Você está visualizando atualmente Opinião | Aberta a porteira

Opinião | Aberta a porteira

Já estão autorizadas, a partir desta sexta-feira (20), a realização das convenções partidárias que irão escolher os candidatos a presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Até o dia 5 de agosto, prazo final das convenções, o caldeirão ferve!

Na expectativa

No âmbito nacional, as cúpulas dos grandes partidos já começam a conversar na sexta mesmo. E a finalização das articulações no âmbito regional depende dessas decisões nacionais. Por isso, em terras barés, convenção mesmo só em agosto e, de preferência, nos últimos dias para o fim do prazo.

Alianças complicadas

No Amazonas, são grandes as chances de surgirem as “coligações-Frankenstein”, que são verdadeiros monstros políticos, sem pé nem cabeça, mas que fazem todo sentido para o objetivo final que é se eleger.

Toma lá, dá cá

A formação dessas alianças inclui muitas moedas de troca, sendo as três principais o tempo de TV, os recursos partidários para a campanha e a formação de bancada nacional – que fortalece os partidos e aumenta o dinheiro público que os banca.

Meia dúzia

Enquanto as convenções não oficializam nada, os nomes de Amazonino Mendes (PDT), David Almeida (PSB), Omar Aziz (PSD), Wilson Lima (PSC), Marcelo Amil (PMN) e Nindberg Barbosa (PSOL) já foram lançados como pré-candidatos.

No patíbulo

A preocupação redobrada dos candidatos é com a corda que lhes rodeia o pescoço. Isso porque muitos vão arriscar seus mandatos e, se perderem, perdem a vaga, imunidade parlamentar e poder.

O presidente da Aleam, David Almeida, é um dos exemplos. Ele é candidato a governador. Se perder, não volta para a Aleam. O deputado Francisco Souza é candidato a deputado federal. O deputado Luiz Castro é candidato a senador e por aí vai…

Greve anunciada

Lá vem de novo mais uma greve do Sindicato dos Rodoviários.

Está marcada para começar às 15h desta sexta-feira (20), mas a confirmação só vai ser divulgada após assembleia da categoria que acontece nessa sexta-feira (20). A Justiça já determinou que, no mínimo, 70% da frota do transporte coletivo de Manaus tem que estar circulando durante a greve.

Os rodoviários reivindicam o pagamento dos salários em dia e o retorno do plano de saúde para motoristas e cobradores.

Parto humanizado

Com o objetivo de diminuir os casos de maus tratos contra gestantes, a CMM aprovou nesta semana projeto de lei da vereadora Joana D’arc (PR), que garante o parto humanizado nas Unidades Básicas de Saúde e Maternidades de Manaus. A lei foi encaminhada para a sanção do prefeito Artur Neto.

A proposta foi elaborada por meio do Programa Mandato Participativo, que permite aos eleitores colaborar com ideias e propostas de projetos de lei. Casos de violência obstétrica podem, ainda, ser denunciados por meio do número 181 e pelo site www.portaldamulher.am.gov.br

Candidatos sem vice

O prazo para as convenções que vão oficializar as candidaturas presidenciais, como temos dito, começará amanhã, com Ciro Gomes sendo confirmado pelo PDT, em Brasília.

A maioria das convenções, que seguirão até 5 de agosto, deverão ocorrer sem o anúncio dos respectivos vices.

Só falta Temer

O governo de Geraldo Alckmin será um governo de Michel Temer sem Michel Temer.
Mas isso pode mudar.

Diz O Globo:
“O acordo com o centrão reforça o vínculo do candidato do PSDB com o governo Temer, do qual ele tentava se distanciar. Agora o tucano terá em seu palanque a maior parte da base aliada no Congresso. Não será surpresa se o MDB desistir de Henrique Meirelles para apoiá-lo.”

Lula ganha tempo no TSE

“O TSE deve dar a Lula o prazo regulamentar para que ele defenda a própria candidatura presidencial, depois do pedido de registro, no dia 15 de agosto”, diz a Folha de S. Paulo.

“A ideia de negar liminarmente o registro começa a ser descartada mesmo por magistrados que chegaram a defendê-la”.

Dias Toffoli avisa

Diz a Folha de S. Paulo: Dias Toffoli avisa que não vai soltar Lula

“Toffoli não deve atender a nenhum pedido de liminar que beneficie o petista caso assuma plantão da corte neste mês.

Apesar da disposição do magistrado, informações falsas se espalharam em redes sociais, até com declarações de personalidades jurídicas contrárias às supostas intenções dele de ‘soltar Lula’”.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário