenas na terceira posição em seu reduto eleitoral.

Do contrário, acabou

“Avalia-se que é obrigatório [Geraldo] Alckmin chegar aos dois dígitos nos dez primeiros dias de propaganda gratuita na televisão. Do contrário, acabou”, diz Lauro Jardim.

O colunista noticia que vários dos programas gravados até agora têm “um apelo emocional forte”.

“Num deles, se conta a história de uma menina levada do Nordeste para se operar num hospital estadual de São Paulo.”

Letargia de Alckmin

A letargia de Geraldo Alckmin em decolar tem aumentado a má vontade de deputados da coligação com o tucano.

Fernando Coelho, ex-ministro de Temer, fez piada num grupo de WhatsApp sobre a dificuldade que será levar Geraldo Alckmin a Petrolina, em Pernambuco.

Escreveu Coelho, despertando uma leva de “kkkk” de dezenas de outros deputados do grupo:

— Acabou o santinho (de Alckmin).

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário