Marina Silva e Manuela d’Ávila em Manaus

Marina Silva e Manuela d’Ávila em Manaus

Mais duas pré-candidatas a presidência estiveram no Amazonas nos últimos dias.

Marina e Manuela participaram de atos políticos, visitaram veículos de comunicação e pontos turísticos da cidade, a primeira acompanhada do deputado estadual Luiz Castro (Rede) e a segunda da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB).

Marina Alfineta Braga e Alfredo

Quando questionada sobre a BR 319, Marina reagiu sugerindo que as perguntas sobre a rodovia também fossem feitas ao ex-ministro dos Transportes e deputado federal Alfredo Nascimento (PR) e ao ex-ministro de Minas e Energia e senador Eduardo Braga (MDB).

Ambos foram ministros nos governos petistas e hoje são pré-candidatos ao Senado.

Marina, que sempre jogou contra a BR 319, deu o tom de como será seu discurso no Amazonas sobre o tema: cair atirando.

Manuela na UFAM

A presidenciável participou do seminário “Desafio para uma Amazônia Sustentável”, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), onde se mostrou a favor do modelo da Zona Franca, falou da importância da reconstrução da rodovia federal BR-319 e comentou sobre a prisão do ex-presidente Lula, que considera “política”.

Manuela disse ainda que quer vencer Lula nas urnas.

Arthur Virgílio sugere trocar Alckmin por Tasso

Num instante em que a candidatura presidencial de Geraldo Alckmin desperta na cúpula do PSDB o entusiasmo de um velório, Arthur Virgílio, o prefeito tucano de Manaus, inaugurou no partido um movimento em favor da troca do candidato.

Passou a defender que o tucanato escolha para representá-lo na sucessão de 2018 não o ex-governador de São Paulo, mas o senador cearense Tasso Jereissati.

“Tasso talvez não ganhe a eleição. Mas conduzirá a refundação do partido”, disse Virgílio. “E não está descartada a hipótese de o Tasso surpreender aos que esperam do PSDB um Alckmin comportadinho e derrotadinho.

Capitão Alberto Neto e coronel Amadeu candidatos

A Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiros Militar do Amazonas (AOPBM-AM), elegeu o capitão Alberto Neto e o coronel Amadeu Soares como representantes nas eleições deste ano.

Alberto Neto, fenômeno nas redes sociais, foi escolhido pelos oficiais para disputar o mandato de deputado federal. Já Amadeu Soares, para o cargo de deputado estadual.

Os militares ainda estão sem partido e podem decidir até 5 de agosto, fim das convenções partidárias, suas filiações.

Na última sexta-feira, o Capitão foi exonerado do comando da 26a CICOM, ainda falta decidir com qual grupo irá se aliar, mas tudo indica que não deve ser ao grupo do governador Amazonino Mendes.

Por que Lula não fugiu?

Lula disse que poderia ter fugido.

É verdade.

Ele chegou a preparar um plano de fuga, que foi revelado pelo O Antagonista.

Mas acabou desistindo porque sempre apostou na impunidade, garantida pelo STF.

As pesquisas de JB

Joaquim Barbosa está avaliando suas chances de ser eleito.

Segundo o Valor, ele autorizou o PSB a encomendar pesquisas qualitativas e quantitativas com seu nome.

Fim do foro pode ter novo pedido de vista

Gilmar Mendes ou Ricardo Lewandowski podem paralisar mais uma vez o julgamento sobre o foro privilegiado.

Segundo Gerson Camarotti, ministros do STF “estão em alerta com uma nova possibilidade de pedido de vista”.

Dallagnol: Foro privilegiado “protege políticos que praticam crimes”

De Deltan Dallagnol, no Facebook:

“O foro privilegiado, que protege políticos que praticam crimes, pode ser restringido no próximo 2 de maio. A presidente do STF Cármen Lúcia pautou para esse dia, no plenário, a retomada do julgamento da ação que restringe o alcance do foro privilegiado. O julgamento foi interrompido no ano passado, quando oito ministros votaram a favor de restringir o foro – isto é, quando já havia maioria em favor da restrição. No entanto, o ministro Dias Tofolli pediu vistas, o que impediu a conclusão do julgamento e que muitos processos descessem desde logo para a primeira instância.”

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário