Omar, Rotta ou Amazonino

Omar, Rotta ou Amazonino

O prefeito de Manaus Arthur Virgílio (PSDB), ainda analisa suas opções e o que será melhor para ele, na campanha que se aproxima.

São três nomes de peso que com o apoio da máquina municipal podem decidir os rumos do Estado nos próximos 4 anos. 

Omar Aziz

Habilidoso, foi o grande articulador da campanha que elegeu José Melo e Amazonino. Conta com uma ampla base de apoio que engloba, prefeitos do interior, deputados estaduais e federais.

Omar articula a liberação de recursos federais voluptuosos para contar com o apoio do prefeito, que ainda indicaria o candidato a vice (seu filho), e possivelmente um ou até os dois candidatos ao Senado.

Pesa contra, as denúncias que rondam o Senador, que podem ganhar força no período eleitoral. Além disso, Omar não consegue crescer nas pesquisas. 

Rotta

Marcos Rotta é um plano de contingência do prefeito de Manaus. Pode surpreender.

Nome novo, não está envolvido em nenhum escândalo e tem baixa rejeição. Além disso Arthur estaria a frente das articulações políticas e acordos, pelo menos até o dia 28 de outubro: 2º turno das eleições. 

Amazonino

É uma opção que pode surpreender e se concretizar aos 48 do segundo tempo. Caso Amazonino ceda à pressão e às vontades do prefeito de Manaus, que não são poucas.

Uma possível aliança entre prefeitura e governo, mudaria todo o cenário eleitoral. Garantiria uma eleição tranqüila à Amazonino, mas com um preço muito alto, que segundo Amazonino, ele não está disposto a pagar. Pelo menos por enquanto.

Festa do Cupuaçu atrai políticos

Candidatos em pré-campanha marcaram presença na Festa do Cupuaçu em Presidente Figueiredo.

Entre os políticos presentes no evento estavam o senador Eduardo Braga (MDB), Átila Lins (PP), o vice-governador Bosco Saraiva (SD), e o radialista Wilson Lima (PSC).

Mais de 200 mil pessoas passaram pelos 3 dias de festa na terra das cachoeiras. 

Nós somos radioativos, não peça propina

Décio Amaral, presidente da Camargo Corrêa Infra – braço do grupo criado depois da Lava Jato – disse, em entrevista para a Folha, que a construtora não paga mais propina.

“E se pedir, nós vamos armar um esquema e vamos denunciar. Bota bem grande aí: se pedir, nós vamos denunciar. Nós somos radioativos, não peça propina.”

Temer cancela viagem à Ásia de novo                                                                                                      

Três meses após desistir de ir à Ásia por recomendação médica, Michel Temer cancelou, mais uma vez, a viagem que faria ao continente a partir da próxima semana, informa o G1.

O novo cancelamento ocorre após as suspeitas da Polícia Federal de que o presidente tenha lavado dinheiro de propina por meio do pagamento de reformas nas casas de familiares. Mas fontes revelam que a razão da desistência são as votações no Congresso previstas para os próximos dias.

 Tropa de elite

A ascensão de Joaquim Barbosa (PSB) ao primeiro pelotão da disputa presidencial tornou-se assunto tão frequente nas rodas de políticos que virou até piada. No plenário da Câmara, Silvio Costa (Avante-PE) começou a desenhar o primeiro escalão de um governo capitaneado pelo ex-presidente do STF.

—Vai ser Sergio Moro na Casa Civil e Marcelo Bretas na Articulação Política. Aí o deputado chega lá e pergunta: ‘Cadê minhas emendas?’ E vai ouvir: ‘O quê? Algemas?’

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário